OUYA, videogame com Android, terá versão anual

7 de fevereiro de 2013 . Atualizado 06/04/2013

O OUYA, console de videogame com sistema Android deve chegar em breve as lojas dos Estados Unidos, para os gamers que apoiaram o projeto desde sua idealização e arrecadação no site de doações Kickstarter e realizando a pré-compra do console, terão a oportunidade de colocar as mãos nele em Março, já quem realizou a pré-compra durante o período aberto, onde o console já avia virado realidade, terá acesso ao mesmo em Abril, e as grandes lojas dos EUA como Best Buy, Target,  Amazon e GameStop colocarão o console a venda em suas prateleiras a partir do mês de Junho.

Acontece que a CEO da marca, Julie Uhrman, afirmou que o console terá versões anuais, ou seja, todo ano será lançado uma nova versão do OUYA, com mudanças de hardware significativas, conforme disse:

“Haverá um OUYA novo a cada ano.  Veremos um OUYA 2 e um OUYA 3, claro.”

Ainda disse que não precisam se preocupar com os jogos que possui em outras versões do console, pois eles estarão anexados a sua conta do OUYA, sendo assim, você poderá baixa-los novamente em seu novo console.

OUYA-Versão-final-do-console OUYA, videogame com Android,  terá versão anual

Versão final do Console teve sua cor alterada e joystick foi aperfeiçoado seguindo sugestões dos desenvolvedores

Por se tratar de um console que utiliza um Hardware de celular, o OUYA assim como os celulares, acabam se tornando obsoletos ou inferiores aos mais recentes lançamentos do mercado, como por exemplo, essa primeira versão do OUYA virá equipada com um processador NVidia Tegra 3 Quad-Core rodando a 1.6Ghz, 1 GB de RAM e 8 GB de Armazenamento; e mesmo que para os padrões de hoje, essas configurações sejam consideradas “ótimas” para um smartphone/tablet, daqui a um ano já não poderemos dizer o mesmo, por isso, a cada ano, o OUYA receberá uma nova versão com um novo Hardware, para que possa acompanhar o mercado sem que se torne obsoleto em pouco tempo.

Apesar da informação pode gerar algumas controvérsias e descaso de alguns gamers, a ideia é no mínimo curiosa, uma vez que o console custa US$ 99 e quem sabe, ao invés de comprar outro console, os desenvolvedores não disponibilizem  para compra somente o hardware da nova versão, mas isso só vamos saber quando a nova versão do console for lançada.

O OUYA já está disponível para os desenvolvedores desde Dezembro de 2012, até o momento atual, mais de 200 jogos já estão em desenvolvimento para o console, alguns sendo desenvolvidos por usuários comuns. Além de que, diversos jogos já disponíveis para Android estão em processo de adaptação para o OUYA, tais como Shadowgun, Samurai II, Minecraft, entre outros.

Confira as especificações de Hardware do OUYA:

  • Processador NVidia Tegra 3 – Quad-Core rodando à 1.6 GHz
  • 1GB de Memória RAM
  • 8GB de Memória de Armazenamento; expansível utilizando a porta USB 2.0
  • Reproduz em até 1080p (1920×1080 pixels – Resolução FullHD) via cabo HDMI
  • Suporte a Som Surround com 5.1 canais de som
  • WiFi 802.11 b/g/n
  • Porta Ethernet (para cabos RJ45)
  • Bluetooth 4.0
  • Entrada Micro USB para conexão com o PC
  • Joystick Bluetooth similar ao do Xbox 360, com direcionais, botões de ação, gatilhos, manches analógicos, botão do sistema e touchpad frontal.

Via Techtudo.

Publicidade

Quer colaborar? Envie sua dica para o e-mail: dicas[arroba]mobilegamer.com.br. Não se preocupe, não precisa ser um expert,basta ser apaixonado pelo assunto. Que assunto? Nossos amados jogos para celular.

  • lesomora

    Viu disse isso,

    quando rolou essa historia de OUYA por aqui

    só colocaram mais 6 meses dentro do prazo de vida dele

    claro que por 100 doletas pra ter um console razoavelmente bom é até bacana “aquela historia de ver como console esquece não iria acontecer de qualquer forma”

    problema é países como brasil com altas taxas tributarias como isso vai chegar 200, 300 e pra mim a versão com controle no máximo 350 reais, vc tendo uma media de 1 ano e meio pra trocar de console pq já estará rodando jogos adaptados com redução gráfica………. inviável manter um desse em casa “é realmente se vc não tiver um smartphone” Possivelmente ainda mais com Quad esse ano se tornando um pouco mais comum e as melhorias em cima dos Qualcomm e A9 e logo futuros A15 chegando ao mercado……….mais fácil comprar um Smartphone vc terá a mobilidade e se quiser ligar na TV só por o cabo HDMI e instalar o app sixaxis controller e jogar com o controle de PS3 Resolvido meu problema

    faço isso com meu HTC ooooooooooooo/

    • Dario Coutinho

      Bom, para quem já tem um smartphone potente (e com Android, ainda por cima) fica meio redundante. É como ter um PS Vita e adquirir a versão “console” dele. Mas para quem não tem smartphone, o Ouya, que tem um dos melhores processadores (Tegra 3) do mercado móvel atualmente e uma boa quantidade de RAM; e custando 99 dólares, é uma opção pra lá de tentadora.

      Quanto ao Upgrade, essa atualização anual faz parte da transparência com o qual o modelo de negócios do Ouya está sendo feito. Afinal, ele é “um smartphone/tablet sem tela”, e smartphones mais potentes saem a cada mês (Literalmente temos o anúncio de um novo todo mês). Quanto a fragmentação, é desnecessário falar disso quando se tem celulares de 2010 rodando jogos de 2013.

      Sempre achei que o lugar do Ouya seria em países emergentes e com entusiastas da tecnologia, assim como o RaspBerry PI. Ele foi pensado como um experimento por um empresa iniciante e não visando “dominar o mundo”.

      Contudo, fico pasmo por ver a Tectoy assistir a tudo isso e não sentir um pingo de remorso. O Ouya é praticamente tudo que o Zeebo deveria ter cido. (Pra quem não lembra, o Zeebo tinha processador de smartphone também e a ideia da Zeebo Inc – não confundir com Tectoy – era converter sucessos de jogos para celular).

      Se a Tectoy traz isso pro Brasil e lança por R$ 499 ou até 599, ainda iria ter gente querendo comprar. Bastava lançar com jogos no pacote como Sonic CD ou Sonic 4. Com a geração atual permanecendo na faixa de mil reais e a nova que vai chegar por volta de 2mil ou mais, o Ouya se sobressairia como “o presente” para os pais darem aos seus filhos de 5 a 14 anos.

      • lesomora

        Sim dario,

        de qualquer forma a visão relacionado ao OUYA era a que eu tinha e realmente se confirmou com essa noticia,

        mas é aquilo temos o exemplo do Xplay que “tinha essa temática de console e era vendido como msm” a questão é quando chega aqui e por quanto

        eu até prefiro ele do que um smartphone “msm já tendo 1” mas aquela coisa dependendo do preço e vc realmente sabendo que se vc pegar um Smartphone como GS3 e logo mais como o GS4 vc pode ter certeza que pelo menos por 2 anos isso vai rodar suave os jogos

        mas é complicado vai depender do preço que o OUYA chegar aqui se eu pego 1 ou não oo/

        possivelmente teremos customização logo logo

        mas como disse antes lá atras a visão não será de um console oo/

        espero que tenha jogos exclusivos oo/

        • Dario Coutinho

          O caso do Xperia Play é outro. Não sei se devido ao ano em que foi lançado (muitas mudanças..etc) ou a própria indecisão da Sony, mas apesar dele ser um excelente aparelho e receber um excelente suporte, a Sony ficou muito “em cima do muro” sem saber o que fazer direito com ele e com a “Playstation Mobile“.

          Ao invés de querer fazer “cash” e deixar ele com jogos “exclusivos”, a Sony deveria ter lançado ele com um preço mais em conta e ter deixado a questão dos jogos Android correr mais solta. Com apenas um “patch” para facilitar a adaptação dos controles, como acontece agora.

          Espero que quando ela for lançar o Xperia Play 2, ela não invente de querer fazer um “iPhone Killer” ou um “Samsung Galaxy S3 Killer”, porque não vai colar.

  • Prevejo Hackers jogando o Soft do Ouya para os Smartphones.
    Qual seria a lógica de ter um Ouya daih?? KK pode printar que eu vou Mitar!

    • Dario Coutinho

      Como dito acima, pra quem tem smartphone top não faz sentido. Só pra “brincar” (leia: fazer gambiarra) mesmo.

  • Nicolas

    Se o luan estiver certo, espero que portem o minecraft do OUYA para meu tablet *-*, o minecraft pocket edition é horrivel, a mohjang leva 6 meses pra fazer um update super fraco, por isso jogo survivalcraft, mas vc ter que se proteger de animais ao inves do creeper, zumbi e skeleton nao é a mesma coisa, meu galaxy tab é dual core, 1,4 ghz, 1 gb ram, mali gpu 400
    Se tem galaxy 5 rodando jogoa novos, um galaxy tab rodaria de boa esses games do OUYA