Sim, os smartphones Android estão sofrendo com Genshin Impact

Está rolado uma polêmica na Internet com relação ao POCO X3 Pro e POCO F3. Alguns vídeos no Youtube sugerem que o smartphones da subsidiária da Xiaomi superaquecem ao jogar Genshin Impact.

“Nossa que chato hein? Ainda bem que os tops de linha rodam Genshin Impact liso liso né? “.

Não é bem assim. 😏

Geralmente o que acontece é que para muitos usuários, o POCO X3 e POCO F3 são os primeiros smartphones intermediário premium que eles adquirire. Muitos pensam que vão poder jogar com tudo no “ultra” e que o smartphone vai “tankar” todos os jogos com gráficos no máximo a 60 fps.

Pode até ser, menos para Genshin Impact.

O jogo claramente não está otimizado para celulares Android e iOS quando se utiliza a configuração de vídeo máxima e se habilita os 60 frames por segundo.

Abaixo, você confere o teste do canal E-Got Tech com Redmagic 6 Pro, Xiaomi Black Shark 4 Pro e ASUS ROG 5, e adivinhe só: Todos esquentaram e não conseguiram manter 60fps durante todo o teste.

 

Já o canal Golden Reviewer (vídeo abaixo), fez um teste extendo com Galaxy S21 Ultra (Exynos 2100), Xiaomi Mi 11 (Snapdragon 888), Huawei Mate 40 Pro (Kirin 9000) e iPhone 12 Pro Max (A14). A ferramenta utilizada para o teste foi o Perfdog.

Sabe qual smartphone “tankou” o Genshin Impact no Ultra a 60fps? Acertou! NENHUM!

 

No começo do teste, todo mundo “lindo”, rodando o jogo perto dos 60fps.

Exynos-2100-vs-Snapdragon-888-vs-Kirin-9000-vs-A14-Epic-Genshin-Impact-Test-of-2021-Flagship-Phones Sim, os smartphones Android estão sofrendo com Genshin Impact

10 minutos depois.

Exynos-2100-vs-Snapdragon-888-vs-Kirin-9000-vs-A14-Epic-Genshin-Impact-Test-of-2021-Flagship-Phones-2 Sim, os smartphones Android estão sofrendo com Genshin Impact

A maioria dos dispositivos top de linha mantém os 60fps na configuração “Ultra” do Genshin Impact após os primeiros 10 minutos, então a performance começa a cair e fica entre 40 a 50 frames por segundos (nos combates chega a 30 fps).

Apenas o iPad Pro consegue rodar Genshin Impact nessa configuração com facilidade. Note a diferença do gráfico de FPS (linha rosa).

A atualização de maio de Genshin Impact foi ainda mais severa. Tanto o S21 com Exynos e com o todo poderoso Snapdragon 888 não conseguem fazer Genshin Impact ficar em média de 40 FPS.

Veja abaixo:

O canal Ictfix.net fez um teste com o Xiaomi Mi 11 5G. O teste não mostra os frames por segundo, mas mostra a temperatura do chipset que fica constantemente em 55°c, com temperatura da parte traseira em 47°c.

 

Agora fica a pergunta: O que acontece quando um jogo mal otimizado encontra um CPU e GPU novas? Resultado? Seu smartphone vai sofrer para tentar entregar o desempenho.

Sim, o POCO F3 e X3 podem chegar a 74°C no chipset ao tentar jogar Genshin Impact na configuração máxima. O mesmo que acontece com qualquer outro intermediário premium ou top de linha antigo. O aparelho vai chegar perto dos 80ºC.

Smartphones com Snapdragon 860 e 870 não conseguem rodar Genshin Impact no “Ultra” a 60fps. E pelo que foi visto acima, nunca vão conseguir! O máximo que você vai conseguir é superaquecer seu smartphone à toa.

Tem um POCO X3 ou F3? Jogue no máximo a 30fps na configuração de vídeo “alta”.

Você percebe como o jogo está mal otimizado, quando vemos outros títulos pesados que por segurança limitam-se aos 30fps (Fortnite), ou PUBG Mobile que chegam no máximo a 60°C mesmo em situações com muita ação acontecendo na tela.

Fica então o aviso para os testadores de plantão: pare de superaquecer seu smartphone à toa!

A não ser que você compre um desses…

Xiaomi-H88L-3rd-Black-Shark-3-Pro-Gamepad-3-0-lewa-strona-Bluetooth-Joystick-czarny-Shark.jpeg_q50 Sim, os smartphones Android estão sofrendo com Genshin Impact

 

 

 

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *