Angry Birds Classics será removido da Google Play por “baixa performance”

Angry Birds Classics, o Angry Birds original será removido da Google Play devido a sua baixa performance em vendas. O jogo, que é pago, fazia parte do catálogo da Rovio focado em jogos clássicos.

Custando apenas R$ 5,99, Angry Birds Original não sobreviveu ao teste da nostalgia.

O game chegou novamente aos celulares pelo selo “Rovio Classics”, que prometia trazer vários games da Rovio para as versões mais recentes do Android e iOS.

Publicidade

Na mensagem de remoção do jogo da Google Play, a Rovio chegou a dizer que o título foi tão mal na performance de venda no Android que chegou a impactar negativamente todo o catálogo da empresa.

Veja a nota:

“Nos tivemos que revisar o caso de negócios de Rovio Classics: Angry Birds, e devido ao impacto do game em nosso portfólio mais amplo, decidimos que ele vai ser deslistado da Google Play Store na quinta-feira, dia 23 de fevereiro. O game vai ser renomeado como Red’s First Flight na App Store, pendente uma análise adicional”.

“Entendemos que esta é uma notícia triste para muitos fãs, bem como para a equipe que trabalhou duro para tornar Rovio Classics: Angry Birds uma realidade. Somos extremamente gratos aos fãs de Angry Birds que demonstraram seu amor pela marca e por este jogo desde o início. Esperamos que esses fãs possam continuar a trazer essa paixão para nossos jogos de estilingue Angry Birds ao vivo, como Angry Birds 2, Angry Birds Friends e Angry Birds Journey, onde nosso objetivo todos os dias é criar a melhor experiência possível para os jogadores.”

 

Compre logo antes que ele saía do catálogo

Rovio Classics: Angry Birds, nada mais é do que a primeira versão do jogo que foi lançada para iOS, Android e outros sistemas. Esse “remake” contém a mesma quantidade de fases de quando o título foi lançado.

Para quem já comprou, o game irá permanecer na biblioteca mesmo após a remoção da Google Play.

LINK NA GOOGLE PLAY

 

Lojas de aplicativos são predatórias com jogos pagos!

Aqui eu deixo um atestado de que nós, gamers de celular, somos minoria. Nós que compramos jogos pagos e offline, ou assinamos serviços, desejamos sempre os melhores games, somos uma parte infinitesimal do mercado de games. Somos menos de 1%!

A verdade cruel, e que essa notícia mostra, é que a grande maioria dos jogadores de celular não quer jogo pago. Não querem nem mesmo um jogo bom, só quer um game casual pra passar o tempo com alguma jogabilidade que seja viciante e tenha um “gatilho mental” para fazer a pessoa ver anúncio e continuar jogando.

Nada contra quem curte jogos assim. O problema é que a Google e App Store, estruturam suas lojas de aplicativos de modo a mostrar mais e mais jogos desse tipo na página inicial de suas lojas.

Assim, o grande público fica acostumado a ver sempre jogos free to play e freemium. Já ouvi até pessoas estranharem o fato de “ter que pagar por um jogo”.

Mesmo que um game grátis  apresente toneladas de anúncios, parece que as pessoas já estão tão acostumadas a esse modelo de distribuição, que acham que é a única forma que um “jogo mobile” pode ser.

Triste!

  • Dario Coutinho

    O "Gamer de Celular" Original. Criou um dos primeiros sites sobre jogos para celular em 2007, que viria a se tornar o Mobile Gamer Brasil em 2009. Formado em Ciência da Computação, escreve sobre tecnologia há mais de 16 anos. Com passagem por revistas de games (EGW, Arkade) e sites renomados como Techtudo. E-mail para contato: [email protected]

Google News