Análise dos jogos indicados ao IGF 2014 disponíveis para iOS e Android

18 de Janeiro de 2014 . Atualizado 02/03/2014

jogos-indie-para-android-ios-igf-2014 Análise dos jogos indicados ao IGF 2014 disponíveis para iOS e Android

Dos finalistas e menções honrosas da décima sexta edição do Indepentent Games Festival, nove jogos já estão disponíveis para iOS (iPhone, iPod Touch e iPad) e Android. Portanto resolvi me voluntariar a levar uma bala pelo pelotão, comprando e testando todos eles para os leitores do blog. Será que eles são bons mesmo? Será que valem a pena? Será que são o tipo de jogo que você curte? Vamos a essas respostas!

Dominique Pamplemousse in “It’s All Over Once the Fat Lady Sings!” (iOS)

dominique Análise dos jogos indicados ao IGF 2014 disponíveis para iOS e Android

A melhor palavra para sintetizar esse jogo é “esquisito”. Basta ver o título e a opção da desenvolvedora por gráficos inspirados no preto e branco do cinema mudo e no stop motion. Uma atitude corajosa, já que com certeza afastou as pessoas que acham os gráficos a coisa mais importante num jogo (e eles não são poucos).

Como não tenho esse tipo de preconceito, entendi e curti a proposta que me deu a sensação de ser algo como uma mistura de expressionismo alemão com Backyardigans. Essa sensação é reforçada pelo lado peça musical e pelas dublagens divertidas e caricatas. O roteiro é simples, mas interessante com uma história que surpreende ao surpreender e um bom trabalho de desenvolvimento de personagens.

Só que, se o resultado funciona bem como uma espécie de animação experimental interativa, como game ele derrapa por ser fácil e curto, podendo ser concluído em uma hora. Isso somado ao fato dele custar $5 pode desanimar a muitos, no entanto vale lembrar que todo o jogo foi feito por uma garota sozinha que fez até mesmo os cenários com papelão e massa de modelar, um trabalho que merece ser valorizado. Eu particularmente gostei bastante e recomendo a quem curte point & click e propostas experimentais, mas não consigo deixar de achar as quatro nomeações (excelência em áudio, narrativa, inovação e prêmio principal) um exagero.

 

Link para Download:Dominique Pamplemousse in “It’s All Over Once the Fat Lady Sings!” [iOS (iPad) – $4,99]

 

 

Monster Loves You (Android e iOS)

monster Análise dos jogos indicados ao IGF 2014 disponíveis para iOS e Android

A proposta desse jogo consiste em criar um monstro ao longo de todas as fases de sua vida e, através de suas escolhas, definir seu desfecho. Assim eu o baixei imaginando que se tratava de algo como esses jogos de criar dragões que estão surgindo aos montes, mas o que encontrei foi uma text adventure. Como não tenho problemas com esse gênero, pelo contrário, até gosto, permaneci interessado. Criei alguns monstros, desbloqueei alguns finais diferentes e foi aí que percebi o defeito que para mim acabou com o jogo: a repetibilidade.

Um jogo baseado em escolhas precisa levar o jogador por caminhos diferentes. Star Wars Knights of the Old Republic, por exemplo, permite seguir direções completamente distintas, chegando a poder acabar sendo o herói ou o vilão da história. Já aqui, isso não acontece, e mesmo opções opostas levam a praticamente os mesmos resultados, mudando apenas os finais.

Apesar da ideia ter sido boa, a execução não foi, e Monster Loves You acaba extremamente dependente de uma rejogabilidade que não tem, portanto não o recomendo. Para mim a menção honrosa em excelência em narrativa que recebeu foi desmerecida. Pode ser que a narrativa seja realmente boa quando se conhece todos os finais e se tem uma visão dela como um todo, mas de que isso adianta se o jogo falha ao fazer o jogador explorá-la e conhecê-la?

Link para Download: Monster Loves You [iOS (universal) – $2,99]

Link para Download: Monster Loves You [Android – Aproximadamente $7,00]

 

 

Detective Grimoire (Android e iOS)

detective Análise dos jogos indicados ao IGF 2014 disponíveis para iOS e Android

Detective Grimoire é uma aventura point & click com uma trama investigativa e visual de animação que não decepciona em nenhum desses pontos, mas que também não se destaca. Seu lado point & click é bem brando, o que é comum em jogos que dão mais ênfase na história para não atrapalhar seu desenvolvimento, mas senti falta de obstáculos que desafiassem meu raciocínio e meu poder de dedução. Como trama investigativa o game funciona, porém o roteiro peca por optar pela segurança, abrindo mão de enigmas e surpresas que histórias do gênero precisam ter para causar impacto no leitor, aqui no caso no jogador. Mesmo no lado animação jogo poderia ser melhor, afinal os personagens e as cutscenes são bem bacanas, porém são escassas.



