Como terminou a primeira semana da Liga Brasileira de Free Fire 2021

A Liga Brasileira de Free Fire voltou com tudo em 2021! A primeira semana foi marcada por encontros e reencontros dos atletas com a galera, mas também marcou alguns tropeços de players conhecidos. Veja o que rolou.

Os 18 melhores times de Free Fire se enfrentaram neste fim de semana.

No sábado (23) o Grupo A recebeu o Grupo B. A Campeã do ano passado, a SS eSports mostrou que realmente mereceu o título que emendou 3 BOOYAH! seguidos.

A SS ficou no topo da tabela com 133 pontos e o jogador  Mateus “Mts007” da Silva, ainda ganhou o prêmio de MVP do fim de semana.

O time do Cruzeiro escalou sua qualificação desde a série C de Free Fire e com um crescimento consistente, e com muita qualidade nas jogadas, eles garantiram a segunda posição na tabela geral da LBFF

Veja a tabela geral com a pontuação até agora:

free-fire-lbff-tabela-semana-1-temporada-4-2021 Como terminou a primeira semana da Liga Brasileira de Free Fire 2021
Classificação da LBFF após a semana 1, temporada 4, 2021. (Foto: Divulgação)

A audiência da estreia da LBFF foi recorde como sempre, confira como foi a recepção do público para essa nova temporada aqui.

No domingo (24), seis equipes diferentes gritaram o BOOYAH! na estreia do Grupo C: B4, Cruzeiro, INTZ, GOD, Santos e Fluxo. Apesar de não ter feito o BOOYAH!, o grande destaque da rodada foi a LOUD, que contou com um dia inspirado de Will e Noda para ganhar os holofotes com 71 pontos e 37 abates. A rodada também foi marcada pela estreia da META, uma das surpresas da Série B, que apesar de não ter aparecido tanto, teve seus bons momentos e mostrou que vem para jogo.

A B4 entendeu que agressividade não é tudo e corrigiu o que errou no dia da estreia: com uma boa rotação, o time surpreendeu com o primeiro BOOYAH! em Purgatório e ainda fechou o dia no Top 3 das estatísticas. Cruzeiro e INTZ mantiveram a regularidade da abertura do campeonato e o reflexo se deu na tabela, onde o Cabuloso aparece como segundo colocado e os Intrépidos na quarta colocação.

A GOD também estreou em alta e foi o segundo melhor time do dia em números. A equipe foi um dos grandes destaques da rodada e na maioria das quedas se manteve entre os favoritos ao BOOYAH!, que só aconteceu no segundo salto em Purgatório.

O Santos, também estreante, mostrou que Clock Tower tem dono e travou várias disputas com a Team Liquid, que também debutou e se mostrou decidida a brigar pela call. O triunfo do Peixe, no entanto, foi em Kalahari, onde Fon escreveu seu nome com cada granada que benza deus.

Apesar de alguns sustos iniciais a Fluxo Gaming também se encontrou na trocação e começou a pontuar. No final ficaram na sexta posição com direito a BOOYAH! Como diria o Nobru: “avemaria doido!”.

A premiação da LBFF 4 é de R$ 745 mil. O campeão levará R$ 105 mil, enquanto os 2º e 3º colocados ganham R$ 85 mil e R$ 75 mil, respectivamente. As equipes que ficarem entre 4º e 12º lugar ganham R$ 53.333 cada.

As equipes se encontram novamente no próximo sábado e domingo, a partir das 13h, com transmissão ao vivo no YouTube, na BOOYAH!.

Com informações: de Release para a Imprensa.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *