Stadia: saiba tudo sobre a plataforma de games da Google

 

Google acaba de anunciar a Stadia, sua plataforma de games via straming. O anúncio foi feito nesta terça-feira(19) durante a conferência de desenvolvedores, a GDC 2019, que acontece em San Francisco, EUA.

Google larga na frente e anuncia uma poderosa plataforma da games, Stadia. O novo serviço promete poder de processamento duas vezes maior que um Playstation 4 Pro e Xbox One X e será oferecido aos clientes via streaming, permitindo jogos em 4K a 60fps.

– Como será a plataforma Stadia?

A Stadia funciona em duas frentes. Uma será os servidores que irão rodar os games. A outra parte será o cliente, que é efetivamente quem jogará os games.

O tal “cliente” pode ser uma caixinha, o console da Stadia propriamente dito, um celular, tablet, PC, Notebook ou até mesmo uma Smart TV.

Stadia-controle-google-1024x604 Stadia: saiba tudo sobre a plataforma de games da Google

Todo o Processamento acontecerá nos servidores da Google, os mais poderosos existentes na atualidade. Como resultado, a Google promete 10.7 TeraFlops por usuário. Enquanto o PS4 Pro possui 4.2 TeraFlops e o Xbox One X oferece 6.0 TeraFlops.

stadia-poder-fogo Stadia: saiba tudo sobre a plataforma de games da Google
Poder oferecido ao Stadia será por usuário.

O Google esteve em parceria com a AMD para criar uma GPU personalizada para seus datacenters. É um chip que o Google afirma fornecerá 10.7 teraflops de potência. Cada instância do Stadia, será uma por usuário, será equipada com um processador x86 de 2.7GHz com 16 GB de RAM.

Sim! a Stadia estará disponível para Android e iOS.

O Google demonstrou uma jogabilidade sem interrupções de um celular para um tablet e depois para uma TV, todos usando dispositivos Google.

Embora os controladores USB existentes funcionem em um laptop ou PC, o Google também está lançando o controle do Stadia que irá alimentar o serviço de streaming de jogos. Parece um cruzamento entre um controle Xbox e PS4.

Esse novo controle estará conectado diretamente ao serviço via Wi-Fi, diminuindo a latência de, por exemplo,  enviar um sinal de comando primeiro para o celular e depois para o servidor, onde o jogo está rodando.

Um dos destaques é a facilidade de compartilhar clipes diretamente para o Youtube através de um botão dedicado. Para potencializar todo esse fluxo na nuvem, o Google está alavancando sua infraestrutura global de data centers para garantir que os servidores fiquem o mais próximo possível de jogadores em todo o mundo.

Essa é uma parte fundamental do Stadia, pois a baixa latência é uma necessidade para transmitir jogos de maneira eficiente pela Internet. O Stadia suportará até 4K a 60 qps no lançamento. A Google planeja oferecer suporte a resoluções de até 8K e 120 fps no futuro.

– Games do Stadia

Em teoria, o Stadia pode executar qualquer jogo com suporte a Unreal Engine e Vulkan. Mas a Google deixou claro que o Stadia irá rodar sobre máquinas Linux. Então alguns jogos poderão ficar de fora.

Os primeiros jogos anunciados para o Stadia foram Doom e Doom Eternal. Ambos rodarão a  4K com HDR e a 60FPS.

stadia-doom-1024x576 Stadia: saiba tudo sobre a plataforma de games da Google

– Veja a conferência completa de anúncio do Stadia

– Lançamento?

O Stadia será lançado ainda em 2019 e estará disponível primeiro nos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra e Europa.

 

[Em desenvolvimento]

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *