Square Enix abre novo estúdio de jogos mobile em Londres

A gigante dos videogames, Square Enix, abriu um novo estúdio de desenvolvimento de jogos para dispositivos móveis, segundo o site estrangeiro GamesIndustry. O estúdio já conta com dois projetos de peso em andamento além de contar com rostos familiares da Square.

tomb-raider-reloaded Square Enix abre novo estúdio de jogos mobile em Londres

A nova filial contará com a liderança de Ed Perkins, diretor de publicação mobile da Square Enix, o que pode preocupar alguns por conta de como os jogos da Square Enix são lançados em dispositivos móveis, mas falaremos disso mais à frente.

Já os jogos que estão sendo produzidos neste exato momento também foram divulgados pelo site. O primeiro deles é Tomb Raider Reloaded, anunciado no final do ano passado, o jogo consiste em uma aventura arcade de ação e quebra-cabeças top-down, com alguns elementos de estratégia, e está sendo desenvolvido pela Emerald City e publicado pela filial da Square em Londres.

Confira um gameplay do jogo:

 

Tomb Raider Reloaded é um jogo gratuito e está previsto para lançamento em 2022. Outro jogo ainda sem nome oficial em desenvolvimento confirmado é um projeto sobre Avatar: O Último Mestre do Ar da Nickelodeon, e está sendo trabalhado em parceria da Navigator Games, do Canadá.

A Navigator publicou novas vagas em seu site para trazer Avatar ao mundo mobile, uma delas para designer de jogos para celular que revela algumas coisas importantes sobre o projeto.

Um dos requisitos para os candidatos à vaga é “Compreensão excepcional de jogos F2P, incluindo economias, progressão do jogador e eventos ao vivo”, outro que vale muito a pena destacar é “Profundo conhecimento do gênero RPG mobile.”

Com isso temos indícios que esse projeto se trata de um RPG free-to-play, talvez online, mas sem informações mais relevantes sobre qualquer nome oficial ou datas.

Com as novas mudanças, é possível vermos ainda mais jogos da Square Enix para dispositivos móveis no próximo ano, até porque não faria sentido fazer esse investimento sem uma boa quantidade de projetos para sustentá-lo. Entretanto, a empresa tem um pouco de conflito com alguns jogadores, por alguns problemas que aconteceram recentemente.

Uma matéria do site Android Police publicada em setembro deste ano, criticou a chegada da coletânea dos jogos SaGa Final Fantasy Legends com um preço bem salgado, sem suportes a elementos importantes e a falta de recursos no jogo. O jornalista e redator da matéria, Matthew Sholtz, foi bem duro nas críticas, confira um trecho:

“A Square Enix não tem problemas para cobrar preços altos, mas a falta de recursos essenciais como suporte de controlador e economia de nuvem é indesculpável, além disso, a Square é notória pela falta de suporte em dispositivos móveis, realmente questionando se

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *