Estudo revela o óbvio: tudo mundo acaba jogando mais no celular

19 de dezembro de 2015

celular-android-motorola-moto-g Estudo revela o óbvio: tudo mundo acaba jogando mais no celular

Notícia postada em diversos sites de tecnologia como Tecmundo e TudoCelular gerou uma interpretação errada por parte dos leitores.

Segundo esses sites, um estudo aponta que são os adultos que mais jogam no celular. Bem isso não é verdade! O estudo Generation Hashtag, elaborado pela consultoria Bain & Company, é uma pesquisa que pergunta em quê plataforma as pessoas mais jogam.

Como esperado, os smartphones lideram em todas as faixas etárias, com predominância dos adultos. 58% das pessoas com 36 anos, 53% das pessoas com idades entre 15 e 25 anos, e 53% das pessoas com idades entre 26 e 35 anos, preferem ficar no celular ao invés de consoles e PC.

O motivo das pessoas acima de 36 anos serem uma porcentagem levemente maior se deve ao fato da correria da vida adulta. Filhos, casa para cuidar, trabalho e etc. Quem está na casa dos 30 sabe, sobra muito pouco tempo para sentar num sofá e jogar. E quem é o “companheiro” de todas as horas de qualquer ser humano atualmente? Isso mesmo, o celular!

Embora a percentagem de adultos seja maior, não significa que eles jogam mais (e por mais tempo) no celular do que os mais novos. O interessante mesmo do estudo é a predominância da plataforma mobile sobre todas as outras.

Fonte: http://www.bain.com

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.

  • Rednale S.

    Eu gosto bastante de jogar no celular, mais nao dispensaria um console por um smartphone.

    • Dario Coutinho

      Acho que muita gente respondeu assim por motivo de falta de tempo mesmo. Quem é mais velho principalmente.