Dream League Soccer 2016: a simplicidade que destronou FIFA 16

Análise sobre o fenômeno Dream League Soccer. Uma franquia com foco diferente do FIFA da EA, mas que marca um golaço no quesito futebol.

dream-league-soccer-android-ios-1 Dream League Soccer 2016: a simplicidade que destronou FIFA 16

A First Touch lançou Dream League Soccer 2016, um game de futebol que vai na contramão da concorrência. Ao apostar na leveza e gráficos mais modestos, o simpático jogo para Android e iOS, conquistou os jogadores por manter princípios, e modos, que FIFA perdeu ao longo do tempo. Confira por que esse jogo é um fenômeno de downloads no Brasil.

– Satisfazendo a audiência

Dream League Soccer já era um fenômeno antes mesmo de chegar na edição 2016. Anteriormente, a First Touch já havia alcançado o coração dos amantes de jogos de futebol com First Touch Soccer (FTS), o primeiro jogo de futebol da empresa. Dream League, nada mais é, que uma versão que adiciona a fórmula de administração de clubes.

First-Touch-Soccer-2015 Dream League Soccer 2016: a simplicidade que destronou FIFA 16
FTS 2015 já era uma prévia de como seria DLS 2016.

Era o casamento perfeito. A ação de partidas online e administração de clubes. FTS e Dream League reinaram soberanos em dispositivos que não conseguiam rodar FIFA 14 e 15. Afinal, nem todo mundo de um a dois gigas de espaço, apenas para baixar e atualizar um game que DLS podia substituir. Porém, algo aconteceu. Com o lançamento de FIFA 16, a EA deixou uma grande parcela da audiência presa no FIFA 15, e pior, com um jogo limitadíssimo nas mãos.

Para colocar em termos práticos, FIFA 15 e 16, é como jogar um FPS com apenas um único online, por exemplo, “Capture the Flap”. Divertido? Sim, mas muito limitado.

dream-league-soccer-2016-android-ios-2 Dream League Soccer 2016: a simplicidade que destronou FIFA 16
Modo Multiplayer local!!!!!

É nesse cenário que DLS 2016 chegou em Abril. O game de futebol, lançado primeiro no iOS e depois no Android, surpreende por trazer algo a muito esquecido nas edições 2012 de FIFA e PES, modos multiplayer online e local. Desde os primórdios da criação de games de futebol, não ter o recurso de partidas versus é uma afronta. É como fazer jogo de Ping Pong singleplayer. A sensação de que está faltando é óbvia.

– Gráficos simples e controle satisfatório

Quando o assunto é gráficos, Dream League Soccer 2016 é bonito, mas não chega perto de FIFA 15 e muitos menos de FIFA 16. A modelagem dos jogadores é rasa, e muitos não se parecerem que os atletas que deviam representar. A movimentação e animações também são limitadas, será difícil ver movimentos variados e até quase acrobacias como em FIFA 16.

dream-league-soccer-2016-android-ios-3 Dream League Soccer 2016: a simplicidade que destronou FIFA 16
Gráficos não são o ponto forte de Dream League Soccer 2016.

Já os controles são simples e satisfatórios, pois são os mesmos desde o primeiro FTS. Do lado esquerdo da tela está um analógico virtual e do lado direito três botês: A, B e C.

O botão B é usado para chute baixo e passe, ele também serve para roubada de bola. Já o botão A, é para chutar a bola um pouco mais alto. Sem a redonda, ele é usado para aplicar o famoso “carrinho”. O botão C é utilizado para lançamentos e cruzamentos. Sem a bola, o C serve para mudar de jogador. Com esse simples esquema de comandos, o game deixa o resto a cargo dos jogadores e da evolução de times.

DLS 2016 conta com dois modos singleplayer, um com eventos semanais e outro que se assemelha a uma campanha, onde o jogador passará por diversas ligas. Os modos multiplayer são dois, um online e outro que utiliza o WiFi local.

– Monte seu time

Em Dream League Soccer 2016, o jogador começa com um time básico. Ao vencer partidas, tanto no modo solo como no multiplayer online, é possível ganhar moedas douradas que podem ser utilizadas para comprar novos jogadores. Aqui, o diferencial, é que você compra e vende jogadores diretamente. Não há sistema de pacotes onde o jogo pode rolar os dados e deixar a diversão ainda mais lenta.

