Apple contra-ataca e processa Nokia por quebra de patentes

12 de dezembro de 2009 . Atualizado 12/12/2009

Nova York, 11 dez (EFE).- A Apple contra-atacou nesta sexta-feira a Nokia e entrou com um processo contra a empresa finlandesa no qual a acusa de ter violado 13 de suas patentes na fabricação de smartphones, setor no qual as duas companhias são fortes concorrentes.

“As companhias devem competir conosco inventando suas próprias tecnologias, não roubando de nós”, afirmou nesta sexta-feira o vice-presidente da Apple e seu principal responsável legal, Bruce Sewell, em um breve comunicado divulgado nesta sexta-feira pela empresa.

Apesar da acusação contra a Nokia, a Apple não diz quais seriam as patentes violadas.

Em outubro, a Nokia entrou com um processo em um tribunal americano contra a Apple ao entender que o iPhone quebra várias de seus patentes relativas a tecnologias de telefonia celular de segunda e terceira geração (GSM e UMTS), assim como padrões de redes sem fios WLAN.

Segundo a Nokia, estes patentes, que afetam a transmissão sem fio de dados, a codificação de voz e a segurança das transmissões, foram utilizadas de forma ilegal pela Apple em todos os modelos de iPhone desde a saída ao mercado de seu primeiro telefone de tela touch screen em 2007.

Durante as últimas duas décadas, a companhia finlandesa investiu cerca de 40 bilhões de euro (US$ 58 bilhões) em pesquisa e desenvolvimento, alcançando uma das carteiras de patentes mais amplas no setor das telecomunicações.

Por enquanto, a Nokia tem acordos para a utilização de suas tecnologias patenteadas com mais de 40 companhias, incluindo a maior parte dos principais fabricantes de telefones celulares.

fonte: google notícias

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.