Os PIORES jogos para Android de 2020

Bem-vindo ao top de PIORES jogos para Android  que foram lançados em 2020. Confira os games que “só são games no papel”, porque na realidade, passam bem longe disso.

Com grandes pretensões, vem grandes decepções. Quando um jogo para Android mira muito alto, na maioria das vezes, o resultado é um game decepcionante que mais parece uma demo feita em uma semana.

Esse top saiu menor do que o habitual, pois muitos jogos são tão ruins que foram retirados da Google Play ao longo do ano de 2020. Já outros games como Battle Ops, MPL Rogue Heist e World War Z Mobile são bem ruins mais ainda sim, são “um jogo”.

piores-jogos-android-2020-1024x576 Os PIORES jogos para Android de 2020

– Cyberworld Online – Open World

Na esteira do sucesso (ou polêmicas) de Cyberpunk 2077, Cyberworld Online é um suposto “RPG” que busca copiar muitas das coisas que vimos em Night City.

Mas parece que o jogo da Wenkly Studio só copiou o que há de pior no hit da CD Projekt Red. O game foi lançado incompleto, pior que em Cyberpunk 2077, pois faltaram até os bugs. Não há quase nada para fazer nessa cidade, há poucos NPCs, não existe diálogo e nem história. Enfim, de RPG não tem nada.

– Imitações offline de Fall Guys

fall-dudes-3d-jogo-estilo-fall-guys-android-1 Os PIORES jogos para Android de 2020
Fall Dudes mente na sua cara. O jogo não é online, todos os outros adversários são controlados pelo game.

Quando o sucesso de Fall Guys estourou em julho de 2020, rapidamente os desenvolvedores se apressaram para copiar a fórmula do jogo da Devolver Digital.

Mas os primeiros jogos que “se inspiraram fortemente” em Fall Guys não poderiam ser mais cretinos.

Acredite se quiser, inventaram “Fall Guys mobile” sem conexão com a internet. Sim, um jogo multiplayer “fake” que fingia montar uma partida online. Parecia aquela versão moderna dos pais que dão o controle desconectado para o filho pequeno jogar.

– Fallout New Vegas Mobile (e outros fan games)

É inacreditável que em pleno 2020 ainda há pessoas (com mais de 10 anos) que caem nos clickbaits de “jogo de console mobile”.

Estamos no limiar dos jogos na nuvem (uma realidade cada vez mais presente) e ainda tem criança que acredita que um cara lá no Rússia ou Eslovênia vai fazer uma versão completa de Fallout, GTAV ou Red Dead Redempetion 2 e distribuir gratuitamente na Google Play. Se você caiu nesse tipo de clickbait parabéns, você tem o nível de atenção de um peixinho dourado.

– 1v1Battle – Build Fight Simulator

1v1Battle pelo menos é sincero. No nome, o jogo deixa bem claro que é um game de batalha para apenas dois jogadores. Mas sério? Existe algo mais deprimente do que um Battle Royale estilo Fortnite para apenas duas pessoas?

Então se o seu smartphone é uma batata que não roda nem Free Fire, venha conhecer esse “incrível e empolgante” jogo.

– Hell Destroyer: Offline FPS shooter

Uma cópia mal feita de Doom (2016), é o que podemos esperar de Hell Destroyer.

O desenvolvedor tentou usar personagens sem texturas para deixar o game mais rápido, mas o resultado é um Doom 2016 que parece ter saído direto de um port malsucedido do PlayStation 2.

Ao retirar um dos elementos mais geniais de Doom, o leve design, sobrou para Hell Destroyer ser apenas um shooter offline em salas vazias com inimigos aleatórios.

– Cyberpunk 2088

Mas nada é pior do que o desastre apocalítico chamado “Cyberpunk 2088”. Feito “nas coxas” para pegar carona no sucesso de Cyberpunk 2077, 2088 é a evolução “ao contrário” do game da CD Projekt.

Cyberpunk 2088 é só um amontoado de coisas aleatórias feitas para serem parecidas com 2077. O resultado é de dar pena.

São duas sessões, uma área vazia que eles chamando de “caminhar pelo futuro” e outra seção de jogatina que é um minigame de um carro voador.

E é só isso. Sem dúvida Cyberpunk 2088 é um daqueles “games” que é uma mentira completa, feito apenas para aparecer ali em primeiro lugar quando você digitar “Cyberpunk 2077” na Google Play.

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *