Opinião: Pokémon GO virou um problema para a Niantic?

3 de agosto de 2016 . Atualizado 10/08/2016

pokemon-go-lancamento-brasil-mobilegamer Opinião: Pokémon GO virou um problema para a Niantic?

Ao produzir um game de sucesso, tudo que se espera são os louros da vitória e gordos rendimentos, certo? Não no caso de Pokémon GO. O que era para ser um hit sem precedentes, e grana fácil no bolso das empresas envolvidas, parece ter se transformado em uma tremenda dor de cabeça.

Processos, acusações de mortes relacionadas ao jogo e até mesmo conta do twitter hackeada. Nada disso passa pela cabeça de um produtor de games ao lançar um produto de sucesso no mercado. A vida da Niantic não tem sido fácil desde que lançou o game Pokémon GO no mercado norte-americano, há quase um mês.

– Problemas na Justiça

Desde que foi oficialmente “parido” para o mundo, a Niantic tem perdido mais tempo com questões judiciais do que trabalhando em features para o game. Sites e aplicativos que liam informações dos servidores da Niantic foram processados e fechados, ao mesmo tempo em que a própria produtora era processada por pessoas comuns por “danos relacionados” ao jogo. Confira algumas das notícias mais famosas (nenhuma é fake, já verificamos as fontes).

Além disso, a produtora está sendo fortemente criticada desde o último update. Essa última atualização retirou as “pegadas” que indicavam os pokémons próximos no menu “near by”. Como se não bastasse, a atualização diminuiu a frequência dos pokémons raros e aumentou a frequência de Zubat e Rattatas, a ponto de topar com um deles a cada 10 passos.

A busca por pokémons virou algo casual, eles surgem ou somem no mapa e não há mais aquele sentimento de “quest” ao ver um pokémon raro que está um pouco longe. Agora está mais ou menos assim: ou você topa de frente com o pokémon, ou não encontra ele.

O lançamento de Pokémon GO tem sido no mínimo, complicado, e o próprio CEO da Niantic já admitiu isso. Tal fato, tem atrasado o lançamento do game no Brasil, o que irritou os jogadores brasileiros. A desenvolvedora se pronunciou sobre o lançamento do game em nosso país, apenas depois que a conta do CEO no Twitter foi HACKEADA! (link para a notícia aqui).

A nova enxaqueca para Niantic são emuladores para PC que emulam tanto o ambiente de runtime do Android, como o jogo e dados de localização. Isso tem gerado uma quebra imediata no balanceamento do game. Pois jogadores conseguem completar a Pokédex e elevar seus pokémons ao máximo em pouco tempo (coisa de uma semana). O “script” da Niantic previa isso para pelo menos um ano de jogatina.

– O silêncio da Niantic

O site Gamespot fez uma dura crítica ao modo como o jogo está sendo tratado pela Niantic nas redes sociais. Com muitos atrasos para implementar features importantes e sem nenhum tipo de post ou release por dias. Segundo o Gamespot, esse tipo de silêncio está matando o Hype de Pokémon GO.

Veja também: ‘Pokémon Go’ começa a ter queda de jogadores e de popularidade nos EUA

O resultado não poderia ser outro. Pokémon GO já enfrenta perda de jogadores e de popularidade nos EUA. A maioria dos jogadores testa o game por três dias e depois que vê que todos os ginásios estão dominados com pokémons fortíssimos, desiste da jogatina.

A conclusão disso tudo é que a Niantic tem muito o que trabalhar para melhorar Pokémon GO. Do jeito que está, o game está desbalanceado e pouco receptivo para quem vai começar a jogar. Por outro lado, pode ser exatamente esse o plano da produtora, que não tem condições de arcar com um sucesso monumental como Pokémon GO e decidiu baixar um pouco as expectativas dos jogadores, para poder gerenciar melhor o seu produto.

Publicidade

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.

  • Mauricio Casagrande

    “A maioria dos jogadores testa o game por três dias e depois que vê que todos os ginásios estão dominados com pokémons fortíssimos, desiste da jogatina.” – Isso é no mínimo frustante. Se acontecer por aqui, não vai ficar legal não

    • Caíque

      É exatamente o que está acontecendo. Aqui “perto” de casa tem dois ginásios, fui ver e oq eu encontrei? Um Electabuzz e um Golduck fortes demais. Tudo pq espertinhos baixaram o app antes do lançamento oficial no brasil e jogaram usando fake gps/vpn essas coisas. Triste.