Perdido em Marte é o pior jogo pago do ano (Android e iOS)

the-martian Perdido em Marte é o pior jogo pago do ano (Android e iOS)

Existem jogos ruins e existem jogos de filmes muito ruins. Nesta segunda categoria, podemos incluir games gratuitos de filmes como Interstellar, 300, Hobbit 3 e muitos outros. Mas e quando o jogo é “trash” e ainda por cima é pago? The Martian: Official Game (Android e iOS), o jogo oficial do filme Perdido em Marte está literalmente “perdido”.

Quando anunciaram o game, pensei se tratar de um jogo sobre exploração como o excelente e altamente recomendado Waking in Mars (Android e iOS), ou ainda, Mines of Mars (Android e iOS). O “Bestão” aqui ainda chegou a ter esperança de que o game do filme fosse de exploração de ambiente com gráficos tridimensionais.

Mas então, como é The Martian: Official Game? O jogo oficial do filme Perdido em Marte é jogo textual (isso mesmo!) onde você recebe informações de Marte e deve decidir sobre a vida ou morte de Mark Watney (interpretado no filme por Matt Damon).

A ideia até seria boa, se o jogo não fosse tão escaço de opções. O game não é ruim por ser textual, é ruim, por que sua qualidade é inferior mesmo. Poderiam ter colocado pelo menos algumas imagens para contextualizar o gameplay. Mas nem isso.

Se você gostou do filme e achou o preço R$ 11,93 razoável. Temos apenas uma dica para você: Voe! voe para bem longe! Até chegar em Out There.

Publicidade

6 thoughts on “Perdido em Marte é o pior jogo pago do ano (Android e iOS)

  1. Esse post foi escrito por alguém que claramente não assistiu o filme ou leu o livro. O fato de você ter apenas comunicação por texto, reflete exatamente o tema do filme e do livro. A parte interessante do jogo é acompanhar a jornada do protagonista em tempo real, como se de fato ele estivesse em marte e você fosse o unico meio de comunicação do mesmo, como um dos personagens da obra. A presença de imagens descaracterizaria completamente o título. Quando se entende o contexto do jogo, é facil perceber que é um dos melhores (escassos) títulos pagos do ano.

    1. Mas a questão é justamente essa. O game não contextualiza o jogador que não conhece nem o livro e nem o filme. A dinâmica é fraca, com poucas opções para interação. Apesar de conter muitos textos retirados do livro.

      Ao proporcionar a coisa real, como ela deveria ser, o game não apresenta como seria a vivência pela lente de Mark Watney, que é justamente a que muitos jogadores gostariam de interpretar.

      Se no filme não aparecesse nenhuma imagem de Marte ou do Mark, aposto que ele, como esse jogo, seria bem decepcionante.

      1. Cara Leia o livro, que vc vai gostar do jogo. Ele é visto por alguém de fora que naum pode ajudar muito o Mark por ele está longe, parece mistura de Tamagochi com novela visual, a dinâmica se aplica imenso no contexto do livro.

  2. Pela sua descrição parece o lifeline, pra quem gosta do gênero pode pesquisar, falando em out there a nova atualização travou o jogo, alguém teve problemas parecidos? Estava aguardando ansioso pela nova atualização que incluiu novos modos, terei obviamente que aguardar mais… Kkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *