Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso

A Gameloft antigamente era sinônimo de liderança no mercado de games mobile. Mas desde 2017, a empresa vem perdendo o seu protagonismo no mercado de jogos de celular. A “invasão” de produtoras chinesas e coreanas vem chamando a atenção dos jogadores com games mais atrativos e com melhores atualizações.

Apenas para deixar claro. A Gameloft está muito longe de falir, e seu faturamento ainda é um dos maiores na indústria. Mas isso se deve a enorme quantidade de games. Porém, muitos deles estão há anos sem atualização.

Neste artigo, vamos falar dos novos jogos da Gameloft, lançados entre 2017 e 2018 e que obviamente falharam em trazer aquele ar de renovação, principalmente no que diz respeito a “público pagante”.

royale-rising-111 Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso
No auge dos Battle Royale a Gameloft me apresenta isso. Não vou nem comentar.

– O que é um jogo de celular de sucesso?

Primeiro, vamos levantar um ponto importante. O que é exatamente um game de sucesso na Google Play e App Store. Hoje em dia é até complicado de definir isso. Afinal, jogos como Free Fire, PUBG e Fortnite extrapolaram qualquer limite que havia em termos de sucesso.

Para usar como parâmetro de jogo freemium, que é “vendido” como serviço, e que vá precisar de atualizações, vamos colocar pelo menos 900 mil downloads mensais e 100 mil dólares em receita por mês. Esses números, por se só, já representam algo que qualquer estúdio pare e pense: “estão deixando a gente sonhar”.

Parece muito não é mesmo? Mas games poucos conhecidos do público em geral, como Shadow Fight 3, da minúscula Nekki, contam com mais de um milhão de downloads e rende mais de 200 mil dólares, tudo isso por mês, na Google Play.

Quer algo estrondoso em termos de sucesso? Que tal Free Fire? Todo mês, 20 milhões de pessoas baixam o game e gastam mais de 15 milhões de dólares apenas no Android!

Diante disso, vamos analisar alguns lançamentos recentes da Gameloft.

– Gangstar New Orleans é um fracasso?

gangstar-new-orleans-vs-vegas-faturamento-downloads Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso
Comparativo entre downloads e fatura dos dois Gangstar nas duas lojas de aplicativo.

Gangstar New Orleans. Um dos jogos mais “hypados” do Youtube lá em 2016 e 2017 é um fracasso monumental da Gameloft.

O game que vinha para substituir Gangstar Vegas. New Orleans não só falhou nesse aspecto, como amargura números ridiculamente inexpressivos no Sensor Tower.

Criado em uma engine estranha, o game nunca foi fluído no Android. Mas no iPhone ele é sucesso né? Negativo!

No iOS, apesar do sucesso inicial – afinal a criançada fica muito feliz só em ver o jogo rodar – o game caiu rapidamente no esquecimento.

Dentre os motivos do desastre, estão as fases curtas e “quebradas”, e a ausência de um modo multiplayer decente.

gangstar-5-new-orleans-primeiras-impressoes-2 Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso

Imagina só, em plena era de PUBG Mobile, Fortnite e etc, Orleans oferece como multiplayer em sistema de “destruir bases”, onde você não enfrentar os adversários em tempo real. PIADA NÉ?

 

Leia também:

Gameloft compra a produtora do game SongPop, a FreshPlanet

Royale Rising é a tentativa mais desesperada da Gameloft para entrar no gênero BR

NetEase: “procura-se um Battle Royale de sucesso desesperadamente”

– Dead Rivals

Dead-rivals-ex-the-dying-world-gamelof-2 Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso
Alguém lembra do hype deste game?

Mano do céu! Alguém lembra do hype gigantesco em torno de Dead Rivals. Quando o game foi lançado, ele foi um sucesso de downloads no Brasil.

O game que mistura RPG e ação ainda está na Google Play e App Store, mas se ele fosse apagado e começassem a surgir trailer dele por aí, eu não estranharia o hype recomeçar. A galera meio que “pira a batatinha” nesses jogos envolvendo zumbis e sobrevivência.

Fato é: Dead Rivals tinha tudo para ser um enorme sucesso. O conceito de mundo aberto, massivo, capturou a imaginação dos jogadores.

dead-rivals-vs-lifeafter-faturamento Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso
Dá até pena comparar Dead Rivals com outro RPG de zumbis, LifeAfter (NetEase).

Mas tudo ruiu alguns meses depois. Hoje, Dead Rivals amargura números ridículos para um game do gênero. Também pudera, até a Gameloft esqueceu que ele existe.

– Blitz Brigade: Rival Tactics

blitz-brigade-rival-tactic-gameloft Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso
Sério que esse jogo era realmente necessário?

Vocês lembram que em 2017, a Gameloft lançou um clone fajuto de Clash Royale? Não? Acho que até a produtora ficou com vergonha e tratou de dar fim ao game.

Em fevereiro de 2019, Rival Tactics já havia sido removido das lojas de aplicativos. Mas ele já era um aplicativo moribundo há muito tempo. O jogo passou um ano sem atualização. É sério!

– Modern Combat Versus

mc-versus-outros-fps-fracassou Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso

Já falamos da catástrofe chamada Modern Combat Versus em outro artigo aqui no site. Um jogo que até que é legalzinho, mas que falhou de forma desastrosa em ser um hit e superar o problemático MC 5.

Vamos analisar. A coisa é tão confusa que o game foi criado com foco em eSports, e a Gameloft nunca fez um evento ou campeonato dele!

E antes, eu pensava que era apenas pelo fato da Gameloft “apostar no estilo errado”, pois jogos de Battle Royale ficaram em evidência no final de 2017 e durante todo o ano de 2018.

Mas não! Compara os números de MC Versus com shooters de empresas desconhecidas como Axlebolt e seu Standoff 2.

modern-combat-versus-vs-standoff-2 Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso
Modern Combat Versus perde para seu antecessor e até mesmo para shooter pouco conhecidos como Standoff 2.

MC Versus não ganhou a “tração” e volume de interesse esperado pela Gameloft. E as coisas não prometem melhorar tão cedo com o lançamento de Call of Duty Mobile, previsto para este ano de 2019.

E pensar que a Gameloft preparou Modern Combat Versus para ser um game multimilionário.

– Dungeon Hunter Campeões

dungeon-vs-summoner-war Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso
O desempenho de DH Campeões parece bom, mas não é nada se comparado a concorrentes.

O jogo que prometia recolocar a Gameloft no mapa dos RPGs e MOBAs mobile (ela já havia dominado esse território até 2014), Dungeon Hunter Campeões caiu no limbo recentemente.

O game possui até uma premissa chamativa ao misturar dois dos gêneros de maior sucesso no mobile, mas o interesse do público literalmente sumiu. Não estranhe o jogo sair da Google Play e App Store nos próximos meses.

– Para não dizer que não falei de flores

disney-magic-kingdoms-gameloft Últimos lançamentos da Gameloft foram um fracasso
O jogo de maior faturamento da Gameloft na atualidade.

Curiosamente, a Gameloft hoje se sustenta em games antigos como Asphalt 8, Modern Combat 5, Gangstar Vegas e… Reino Mágico da Disney.

O único jogo onde a produtora acertou em cheio recentemente foi Asphalt 9. Das sequências, foi o único game que chegou cumpriu as expectativas.

N.O.V.A Legacy, Iron Blade e Real Football ganharam “tração” e estão entre os games recentes mais baixados da empresa. Contudo, eles não focam no competitivo, e suas receitas não são muito expressivas.

Agora queremos saber de você? Gostou dos lançamentos recentes da Gameloft? Deixe um comentário.

Publicidade