Participação do iPhone “desaparece” no Brasil e Apple perde até para Alcatel

19 de março de 2017

tim-cook-apple-ceo Participação do iPhone "desaparece" no Brasil e Apple perde até para Alcatel

Quem costuma acessar o Mobile Gamer Brasil deve perceber o nosso foco maior na plataforma Android. Existe um motivo simples para isso: 94% dos aparelhos existentes no Brasil possuem esse sistema. E se depender da falta de interesse pela Apple e Microsoft, isso não vai mudar tão cedo em nosso mercado.

A mais recente notícia chocante é essa: A Apple perdeu mais de 50% da sua participação no mercado brasileiro de telefonia (que já era pequena). Isso significa basicamente que os iPhones venderam 50% menos. E o mais incrível, a marca foi ultrapassada pela Alcatel.

170056-Mercado-smartphones-Brasil-2016 Participação do iPhone "desaparece" no Brasil e Apple perde até para Alcatel

Pesquisa da Counterpoint revela que Samsung é a líder de vendas no Brasil, seguida de Motorola e LG. Apple, perdeu mais da metade do mercado em um ano (Reprodução: Folha de S.Paulo).

A culpa obviamente é do preço exorbitante praticado pela Apple no Brasil. Não há boas opções de iPhone numa faixa de preço intermediária. Comprar um iPhone 6 de 16 GB por quase R$ 2.000 é um péssimo negócio. Um iPhone SE 16 GB por quase o mesmo preço então, é insano.

Enfim, com a crise em nosso país, comprar um iPhone, apesar dele não possuir uma grande desvalorização ao longo do tempo, virou um péssimo negócio. Na camada dita “intermediária” e de “entrada” da Apple, os aparelhos custam quase o mesmo preço de tops de linha em promoção como Samsung Galaxy S7 ou Motorola Moto Z.

Com a (praticamente) desistência do mercado pela Microsoft, e a Apple dando de ombros ou apenas inflando os preços dos seus iPhones no Brasil, fica difícil a produção de conteúdo para os gamers dessas plataformas. Acontece que o site precisa de acessos para se manter, e não há muito sentido em focar em postagens que darão muito pouco ou nenhum acesso.

Fonte: Folha de São Paulo

Quer colaborar? Envie sua dica para o e-mail: [email protected] Não se preocupe, não precisa ser um expert,basta ser apaixonado pelo assunto. Que assunto? Nossos amados jogos para celular.

  • Manji Chonchu

    Man… não exagera…não precisa ser parcial…
    android e a apple tem praticamente a mesma oferta de jogos e empresas, a diferença é pouquíssima e normalmente o lançamento é no mesmo período….algo muito diferente de um ps4 ou wii por Ex….

    Apenas é necessário citar o sistema. Agora se o site quer se orientar de outra forma uma sugestão é mudar o nome para deixar mais explícito o foco e melhorar sua procura…

    a “queda” da apple é no Brasil. Ela está muito ativa mundo a fora…

    • Dario Coutinho

      A matéria não está comparando recursos, apenas apresentando fatos como o preço elevado no Brasil que tem dificultado a venda de iPhones. Além da nossa crise é claro.

      Esquecemos de incluir a fonte: mas tá aí: http://www1.folha.uol.com.br/tec/2017/03/1867093-mercado-de-celulares-mostra-sinais-de-recuperacao-no-brasil.shtml

      • Manji Chonchu

        Não são recursos Dario, é oferta lista de jogos que são semelhantes. Quando um jogo é lançado normalmente ele sai para ambos e datas iguais ou próximas, com algumas exceções (mario…). Não falei que o iphone é melhor que um android…
        O ex que dei é em relação a diferença de oferta de jogos e público…não serviria ps4 e xone apesar de ambos serem semelhantes.

        Além disso,
        A pesquisa cita a venda aos consumidores brasileiros…e nada tem a ver com o investimento de empresas de jogos até porque o interesse dos chineses, coreanos, norte americanos, tailândeses etc pelo ios não diminuí em nada por causa da crise brasileira, a não ser que tenha uma reportagem sobre isso…

        Quem lê essa notícia do site pode se enganar achar que as empresas desapareceram…

        • Dario Coutinho

          Ué, mas a matéria deixa bem claro no título que é “no Brasil”.

  • Leo Santos

    City Mania: Town Building Game o novo game da gameloft da uma olhada Dario

  • jhony blake

    O governo também tem culpa visto que cobra impostos altíssimos nos produtos importados.

    • jonscravit

      oque é mais caro:
      60% de imposto sobre 1500 reais
      ou
      15% de imposto sobre 3500 reais

  • Fernando

    Costumo jogar todos os dias no celular, é realmente uma pena este cenário…

    Um exemplo: o que não dá pra entender, apenas 10 dólares de diferença entre os preços lá fora, mas aqui no Brasil, estes 10 dólares se transformam em R$ 600,00:

    – AirPods: $159,00 (US) / R$ 1399,00 (BR)
    – BeatsX: $149,00 (US) / R$ 799,00 (BR)

    • jonscravit

      Tem muita gente no brasil que adora que tudo seja bem caro…
      adeptos ao “é para quem pode”

      • Ricardo Araujo

        É isso que mata muitos produtos aqui no Brasil. Ao invés da marca cobrar um preço justo e garantir clientes e assim ter lucro mesmo que seja reduzido, não eles preferem perder clientes deixando o preço nas alturas.

        • jonscravit

          se tem trouxa comprando empressas seriam burras de não cobrar mais

  • Esse povo que exagera nos preços são umas antas.
    Não veem que aumentar o preço, o lucro por cada sera maior, mais poucos comprarão, e se deixar num preço atrativo, o lucro por cada sera menor, mais sera mais vendido, tendo noção, que vendendo mais, o lucro fica mais alto que o com preço altissimo. Deu pra entender? kk

  • Pois é.

    Sou usuário de iPhone e gosto bastante do site, mas acho muito ruim o fato de vocês praticamente deixarem o iOS de lado e citarem Android em 99% dos casos.

    Como por exemplo, a lista de “melhores jogos para Android da semana”, entre outras matérias que lançam toda semana, eu sinto falta disso também no iOS, mas infelizmente vocês praticamente o ignoram, sendo que ele é um sistema que está a altura do Android.