Pessoas jogaram menos jogos mobile em 2017, mas gastaram mais, revela estudo

dinheiro-dolares Pessoas jogaram menos jogos mobile em 2017, mas gastaram mais, revela estudo

Uma pesquisa do Flurry, instituto de análise de mercado, concluiu que as pessoas jogaram menos games mobile em 2017. Em contrapartida, gastaram mais. Houve uma queda de 16% no uso de games, em relação ao ano de 2016.

Porém, o gasto com jogos mobile aumentou. Houve um aumento de 53% no comparativo entre 2016 e 2017. Embora a quantidade de pessoas jogando tenha diminuído,a quantidade de dinheiro gasto aumentou, principalmente entre novos jogadores.

media-sessao-por-app-celular-flurry Pessoas jogaram menos jogos mobile em 2017, mas gastaram mais, revela estudo

Além disso, o tempo médio de jogatina diária, por jogo, aumentou.Um acréscimo de 6 minutos e 22 segundos em 2016 para 7 minutos e 6 segundos em 2017. Segundo o estudo, o “americano médio” gasta 33 minutos por dia em jogos mobile.

Flurry rastreia mais de um milhão de aplicativos em 2,6 bilhões de dispositivos em todo o mundo, e o uso do aplicativo é definido como um usuário que abre um aplicativo e grava uma sessão.

Fonte: Flurry e Flurry

Publicidade

One thought on “Pessoas jogaram menos jogos mobile em 2017, mas gastaram mais, revela estudo

  1. Nossa! Acabei de saber a média de tempo que os estadunidenses jogam, meu dia está melhor agora!

    Deixando a ironia de lado, tem um horrível desfecho nessa pesquisa: pessoas estão gastando mais. Isso é ótimo para as empresas e péssimo para o consumidor como eu, que não gasta um centavo nesses jogos “sangue-suga”.

    Esse resultado é mais que suficiente para esses sugadores fazerem mais e mais jogos abusivos. Tô esperando o dia que eles vão começar a lançar (se já não lançaram) jogos que só serão possíveis zerar comprando um personagem que seja necessário para o desenrolar da história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *