Acabou o tesão pelos smartphones?

acabou-o-tesao-por-tops-de-linha Acabou o tesão pelos smartphones?

Um recente relatório do mercado chinês trouxe uma verdade inconveniente. Quase todas as fabricantes registraram menos vendas, em relação ao ano passado, e o mercado caiu 21%. Um grande declínio para os três primeiros meses de 2018. Será que o tesão por smartphones acabou?

A China é um “termômetro” quando o assunto é smartphone. É de lá que saem a maioria dos aparelhos e também é por lá que a maioria é vendida.

grafico-mercado-chines-2018primeiro-trimestre-1024x576 Acabou o tesão pelos smartphones?

Na realidade, as vendas de smartphones na China já vinham mal das pernas desde 2017, mas o último trimestre foi realmente “uma pancada”.

Empresas gigantes como Samsung, despencaram na China. A Samy deixou de vender cerca de 50% em relação ao mesmo período do ano passado.

Apenas Xiaomi e Huawei tiveram um crescimento expressivo, e isso se deve não aos top de linha, mas aos aparelhos intermediários e básicos que puxaram as vendas dessas duas fabricantes. Da Xiaomi por exemplo, 90% do que foi vendido no primeiro trimestre era smartphone na casa dos US$ 160 dólares (por volta de R$ 568).

– Sem apelo em relação a geração passada

Isso nos leva a um questionamento interessante. Será que o tesão das pessoas por comprar um top de linha finalmente chegou ao seu fim. Parece que não há mais para onde essa categoria evoluir.

Corrigindo, claro que há para onde os smartphones evoluírem. Porém, o apelo para vender smartphones top de linha continuará? Já não temos aparelhos com poder de processamento suficiente? O que há em termos de foto, vídeo e aplicativos que um smartphone top de linha de 2016 não possa fazer?

Isso dá assunto para um bom podcast não acham? 😅

Não conhece o nosso podcast? Confere aí meu irmão!

PODCAST GAMER DE CELULAR

Fonte: Canalys

Publicidade

5 thoughts on “Acabou o tesão pelos smartphones?

  1. Eu acho que sim hein, kkkkkkkkk.
    Eu mesmo estou com meu Zuk Z2 da linha PRO e não vou trocar ele por nenhum outro, por um
    bom tempo, snapdragon 820 ainda pra min ta mais que suficiente, acho que as pessoas
    estão pesando desse jeito né “Compro um celular bom do qual posso ficar por uns 2 anos sem precisar
    trocar, “a não ser que vc more no RJ”. kkkkkkkkkkk

  2. Particularmente, meu tesão por smartphone se foi por volta do final de 2016. Quando estou em casa, dou muito mais atenção ao meu Notebook (se bem que também o uso para trabalhar, além de me divertir), e só não o levo na mochila, quando saio, para usa-lo ainda mais, por falta de coragem.

    Falando de mercado, nenhum “BOOM” é eterno, pra nenhuma categoria de dispositivo. Creio que trocar de aparelho frequentemente acabe enchendo o saco de muitas pessoas. E se olharmos os PCs, por exemplo, eles já estiveram muito em alta, para depois diminuir as vendas e se estabilizaram entre públicos específicos, que muitas vezes tentam comprar o melhor que puderem para não trocar tão cedo. E cada vez mais vejo as pessoas fazerem isso com os smartphones, também.

  3. Eu troco de celular a cada 6 meses e costumo ter 2 ao mesmo tempo (atualmente um MI A1 e um moto z play). Não se sinto empolgado pra comprar um próximo smartphone, os celulares estão ficando cada vez maiores (isso e uma coisa que me irrita), as baterias estão diminuindo e as novidades não justificam uma troca e não são empolgantes

  4. estou com meu zenfone 5 a 3 anos e as msm coisas q um top de linha faz meu faz tbm e n sinto necessidade trocar porem para nao me sentir ultrapassado comprei zuk z2 pro para não precisar por um bom tempo trocar de smartphone pois mercado de jogos q e meu foco no android e uma bosta entao passo mais tempo no pc do que no smartphone mas meu zenfone 5 e extremamtente usado no trabalho para fazer ligações via whatsapp

  5. É tanto lançamento que fico ate perdido, não tem mais referência de nada. E tbm não tem necessidade de ficar trocando toda hora nesse consumismo desenfreado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *