Os Jogos Mobile estão Morrendo!

Não! Você não leu errado. Neste artigo vamos discutir sobre algo que está acontecendo, neste momento, com os games de celular. Trata-se da sua morte prematura.

mobile-game-fail Os Jogos Mobile estão Morrendo!

“Como assim? não se fala em outra coisa, jogos mobile nunca fizeram tanto sucesso”, você deve estar pensando. Mas já parou para pensar como os games mobile deixaram de ser um produto acabado, algo que você termina, para virar um “serviço”, um “empréstimo” do seu tempo e principalmente da sua visualização para anúncios?

– O problema para quem “chegou agora”

Quem comprou seu primeiro smartphone e entrou na era dos jogos mobile durante o ano de 2013 não deve ter notado muita diferença. Foi justamente um ano antes daquele ano, que a Gameloft (veja aqui) e outras produtoras começaram a converter muitos dos seus projetos, e até games já lançados, em títulos freemium (grátis com compras embutidas).

jogos-antigos-mobile-2011-2012-gameloft-konami Os Jogos Mobile estão Morrendo!
Perdeu algum?

Mas de 2009 a 2012, a coisa era bem diferente. Não via-se tantos jogos grátis assim, a maioria dos games tentava, digo, se esforçava para proporcionar uma experiência muito próxima a dos jogos de consoles portáteis e até consoles de mesa.

Antes, era quase evidente que a indústria de jogos mobile iria se tornar a nova indústria de consoles portáteis, ou algo parecido. Porém, a maioria dos consumidores responderam de uma maneira inusitada. Eles preferiam jogos piores, ou de jogabilidade mais simples, desde que fossem de graça.

– As produtoras estão desistindo de atualizar jogos pagos antigos

Anos anteriores a 2013 guardam a melhor biblioteca de jogos mobile que já tive o prazer de jogar. Games como Dead Space, Horn, Modern Combat 3, PES 2012 tinham tudo o que esperava-se de um bom game.

Mas atualmente, diversas produtoras estão desistindo de atualizar seus games. A EA por exemplo, está fazendo promoções repetidas de Dead Space e Mass Effect Infiltrator. Ela já mandou avisar que os jogos serão retirados da App Store e Google Play. O motivo é a manutenção para o suporte a novas versões do iOS e Android. Ao que parece, não vale a pena apostar em jogos pagos.

monster-hunter-freedom-ios Os Jogos Mobile estão Morrendo!
Capcom desistiu de Monster Hunter um ano depois do lançamento.

O mesmo acontece com outras companhias: Capcom, 2K, Gameloft, Disney, muitas empresas não têm planos para jogos pagos e antigos. Até mesmo jogos pagos lançados em 2014 são deixados ao relento. Dois exemplos emblemáticos me vêm à cabeça: Monster Hunter Unite e Bioshock.

Parece que as grandes empresas de jogos ficaram com inveja do sucesso de pequenos estúdios como os de Angry Birds, Candy Crush Saga e Clash of Clans. A coisa só piorou depois de jogos muito simples virarem mania, como Flappy Bird. Hoje em dia, as grandes produtoras só pensar em criar o próximo hit do top 10 da Google Play ou App Store. Até mesmo a Nintendo entrou no barco e já confirmou que o foco são games casuais para mobile.

– Jogos mobile deixaram de ser um produto e viraram um serviço

Atualmente, não se termina mais um game, simplesmente ele continua até o infinito ou até você ficar sem dinheiro. A grande maioria dos jogos freemium são quase intermináveis. Alguns não podem ser concluídos nem mesmo com hack.

final-six-guns Os Jogos Mobile estão Morrendo!
Six-guns: se você viu o final deste game, provavelmente, você usou hack.

Mesmo que você não gaste nenhum centavo com um jogo gratuito, ele arranja um jeito de transformar você, amigo gamer, em moeda de troca. Seja para visualização de anúncios ou simplesmente para ser contabilizado como parte da base do público daquela empresa.

– Por que tantos jogos grátis é algo ruim

O motivo pela preocupação de tantos jogos grátis é a diluição da diversão. Você não tem mais uma experiência marcante com um jogo como tínhamos na época de lançamento de games como Wild Blood, Batman: The Dark Night Rises, Sword & Sworcery EP e outros.

Hoje em dia, a diversão proporcionada pelos jogos mobile é rasa, quase enfadonha. Acho muito engraçado haver discussões sobre FIFA 15 e 16 serem jogos bons? Eles nem são jogos propriamente ditos, são apenas um modo: o Ultimate Team.

Aí você me diz: “Por mim está de bom tamanho?” Será mesmo? Se algum desses jogos grátis custasse um dólar, você pagaria por ele?

Com a quantidade exagerada de jogos grátis, a qualidade cai por terra e vemos listas onde o pessoal considera games casuais melhores que jogos mais engajados. Games pagos são até deixados de fora de listas de “melhores” dos grandes veículos de mídia.

FLAPPY-BIRD-GAME-OVER Os Jogos Mobile estão Morrendo!
Desde o sucesso de games mais simples, as produtoras desistiram de jogos mais elaborados.

Muita gente comenta que “é assim mesmo” e que “jogos de celular é só para matar o tempo”. Se você pensa assim, provavelmente entrou no mar dos jogos mobile de 2013 pra cá! Lembre-se, o mesmo foi dito no lançamento do Game Boy, até a GameFreak lançar Pokémon e mostrar que os consumidores estavam errados!

A boa notícia é que ainda há estúdios que apostam em jogos de qualidade que proporcionam uma experiência marcante e que irão viver em nossas memórias e não serão apenas aquele “passatempo” de banheiro.

Publicidade

62 thoughts on “Os Jogos Mobile estão Morrendo!

    1. Capturei a imagem na internet, e assisti ao final no Youtube, por que eu não tinha 200 anos para jogar ou 300 mil dólares para chegar ao final.

    2. Nunca gastei um centavo com o game pq eu usei o truque do horário pra eu ter loteria infinita aí comprei um cavalo mecânico e fui fazendo corrida e juntando grana,hoje eu tô no topo do placar multiplayer😎

  1. Tem algum joystick que você recomenda pra android? Eu estava procurando um que não usasse bluetooth para evitar delay nos comandos, mas parece que nem existe…

    1. É pra jogo de luta como KOF o Street Fighter? Realmente notei que muitos deles tem lag. Qual é o smartphone? Alguns tem opção de ligar via USB-OTG. Nesse caso não tem lag.

  2. Um dos melhores jogos da Gameloft e de toda a era mobile ao meu ver foi Backstab, mas infelizmente nunca mais teve uma atualização, jogos como Sacred Odyssey, Shadow Guardian, Silent Ops, 9mm, que além de história tinham conteúdo e nos prendiam em frente ao celular são cada vez mais raros, sinto falta daquela época, hoje tenho mais de 50 jogos no meu iphone 6 e nenhum me fez perder tantas horas de diversão como Backstab fez.
    Sou da época que colocava jogos de N-Gage no meu N95, tinha um game Symbian muito bom que se chamava 7Days Salvation, época boa kkkkkkkkkkk

    1. Poxa, lembro de acompanhar cada um desses lançamentos. Era tanto jogo bom que faltava tempo pra fazer review. Hoje os reviews de jogos freemium é apenas sobre a primeira semana, e como o jogo muda ao longo do tempo fica difícil ficar editando o review toda hora.

      1. Hoje minha lista de jogos na memoria do iphone são:
        Fifa 16 UT, Madden Mobile, Real Racing 3, NFS No Limits, UFC, Modern Combat 5, Gangstar 4,Dungeon Hunter 5, Order e Chaos 2, Six-guns, Wild Blood, 9mm, CoD Strike Team, Max Payne, GTA San Andreas, Unearthed, Fahrenheit, AC Identity, Lost Within, Mortal Kombat, Infinity Blade, Bladeslinger e o melhor no momento Forgotten Memories.
        Tive que desinstalar por falta de compatibilidade Dead Space, Mass Effect, Bioshock, Resident Evil 4, o próprio Backstab que eu ainda tinha esperanças de ver uma atualização, enfim, ainda tem jogos bons, mas a maioria Freemium e ai a emoção se perde dando lugar a mesmice, mas claro, não podemos deixar de frisar que muitos jogos premiuns deixaram de existir porque muita gente prefere piratear a pagar 5 dólares pelo jogo e ai complica

