O Motorola Moto G7 é bom para jogos? Vale a pena? Descubra!

7 de fevereiro de 2019 . Atualizado 09/02/2019

 

A Motorola lançou hoje (7), no mercado brasileiro, a nova versão Moto G, o de sétima geração. O Moto G7 vem em quatro modelos: Moto G7, o Moto G7 Power, o Moto G7 Play e o Moto G7 Plus. Será que eles são bons para jogos ou são pequenas decepções como a linha G6? Confira!

motorola-moto-g7 O Motorola Moto G7 é bom para jogos? Vale a pena? Descubra!

 

– Pequenas mudanças por baixo do “capô”

O Moto G7 vem equipado processador Snapdragon 632. Em outras palavras, a Motorola abandonou de vez, a versão mais básica e partiu para a linha intermediária da Qualcoom.

Confira as alterações:

 

Moto G6Moto G7
Tela:5,7” Full HD+ (2160×1080)6,2” Full HD+ (2270×1080)
Processador:Snapdragon 450 (1,8 GHz)Snapdragon 632 (1,8 GHz)
RAM:3 GB / 4 GB4 GB
Armazenamento:32 GB / 64 GB64 GB
Câmera traseira:12 MP + 5 MP12 MP + 5 MP
Câmera frontal:8 MP8 MP
Bateria:3.000 mAh3.000 mAh
Sistema:Android 8 Oreo/9 PieAndroid 9 Pie

 

 

Moto G6 PlusMoto G7 Plus
Tela:5,9” Full HD+ (2160×1080)6,2” Full HD+ (2270×1080)
Processador:Snapdragon 630 (2,2 GHz)Snapdragon 636 (1,8 GHz)
RAM:4 GB4 GB
Armazenamento:64 GB64 GB
Câmera traseira:12 MP + 5 MP16 MP + 5 MP
Câmera frontal:8 MP12 MP
Bateria:3.200 mAh3.000 mAh
Sistema:Android 8 Oreo/9 PieAndroid 9 Pie

 

O resultado em games não será uma evolução tão grande em relação aos jogos que já são compatíveis com o G6. Mas graças ao aumento de RAM, para 4GB, o G7 agora pode ser compatível com jogos mais pesados.

Mas vale ressaltar. A versão do SoC usada no Moto G7 é muito próxima ao Snapdragon 450, inclusive é a mesma GPU Adreno 506.

Quem optar pela versão do Moto G7 Plus, vai notar um desempenho levemente melhor graças a Adreno 509.

– Fuja do Moto G7 Play!!!!

Desde o Moto G4, reclamamos que de “Play” o dispositivo não tem nada! Isso ficou ainda mais evidente no G7. O “play” é marketing para música e vídeo, não jogos.

Veja só, o G7 Play vem com ridículos 2 GB de RAM. Em um aparelho de 2019. Além disso, o smartphone vem versões com apenas 32 GB de espaço.

– Preços

Comprar smartphone no lançamento, no Brasil, continua uma burrice sem tamanho. Imaginem só, o Moto G7 custa R$ 1.599. O modelo mais caro,  o G7 Plus, sai por por R$ 1.899. O modelo mais barato (e praticamente inútil para jogos), custa R$ 999. Tem ainda o G7 Power, tem como destaque, grande bateria (5000 mAh) sai por R$ 1.399.

– Rodam jogos bem?

Que eles rodam bem jogos do calibre de PUBG Mobile e inferiores, não há dúvidas. Mas quem espera se divertir com games mais pesados como Fortnite, vai se decepcionar. o Play é o modelo mais limitado e com certeza, é um smartphone para não passar nem perto.

– Vale a pena?

Para quem possui um Moto G5 Plus ou Moto G6, não vale a pena mudar de smartphone. O SoC do G7 é uma “requentada” do Snapdragon 625. Deram uma mexida para melhorar a performance em atividades corriqueiras, mas em jogos a GPU entrega quase o mesmo resultado que os Moto G de um ou dois anos atrás.

Para quem está sem aparelho e quer comprar um novo smartphone. Na minha opinião? Pelos preços oferecidos… Não vale a pena. Com R$ 1.700, você compra um Xiaomi Pocophone F1 no Brasil, aparelho com Snapdragon 845, um Top de linha “puro sangue”.

Para os que não querem gastar tanto, é possível comprar um Xiaomi Mi 8 Lite, por R$ 1.200, um intermediário premium belíssimo com qualidade, acabamento e desempenho melhor. Os dois aparelhos citados no Brasil, nem precisa importar. A galera que quer importar, até consegue achar preços ainda mais baixos, mas pode não compensar dependendo do imposto.

 

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.