Hideo Kojima: “Jovens preferem jogos sociais e games de celular”

6 de março de 2014 . Atualizado 06/03/2014

hideo_kojima_1-600x300 Hideo Kojima: "Jovens preferem jogos sociais e games de celular"

Em uma entrevista ao site gamesTM, Hideo Kojima, criador da franquia Metal Gear, expressou sua preocupação com a perda de foco do público pelos jogos AAA.

“Os jovens estão perdendo o interesse nos jogos de alta qualidade e estão mais interessados nos jogos sociais e para os dispositivos móveis, principalmente no Japão. Eu quero demonstrar às pessoas que os jogos de alta qualidade japoneses ainda valem `à pena serem jogados e que os grandes jogos japoneses ainda têm futuro.”

Como era de se esperar, Kojima enfatizou a qualidade dos seus novos jogos da série Metal Gear: Metal Gear V: Ground Zeroes e Metal Gear V: The Phantom Pain. Quanto a decisão de dividir Metal Gear V em duas partes, Kojima revelou que não foi uma decisão muito estratégica. Na entrevista, ele afirma que “The Phantom Pain” será 200 vezes maior que “Ground Zeroes”, obviamente se referindo a polêmica de Ground Zeroes ter uma campanha curta.

Voltando aos jogos mobile, Kojima não está errado. Essa percepção de que o mercado mobile vem tirando o tempo do jogador é algo que acionistas e qualquer um envolvido em desenvolvimento de jogos já percebeu. Por estar sempre com o usuário, os smartphones tem uma vantagem natural frente os consoles.

Demorou para os “gigantes” da indústria acordarem para tal fato. Basta lembrar que empresas minúsculas como Rovio e Supercell tem receitas maiores do que Konami e Capcom, e isso é só uma exemplo. Uma coisa é certa, está cada vez mais difícil manter o consumidor interessado em um título por muito tempo e nesse aspecto, jogos de celular tem tido um êxito incrível, avaliando-se o tempo de desenvolvimento e orçamento de produção.

Curiosamente, a Konami foi uma das primeiras empresas a apostar em jogos mobile para smartphones como iPhone no Japão. Porém, a qualidade dos jogos foi tão desastrosa que ports desses jogos para Android sequer foram cogitados.

Fonte: Eurogamer

Publicidade

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.