Free Fire pode ser “enquadrado” pela Justiça Brasileira

Um processo que afeta diversos jogos online pode cair como uma verdadeira bomba no mundo do Free Fire.

free-fire-banido-falir-enquadrado Free Fire pode ser "enquadrado" pela Justiça Brasileira

Segundo o site The Enemy, a Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescente (Anced) está processando vários jogos por “Loot boxes”, dentre eles, Free Fire. O jogo da Garena  é um dos principais alvos.

As Loot boxes, para quem não sabe, são as famosas caixas com recompensas aleatórias. No caso de Free Fire, são as Caixas e Roletas.

Enquanto por um lado, elas fazem sentido para a monetização do jogo, por outro, as caixas e roletas são completamente injustas e configuráveis como “JOGO DE AZAR”.

A indenização pedida no processo pode chegar a R$ 1,5 bilhão de reais, algo que, com certeza, seria um desastre para a Garena.

O processo, que foi encaminhado e aprovado para abertura no Ministério público, ainda prevê multa diária de R$ 4 milhões. Além disso, é previsto uma multa de 1 mil reais para cada criança ou adolescente.

Em diversos países do mundo (Europa principalmente) as Loot boxes são banidas, e os jogos free-to-play que existem por lá, precisam adaptar suas lojas.

Processo já está rolando…

A promotora Luisa de Marillac Xavier dos Passos deu parecer favorável a abertura do processo no Ministério Público. Porém, ela aponta que a proibição do jogo no Brasil é um exagero e que a adequação do game a lei seria a melhor solução. Quanto a indenização, segundo a promotora, ela “foge da realidade”.

Caso o processo vá adiante, será preciso que empresas como Garena mudem suas lojas para se adequar à nova realidade.

No site do The Enemy, você pode conferir o processo na íntegra.

Por que estão processando a Garena e outras empresas?

O principal ponto do processo é o potencial dano que as loot boxes podem causar no público infantojuvenil.

Segundo o processo, “No entanto, o recorte da dona presente ação é do uso de mecanismo considerado como jogo de azar e portanto reconhecidamente ilícito, cujo dano está implícito na própria ilicitude.”

No caso do Free Fire, um dos alvos também são as Roletas do jogo. Como o próprio nome já diz é algo claramente associado a jogos de azar.

Pior ainda no caso de roletas em que o algoritmo de aleatoriedade não fica claro, e o jogador pode se ver gastando dinheiro infinitamente.

Por que roletas e loot boxes são ruins?

As loot boxes são ruins pois estimulam o vício em apostar em jogos de azar. O jogador esquece momentaneamente quando dinheiro gastou e continua até “esvaziar” a carteira ou cartão de crédito.

Isso pode ser potencialmente danoso em crianças que não sabem a hora de parar, ou pior, pegam o cartão de crédito da mãe “emprestado”.

Existe outra opção para monetizar o jogo? Claro que tem!

Precisamos deixar uma coisa bem claro aqui.

A grande questão aqui são as loot boxes, as roletas, os pacotinhos aleatórios, e não as compras embutidas no geral.

Há uma geração inteira de jogadores que começaram a jogar games como Free Fire ou Clash Royale e não sabem que existe “um mundo fora disso”.

Existem diversas outras formas que jogos gratuitos e online podem fazer para monetizar o seu conteúdo.

Em alguns jogos, as skins e itens estão disponíveis em lojas para compra direta, mas de forma rotativa. Então o jogador precisa comprar o item antes que ele saia da loja. A compra é direta, não há chances aleatórias.

Em outros jogos, há a possibilidade de ver o que tem dentro da loot box, ou ganhar fragmentos de um item que permite que você junte os pedaços daquele item até conseguir montar ele.

Loot boxes sempre será o pior da indústria dos games

Sim, já existe uma geração de jogadores que consideram loot boxes tão normal que até amam o ritual de tentar a sorte. Isso é Bizarro, mas é verdade, basta ver esse vídeo do Crowbcat (em inglês, mas com legendas traduzíveis).

A parte triste é que no fim das contas o gameplay fica em segundo plano e colecionar personagens/skins se torna o principal motivo de jogar.

Podem romantizar abrir packs/loot boxes à vontade, mas para nós, esse será o pior elemento dos jogos mobile.

Os desenvolvedores passam a deixar a narrativa e melhorias de gameplay totalmente de lado, e vão para o “lucro acima de tudo”, até da saúde mental do jogador.

Tem como apoiar isso? De jeito Nenhum!

E tem mais. Como diria o vídeo do crowbcat: “Nada é realmente seu, você só segurou esses itens por um tempo”.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *