HIT 2: Nexon planeja retorno da franquia que popularizou Unreal Engine 4 no mobile

Você se lembra de Heroes of Incredible Tales (HIT)? um RPG de ação online lançado pela Nexon em 2015 no Android e iOS, e que ficou bastante conhecido por ser um dos primeiros games de sucesso a utilizar a Unreal Engine 4. Sete anos depois, a Nexon pretende revitalizar a franquia com HIT 2.

HIT-2-ANDROID-IOS-GAME HIT 2: Nexon planeja retorno da franquia que popularizou Unreal Engine 4 no mobile

Como será HIT 2?

HIT 2 é um MMORPG que será uma sequência direta doHIT (Heroes of Incredible Tales), RPG mobile de ação lançado em 2015. O novo game será um MMO completo que irá contar com Unreal Engine 4 e terá gráficos realistas. Segundo a produtora, jogadores podem esperar batalhas massivas em PvP.

O novo game está a cargo do XT Studio, uma nova subsidiária da Nexon. A equipe é composta por funcionários da NAT Games que trabalharam no HIT Original. XH significa “Xtreme Hit”.

O lançamento do game, obviamente se dará primeiro na Coreia do Sul e deve acontecer ainda em 2022. Porém, não há previsão para lançamento global.

A produtora postou um novo trailer (em 4K) mostrando o visual foto-realista das classes de personagens. Confira o vídeo abaixo:

A NAT Games e Nexon planejam um ciclo de 5 a 10 anos de duração para o jogo, com muito conteúdo a ser lançado.

HIT 2 vai iniciar o seu pré-registro no segundo semestre, e ao que tudo indica, chegará ao ocidente apenas em 2023.

HIT-2-debut-screenshot HIT 2: Nexon planeja retorno da franquia que popularizou Unreal Engine 4 no mobile

HIT 2 se passa 10 anos após o primeiro game e terá participação dos personagens antigos na história. Isso se a história for importante.

Um dos grandes problemas de jogos MMORPG coreanos é o foco exagerado no grinding e no PvP e ao que tudo indica isso também vai ocorrer em HIT 2, já que em entrevistas, os desenvolvedores dedicaram um bom tempo para explicar como o conteúdo final do jogo será um PvP entre guildas. Diante disso, apesar do visual belíssimo, o jogo pode recair no mesmo caso do Odin Valhalla Rising, game de mundo aberto que chamou muita atenção e no final era só mais um “MMORPG automático”.

Leia também:

Odin Valhalla Rising: MMORPG para celulares alcança grande sucesso na Coreia

Heroes of Incredible Tales é lançado para Android e iOS, veja como baixar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.