Jovens de 14 a 18 anos pagam até R$200 por celular

6 de Fevereiro de 2010 . Atualizado 06/02/2010

O celular está no topo da lista dos produtos que mais atraem os jovens. Cada vez mais cedo eles desejam o aparelho. Mas pesquisa revelou que eles não gastam muito para obter um. De acordo com levantamento da Kantar Worldpanel (ex-LatinPanel), 58% dos jovens com idade entre 14 e 18 anos pagam até R$ 200 na compra de um celular.

Ainda segundo o estudo, existem aqueles que desembolsam menos ainda, pois 32% desse segmento da população adquire o aparelho de segunda mão. O levantamento também revelou que 57% desses adolescentes trocam de aparelho a cada 14 meses.

“O jovem gosta de tecnologia e novidade”, afirma a diretora de comercial da Kantar, Christine Pereira. “O celular é um prato cheio para isso”. Segundo os dados, 88% dos jovens com idade entre 14 e 18 anos têm celular.

Celular: um prato cheio

Os adolescentes sabem aproveitar bem os serviços que os aparelhos oferecem. De acordo com o estudo, 80% dos jovens utilizam o SMS, contra 73% dos demais usuários.

Além disso, o envio de fotos por meio do aparelho é feito por 24% dos adolescentes, contra 18% das pessoas de outras idades. Download de jogos também é comum entre eles: 25% fazem, ante 17% dos demais consumidores.

Tecnologia

Mas não é só de celular que os jovens gostam. O aparelho apenas reflete o gosto e interesse por tecnologia desse segmento da população. Para se ter uma ideia do tamanho desse interesse, a pesquisa constatou que, nos lares onde há adolescentes, em 31% há internet banda larga, contra 22% dos demais lares.

Além disso, o computador está em 32% dos domicílios com adolescentes, ante 22% das demais famílias. Considerando a internet de modo geral, 26% das famílias com jovens possui acesso à rede, contra 19% das famílias sem adolescentes.

A presença de TV por assinatura também é reflexo desse gosto dos adolescentes. Em 16% dos lares onde há jovens existe a TV à cabo, contra 14% dos demais lares. (Infomoney)

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.