  3. Show esse post! Há tempos que observo essa situação.
    Acompanho os jogos mobiles desde 2007 e joguei a maioria deles, o problema de hoje em dia é que a maioria dos games lançados são do tipo “fazendinha/construção”, com preços de itens bem carinhos saca? A GL, por exemplo, lançou uns 5 desse tipo recentemente, sem contar que a maioria dos games na Playstore são bem genéricos…
    Sinto falta de bons games que proporcionavam diversão, Souls of Darkness, Zombie Infection, 9mm, Backstab, Shadow Guardian, Heroes Lore, etc.
    Enfim, acho difícil a industria mobile sair dessa saturação, pois infelizmente é o que dá lucro :/

    1. O quê acho mais sacanagem nesses jogos de fazendinha é que as compras existem para serem acidentais, nenhum item faz realmente sentido.

      Há jogos onde vc tem a opção de comprar um item para dobrar o ganho de moedas, isso faz sentido. Mas pagar trezentão por um punhado de cristais é ridículo.

  4. Six guns tem fim? Joguei muito esse game, achei que era desses fremiuns sem final, boa análise porém acho que há uma demanda ainda por jogos premium, evito o máximo baixar jogos freemium, minha primeira opção é sempre comprar, apoiar o desenvolvedor!

    1. Usa o truque do horário pra ter loteria infinita e vai juntando grana até comprar um cavalo mecânico e vai fazendo corrida pra conseguir dinheiro

  5. Atualmente estou jogando o Star Wars Knights of the Old Republic, tem uma opção de se inscrever na página do desenvolvedor ,querendo saber se a galera quer que lancem o 2 na plataforma mobile(ios e Android) , quem puder dar uma olhada (se gosta do jogo é claro), acho uma boa iniciativa dos devs, claro que é um port mas já mostra interesse específico com o público.
    http://www.aspyr.com/games/star-wars-knights-of-the-old-republic-ii-the-sith-lords

  6. Agora eu entendi o por que achei six guns entediante e desinstalei, tava muito na mesmice, se eu usasse hack eu iria achar muito foda. Entrei na era dos smartphonrs do inicio de 2015, perdi muito jogo bom :'( mas felizmente eu instalei uns dos melhores jogos de 2012 e 2013: Dead space, mass effect, dead effect, nova 3 etc
    É uma pena que muitos retardados comentaram q prrferem jogos casuais que os mais pesados e fodas, foi por causa disso q estamos numa crise de jogos para celular!!!!! Até jogo Java está começando a ser melhor que os de smartphones atuais
    Eu sempre vejo gente com um celular muito foda, muito bom, ai eu penso que eles jogam jogos como modern combat 5, alien vs predator Evolution no grafico alto etc, mas eles jogos candy crush, clash of clans e flappybird, mano MUITA RAIVA! Já vi até com um GALAXY S6!!
    Quando eu finalmente ganhei meu smartphonr, razr d1, no inicio de 2015, eu prometi a mim msm que eu jogarei só os melhores jogos, os mais fodas, fui cumprindo jogando os de 2012 até 2014, até que hoje, fiquei numa escassez de jogos, eu procuro e procuro e não encontro NADA, já zerei muitos jogos e dos bons, eu msm me perguntei “será que acabou? Será que nao estão mais fazendo jogo bom de celular?” até eu ver esse post
    Sim é verdade, tem empresas que estão criando jogos bons de celular como a BadFly Interactive, só que são muito poucas empresas!
    Pelo jeito, vou ter que jogar novamente os jogos que já zerei pra esperar chegar uns jogos muito bacanas pra ccelular

    1. Josesk vale dar uma pesquisada assim: “Melhores jogos 2011, 2012” ou “Best Mobile games 2013”. Infelizmente alguns jogos não estão mais disponíveis.

        1. Isso é bem chato, mas até compreensível. Ruim mesmo é quando eles desistem de jogos lançados no ano passado como Bioshock e Monster Hunter do iOS.

          1. É, se eu descobrisse algum jeito de rodar jogos bem antigos de android no kitkat, com é possível no windows 7+ (pc), eu iria jogar bastante jogo de qualidade 😛

          2. Nem pros jogos de ps2 fossem lançados para Android seria muito bom pois n iam ter compras embutidas e o hardware dos nossos celulares rodam comcerteza esses jogos,imagina jogar um shadow of the colossus no celular?

