Por que a Nokia está fazendo celulares com Android?

26 de fevereiro de 2014 . Atualizado 16/07/2014

nokia-x-android Por que a Nokia está fazendo celulares com Android?

Durante a MWC 2014 (Mobile World Congress) A Nokia revelou os smartphones Nokia X, X+ e XL. Muita gente pode pensar que esse é o caminho certo, mas as coisas são um pouco mais complicadas. Em setembro do ano passado, a divisão de smartphones da Nokia foi comprada pela Microsoft. Empresa que possui um sistema concorrente ao Android em todas as faixas de preços de smartphones, o Windows Phone.

Só para ficar anotado, Google e Microsoft nunca possuíram uma relação tão boa assim, se fossem crianças, podemos dizer que ambas são “intrigadas”. Diferente da Apple, que era parceria do Google no passado (os fanboys não sabem disso), a Microsoft sequer lançou um produto com o buscador do Google como padrão.

Diferente do iOS, que concorre com Android apenas nos dispositivos mais caros, o Windows Phone tem smartphones intermediários e até de entrada. É o segundo sistema mobile mais usado em 20 países, inclusive no Brasil.

Então por que lançar smartphones baratos com o sistema operacional da concorrência? Se você ainda não visualizou quão ridículo é a situação, vamos dar uma olhada nesta notícia posicionada na home do site Tecmundo. Um dos maiores sites de tecnologia mais lidos do país.

Nokia-fail-2014 Por que a Nokia está fazendo celulares com Android?

Vamos ver com calma: “A ideia é apresentar o público ao Windows Phone mesmo sem o sistema operacional”. Ou seja, a ideia é apresentar o público ao Windows Phone sem o Windows Phone!

Ah! E antes que você venha com a ideia de que o sistema operacional do Nokia X, X+ e XL não é Android, o GSMArena já apurou, e de fato trata-se do Android 4.1.2 JellyBean muito bem mascarado como um “Asha meio Windows Phone”.

– Por que não apostar no Windows Phone e no Lumia 520?

Sabia que a Nokia já tem um aparelho com as mesmas configurações que o Nokia X? O Lumia 520 foi lançado em Abril do ano passado, tem a mesma faixa de preço e pode ser atualizado para o Windows Phone mais recente, o Windows Phone 8 Black.

A aposta da Nokia e Microsoft pelo Android é algo que tem explicação apenas a curto prazo. Mas mesmo nas mais inocentes das análises, é possível concluir que a Microsoft e Nokia estão atirando para todo lado para convencer o consumidor a usar o Windows Phone. Não pelo software em si, mas pela aparência e serviços.

A ideia, pelo que percebi, é “sequestrar” o consumidor pelos serviços, algo que acontece com usuários da Apple em países de primeiro mundo. Vai me dizer que uma pessoa que já tem vários apps, jogos, músicas, filmes e etc, vai deixar tudo isso para usar um smartphone onde terá que comprar e configurar tudo de novo? Acho que não.

– A verdade está lá fora… nos apps

Lembra do começo do post, quando mencionei recentemente a relação “não tão amigável” entre Microsoft e Google. No segmento mobile essa relação é agravada pela ausência de apps oficiais do Google como o do Youtube. A Microsoft chegou a emitir uma nota atacando ABERTAMENTE o Google.

A verdade é que as muitas pessoas deixam de comprar aparelhos com Windows Phone por pensarem que não terá app X ou joguinho Y. A atitude de vender smartphones com o sistema do concorrente pode ser encarada como uma atitude desesperada para vender aparelhos sem que o consumidor desista da compra por não conter o app do Youtube ou um Candy Crush da vida.

Mas antes que o consumidor sinta-se aliviado, vale lembrar que a Google Play não está disponível no Nokia X e irmãos maiores. O motivo, do ponto de vista comercial é simples, manter o usuário no ecossistema da Microsoft, acostumando-se com a interface até pular para um aparelho com Windows Phone de verdade.

Visto deste ponto, a estratégia parece boa, mas não deixa de ser uma falta de fé tremenda no próprio sistema operacional. O objetivo da Nokia e Microsoft é cresce a todo custo, e rápido.

– Se não pode derrotá-los, junte-se a eles (da forma mais bizarra possível)

O Nokia X não é uma aposta da Nokia no sistema operacional do Google. É um empréstimo de apps a curto prazo com o objetivo de manter o consumidor de olho nos próximos Windows Phones.

Não há integração com qualquer serviço do Google. E pode ir sonhando com uma versão Google Edition.

Particularmente, acho o Nokia X desnecessário. O Windows Phone é um sistema excelente, uma interface bonita e funcional que tive o prazer de usar na versão 7.5 e achei incrível. E daí que está gerando um pequeno prejuízo atualmente, é o segundo sistema mais usado em vários países e caminha para ter uma boa participação no futuro, quando as pessoas cansarem do Android. (Fato, o experiência “gratuita” de conteúdo no Android o torna um sistema muito fácil do usuário se “desapegar”).

Segundo pesquisa do IDC realizado no ano passado, o Windows Phone está com crescimento maior até que o do Android. Sendo 46% na comparação quadrimestre a quadrimestre e de 91% ao ano.

WP_IDC2013 Por que a Nokia está fazendo celulares com Android?Lembrando que o gráfico é sobre crescimento e não sobre a participação de cada sistema.

O Windows Phone possui vários serviços muito melhores que os do Google como o GPS Here Drive+ e o serviço de música Nokia MixRadio. Sem falar que a Microsoft costuma presentear os consumidores com muito espaço no Onedrive, para quem faz ativação de um telefone novo.

Meu maior receio é de que a Microsoft possa puxar a tomada do Windows Phone caso seu futuro seja incerto (ela pensa em fazer isso também com a divisão do Xbox). Assumindo tantos riscos ao criar smartphones com Android, Microsoft e Nokia provam que está estudando a fundo o sistema do concorrente.

Podemos concluir que a Microsoft quer chegar logo no “X” da questão, nem que isso significa tomar uma ação ridícula como usar o SO do concorrente para promover o seu.

Bônus!

Para quem ainda insiste que o sistema apresentado pela Nokia não é Android… Confira comigo no Replay!

Nokia-X-Nova-Launcher-02 Por que a Nokia está fazendo celulares com Android? Nokia-X-Nova-Launcher-03 Por que a Nokia está fazendo celulares com Android?

Publicidade

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.

  • Dominus

    Realmente eu não entendi essa jogada da nokia/microsoft, com um sistema tão bom, que cada vez mais tem mais apps, e a cada dia mais popular, pq optar pelo os da concorrencia, achei isso burrice, mais vai saber o que se passa pela cabeça do ceo e dos acionistas.

  • kad9123

    será que dá pra baixar o apk da google play e ser feliz?

  • Tiago Carrirel

    Dario Coutinho,acho que voce generalisou muito nessas criticas,eu acho que nao é bem isso ,penso que estas jogadas da macrosft de usar sistemas operacionais de outras empresas seja algo muito bom, porque isso valorisa o sistema operacional da google e de uma serta forma da originalidade ao seu produto (Tudo isso é markete ).

    • Então quer dizer que o objetivo da Microsoft é valorizar o sistema do Google e não o dela mesma? Estou confuso.