Publicidade

Não se trata de um jogo é ruim e sim de algo abaixo de outros jogos de investigação disponíveis para mobiles como Ace Attorney: Phoenix Wright Trilogy HD e Layton Brothers: Mystery Room. Eu o recomendo para quem, assim como eu, é fã de point & click e detetives, mas os demais jogadores acredito que não achariam muito interessante. Detective Grimoire recebeu menção honrosa em excelência narrativa, mas não é para tanto.

Link para Download: Detective Grimoire [iOS (universal) – $3,99]

Link para Download: Detective Grimoire [Android – Aproximadamente $9,00]

 

 

868-HACK (iOS)

868hack Análise dos jogos indicados ao IGF 2014 disponíveis para iOS e Android

Michael Brough é um desenvolvedor cujos trabalhos parecem ter como lema “Criatividade é tudo, gráfico é nada” e 868-HACK o segue à risca com um visual minimalista e retrô esquisito. Eu estava cético quanto a ele mesmo diante das excelentes reviews que li, mas conforme fui jogando, as regras e propostas do game foram se clareando para mim . E ainda se clareiam um pouquinho mais a cada vez que jogo. O conceito não é fácil de explicar e não é muito empolgante quando lido, mas vamos lá. Você controla a carinha sorridente por cenários quadriculados aleatoriamente gerados e precisa pegar umas moedas que também são carinhas sorridentes. Com essas moedas você pode obter informação (pontos) e power ups, mas também chamam os inimigos, então é preciso ter cuidado. O uso dessas moedas também servem para obter energia/dinheiro que cada quadrado possui, pois eles servem como combustível para o uso dos power ups.

868-HACK é o chamado jogo cebola, aquele em que você vai jogando e descobrindo novas camadas. Chegando ao fim de uma partida, você desbloqueia um novo power up e acha que é só isso, mas ao iniciar um novo jogo, você mantém sua pontuação. Assim a busca pelos highscores torna o jogo mais emocionante e faz com que os movimentos exijam cada vez mais cuidado.

Afinal, um erro pode significar a morte e sua pontuação espetacular por ir por água abaixo. Qual é o mais longe que você pode chegar? E certamente ainda há mais camadas para eu descobrir nessa saborosa cebola eletrônica. Fica a recomendação a quem curte estratégia, jogabilidade em turnos, roguelike, minimalismo e ideias únicas. Seu preço pode ser considerado salgado e desanimar a muita gente, mas não me arrependo de ter pago. O game foi indicado na categoria excelência em design, mas eu acho que a categoria inovação combinaria mais. Já a menção honrosa em prêmio principal foi merecida.

Link para Download: 868-HACK [iOS (universal) – $5,99]

 

 

Corrypt (iOS)

corrypt Análise dos jogos indicados ao IGF 2014 disponíveis para iOS e Android
Esse jogo está no pódio das surpresas que esse mergulho no mundo dos games indies me trouxe. A princípio parece se tratar de um mero clone de Sokoban tendo como diferencial apenas a possibilidade de puxar as caixas em vez de só empurrar e poder também empurrar mais de uma caixa juntas. Se fosse apenas isso, já seria bastante legal, mas a criatividade do desenvolvedor acrescentou novos elementos o levou o velho Sokoban a algo que eu nunca imaginei. Não vou falar sobre esses tais elementos para não estragar surpresas, mas eles abrem as portas para tantas possibilidades que tornam o jogo em si um grande puzzle.


Sendo ele uma obra do Michael Brough, não é surpresa que os gráficos estejam longe de ser prioridade. Se em 868-HACK eles de certa forma são estilosos, aqui são quase sofríveis, no entanto isso é irrelevante diante do êxito genial alcançado em seu conteúdo. Quem curte puzzles desafiadores e tem a cabeça aberta para propostas incomuns precisa dar a esse jogo uma chance, mas aviso que ele exige também doses extras de paciência e perseverança. Corrypt está concorrendo na categoria inovação merecidamente e merecia até pelo menos uma menção honrosa no prêmio principal.

Link para Download: Corrypt [iOS (universal) – $1,99]
Fique ligado aqui no blog para conferir a segunda parte do post com as avaliações dos dois jogos que mais gostei e os dois que menos gostei.

Publicidade

Quer colaborar? Envie sua dica para o e-mail: dicas[arroba]mobilegamer.com.br.
Não se preocupe, não precisa ser um expert,basta ser apaixonado pelo assunto. Que assunto? Nossos amados jogos para celular.