O sistema de compra e venda de jogadores é bastante simples. Porém, adquirir novos jogadores exigirá muitas partidas, o que faz com que seja preciso escavar a opção atrás de trocas interessantes.

dream-league-soccer-2016-android-ios-4 Dream League Soccer 2016: a simplicidade que destronou FIFA 16
DLS 2016: Jogadores podem ser melhorados em vários aspectos.

Caso o seu time esteja cheio de jogadores ruins, há a possibilidade de treiná-los na opção “Meu Clube” e em seguida “Desenvolvimento do jogador”. O modo Meu Clube ainda revela os “Objetivos” que funcionam como missões, que possibilitam ganhar mais moedas douradas. Além disso, a opção apresenta Estatísticas e um esquema para construir o seu estádio, permitindo mais espectadores, e consequentemente, maior renda.

Do ponto de vista tático, o jogo é um pouco limitado. Há apenas opções tipo 4-4-2, 5-4-1 e por aí vai. Cada opção de esquema tático, possui modos defensivos, neutro e ofensivos, e o jogador pode fazer alterações no seu time a qualquer momento, mesmo em uma partida online.

– PES 2016 no DLS 2016

A First Touch criou um sistema genial para prevenir mods e versões não autorizadas. Ela criou a possibilidade de criar mods no próprio jogo. A partir de links na internet, gamers pode adicionar clubes personalizados. Quer jogar com o Flamengo, Corinthians, Vasco, Barcelona ou Palmeiras. Basta procurar o link dos clubes na net. Existem diversos blogs especializados em fornecer esses kits.

dream-league-soccer-2016-android-ios-5 Dream League Soccer 2016: a simplicidade que destronou FIFA 16
Sistema de kits permite editar a camisa “na mão” ou baixar uma personalizada na web.

É uma ideia que já está dando certo e já é possível ver vários clubes brasileiros criados pelos jogadores. Além de empurrar para os jogadores a questão do licenciamento dos clubes, a instalação de kits resolve o problema dos mods alá “PES 2016 para Android” que costumam aparecer por aí.

– Conclusão

Dream League Soccer está longe de ser o jogo de futebol perfeito. Atualmente ele apresenta problemas de sincronização com a Google Play. Seus gráficos são modestos e a limitadores de energia nos jogadores (eles ficam cansados com o tempo). Porém, o jogo tem as ferramentas certas para a diversão básica de quem gosta de ver a bola rolar: modos multiplayer e personalização de times.

+Prós

  • Modos multiplayer local e online
  • Monetização descomplicada
  • Comandos simples
  • Kits
  • Licença com os nomes dos jogadores de clubes europeus

-Contras

  • Gráficos medianos

Nota 7/10

Ficha Técnica

Plafaformas: Android 4.0+,  iOS 7+

Tamanho: 289 MB

Idioma: Português

Publicidade

13 thoughts on “Dream League Soccer 2016: a simplicidade que destronou FIFA 16

  1. Sonho ver fifa 17 gratis ser offline como o fifa 14 internet opcional e nao obrigatoria modos (partida rapida “fifa 14, multiplayer local e o champions libertadores e o que eles quiserem colocar a mais se você pudesse posta isso pra alguem la da ea pra eles fazerem assim se eles quererem claro mais é isso e valeu muito bom seu site “fã de fifa 14 ainda o melhor jogo de futebol pra android e ios”!

  2. Parabéns pela excelente matéria, mas voçês deveriam lançar mais matérias com uma certa frequência. Parabéns

  3. Dário, posso colocar um link de um blog que tem varios kits? Inclusive eu sempre baixo lá, tem de praticamente todos os times brasileiros.

  4. O jogo é muito bom Parabéns aos desenvolvedores, porém ocorre um “bug” nos controles e os mesmos ficam travados. Mas no mais estão de parabéns!!
    Se puderem dar alguma orientação quanto a esta questão.

  5. Os mods existem nele e são uma praga. Não adianta tu melhorar teu time. Os mods conseguem, entre outras: deixar teus jogadores lentos e teus controles irreconhecíveis; teu time erra absolutamente tudo, os mods conseguem ser muito rápidos a ponto de interceptar tuas melhores jogadas. Nem pense em sair com o goleiro na frente do adversário nessas condições.
    O pior é que agora existe um apk do DLS modificado que trás jogadores com pouca pontuação e a medida que são melhorados, eles vão se tornando insuperáveis ( vi o indivíduo fazendo tutorial no YouTube). Desconfie de jogador com 200, 300, 1000, 2000… partidas com aproveitamento acima de 50%. São, na maioria, apks modificados sem a menor vergonha na cara!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *