Final Fantasy XV: Pocket Edition anunciado para Android, iOS e Windows 10

final-fantasy-xv-pocket-edition-android-iphone Final Fantasy XV: Pocket Edition anunciado para Android, iOS e Windows 10

Final Fantasy XV: Pocket Edition acaba de ser anunciado oficialmente pela Square Enix. O game terá versões para iPhone, iPad, celulares Android e tablets com Windows 10. Mas quem espera uma versão completa do jogo vai se decepcionar. A Pocket Edition será uma versão miniatura em todos os sentidos, veja o trailer de anúncio.

Pelo trailer, podemos perceber que não será um “game de estratégia” e nem nada parecido. Será mesmo um RPG com a mesma jogabilidade de Final Fantasy XV, mas sem os gráficos impressionantes. No lugar, teremos um visual chibi (personagens em miniatura com cabeça grande). Não é o ideal, mas mesmo assim, para os celulares, os gráficos impressionam.

Final Fantasy XV: Pocket Edition chega ainda em 2017 e terá versões para Android, iOS e Tablets com Windows 10. O primeiro capítulo é gratuito, mas terás de pagar para acessar aos restantes 9 capítulos deste Final Fantasy XV: Pocket Edition.

Publicidade

9 thoughts on “Final Fantasy XV: Pocket Edition anunciado para Android, iOS e Windows 10

  1. Se a Square faz uma versão Mobile simpleszinha, freemium do jogo, assim como as outras empresas de console fazem, vocês também iam reclamar. Só do jogo ser pago e completo já está bem melhor que outros por aí! Jogos mobiles para essas empresas são os freemiuns e não os completos pagos, culpa do próprio público de smartphones que não gosta de pagar mesmo se o jogo for excelente, principalmente no Android. Então se a Square está disposta a fazer um jogo mais completo e pago, voltado exatamente para quem não tem console e não tem smartphone potente, não vejo problema algum, eu mesmo tendo console e já tendo jogando e finalizado o FF XV, compraria esse também.

  2. Parece estar muito bom, o gráfico está bonito, esse estilo gráfico também é muito carismático, a gameplay parece muito Boa, acho que vai ser um ótimo jogo

  3. O visual chibi não me incomoda, acho até “charmosinho”. O que me deixa com pé atrás é o preço. Esse é o único ponto discutível, pra mim, da Square no mobile. Se em jogos antigos como os primeiros Dragon Quests e FFs eles cobram 40-50+, chuto que nesse aí eles cobrem 100+ temers. Tomara que eu apenas esteja exagerando. rsrsrs…

  4. Tem que fazer nesse estilo mesmo,pra economizar no tamanho do arquivo e rodar em qualquer aparelho.
    Se fosse nos moldes do original,provavelmente ia ficar comprometido,com draw distance ruim,pouco anti aliasing (já que o jogo é mundo aberto,senão ia pesar muito),texturas borradas e tudo mais.
    Enfim,poderia até ficar bom tecnicamente falando,mas a parte artística ia ficar comprometida.

    Além do mais,a direção de arte do Yoshida cabe muito bem nesse estilo chibi,então não vejo porque fazer de outro jeito.

    Tomara que fique bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *