Jogos gratuitos (freemium) fazem Apple devolver mais de $30 milhões

21 de janeiro de 2014 . Atualizado 21/01/2014

crianças Jogos gratuitos (freemium) fazem Apple devolver mais de $30 milhões

Celulares e tablets estão sendo chamados de “chupetas do século 21” devido ao fato de que cada vez mais pessoas os usam para distrair e entreter crianças. Um hábito inofensivo que Tim Cooks provavelmente nunca imaginou que pudesse um dia custar dezenas de milhões à Apple.

Quando uma pessoa insere a senha na App Store para fazer o download de um app, há um prazo de 15 minutos onde ela fica ativa para fazer outras compras sem necessidade de digitá-la novamente. É aí que está o problema todo. Os usuários digitaram suas senhas, baixaram os jogos e entregaram os aparelhos para os pequeninos que fizeram a festa com compras dentro do aplicativo. Apenas uma criança chegou a gastar 2600 dólares dessa forma no jogo Tap Pet Hotel.

tappethotel Jogos gratuitos (freemium) fazem Apple devolver mais de $30 milhões

Na chegada da fatura esses usuários ficaram de cabelo em pé com o que viram e reclamaram na FTC, entidade americana de defesa ao consumidor, que julgou a Apple culpada por não informar o fato da senha ficar ativa para novas compras. Assim, a gigante maçã foi condenada a devolver o dinheiro referente a essas compras aos usuários, um valor que passa de 32,5 milhões de dólares.

A capacidade das crianças de causar prejuízos não para me de surpreender.

Fonte: Joystiq

Publicidade

Quer colaborar? Envie sua dica para o e-mail: dicas[arroba]mobilegamer.com.br. Não se preocupe, não precisa ser um expert,basta ser apaixonado pelo assunto. Que assunto? Nossos amados jogos para celular.

  • Rafa

    Acho é pouco, independente desse caso em si, eu queria era tanto a Apple como o Google ou a Microsoft sofressem milhares de processos decorrentes de queixas relacionados a essa praga q é jogo Free-To-Play, eu tenho um colega q ja gastou mais de R$80,00 num desses derivados de FPS e outros jogos em geral, e eu fico tipo 0_0 Tem q ser muito besta, ou ser muito viciado p cai na lábia dessas empresas. Na MINHA opinião se elas querem tanto atingir uma área maior com seus jogos, que lançasse uma demo, e o jogo completo.
    Mais esse freemium vc baixa p testa, ai vc gosta, ai aparece a msg p desbloquear tal coisa por alguns centavos, ai depois tem outra roupa por R$1,00, ai depois tem outra arma, e no fim das contas quando vc vai ver gastou o suficiente p comprar uns 2 ou 3 jogos. E o pior tem deles q quando atualizar vc perde tudo rsrsr

    • Rafa

      Ah, outra coisa q tbm me deixa peidado são esses DLC’s não pqp, acho q a Capcom ta fazendo escola, pq geral agora nem chega a lançar o jogo e ja anuncia q vai ter um DLC pra isso outro pra quilo etc…. Ou eu sou um pouco retrógrado ou sou fresco mesmo pq essas “novas” formas de se jogar não da p mim não.
      Obs: Eu sei q ninguém é obrigado a baixar DLC ou jogo freemium, porém na MINHA concepção se é p eu pegar um jogo, eu quero tê-lo completo.

    • André Garcia

      Eu curto free to play, testar o jogo e, se gostar, pagar para desbloquear e ter ele completo, sem amarras e do jeito que tem que ser. Mas freemium eu sou contra jogo freemium, nem baixo game assim nem pra pra jogar só até onde der porque não me interessa uma experiência castrada e não me interessa ter que ir pagando pra ir jogando. Só que a grande maioria dos usuários apoiam esse formado e quem faz jogo premium mesmo está passando dificuldades. Enquanto for assim a situação não vai mudar.

  • Rodrigues

    Concordo plenamente com o amigo acima!!!
    Free to Play vc baixa se gosta compra o jogo completo.
    Mas Fremium tem que gastar dinheiro a vida toda.