          3. Eu concordo com você os jogos de ps2 no Android iriam ficar muito bom e os jogadores não iriam querer desgrudar do celular um exemplo disso é o GTA San Andreas, mas eu acho que as empresas não querem lançar jogos do ps2 para Android e ios por que se elas fizerem isso o jogo iria custar caro e muita gente iria piratear.

          4. Nao ia ser tão caro, seria no maximo 20 reais, jogos pagos de celular msm sendo de qualidade custam pouco, pq um jogo de ps2 no celular, que seria de qualidade tbm, seria caro? E a pirataria já acontece há muito tempo, já na época do Atari

          5. Pqp que foda, eu ja tonha pensado nisso antes e só achei um emulador mal otimizado, eu jogaria God of War, SotC,Killzone, etc

    2. Esse lance da grande maioria preferir jogos casuais é ruim, por que as empresas desistem de apostar em jogos elaborados (leia-se fodas) para produzir games bobos no estilo Flappy Bird.

      É aí onde a coisa vai pro brejo, pois os jogos mobile ficam com o estigma que são apenas para passar o tempo. É por isso também, que investidas em consoles com Android e iOS não vai dar muito certo.

    3. O único jogo premium que eu conheço atualmente que é grátis é o nova 3 mas a única coisa que ele te proporciona é a campanha que é muito pequena e o modo multiplayer que dps de um tempo enjoaenjoa =

      1. Já zerei, muito foda, amei <3
        Deviam fazer jogos assim, ou melhores de preferencia, só que estão fazendo os jogos casuais, e cada vez piores, se é assim então pra que estão melhorando o hardware dos celulares? 😛

      2. Conheço tbm godzilla (aquele q vc é um soldado), dead effect (ta chegando a parte 2), dead trigger (pena que enjoa bastante), etc, são todos premium gratuitos

    1. (Zerei*mecânico*) aí fui fazendo umas corridas e sempre ganhando todas e comprei todas as armas do jogo ,nuca gastei um centavo com o jogo 😎

  7. O título do seu artigo é deveras exagerado, por favor mude ele.
    O mercado é grande demais para que a sua percepção possa vir a te fazer concluir e escrever um artigo dizendo que não há mais jogos marcantes e bons.
    Há tantas opiniões pessoais suas por falta de informação que eu não vou me dar o trabalho de criticá-las.
    Você simplesmente não jogou os jogos certos. Existem inúmeros Freemiums que não lhe cobram nada pela experiência e apenas por items estéticos, por exemplo.

    1. Cara, pra quem é mobile gamer das antigas, da era do Java e do N Gage, dos games mobiles entre 2010 e 2013, os games mobiles parecem estar morrendo sim! Basta fazer as contas: toda semana tem games novos na play store, mas de cada 20 games novos, apenas 1 ou 2 valem a pena. O modelo freemium acabou com o mercado de mobile e tudo o que resta é diversão vendida em retalhos. Ter alguns games que não sigam o modelo não muda essa realidade. Eu jogo em mobile desde a época do N73 e durante um tempo, cheguei até a abandonar o gaming tradicional! Comprei um tablet e joguei grandes games como backstab, modern combat 3, Dead Space e tantos outros que eu nem lembro. Enfim, eu concordo com tudo que foi dito no artigo e fico muito triste com isso. Parece que atualmente a melhor plataforma de games voltou a ser um bom PC.

      1. “Parece que atualmente a melhor plataforma de games voltou a ser um bom PC”
        Como assim cara? Desde quando o PC deixou de ser?

        Vou tentar me explicar mais uma vez: O fato de haver jogos sendo tirados do mercado e o fato de haver muito mais interesse por parte do mercado nos jogos gratuitos,não tem nada a ver com o fato do jogos estarem “morrendo”.

        O mercado mudou, os interesses mudaram, a quantidade de jogos “preemium” pode ter diminuido mas isso não quer dizer que eles vão deixar de existir. E se deixarem, ainda há milhares de jogos Freemium que proporcionam experiência melhor do que games AAAs sem que seja necessário você pagar nada. Repetindo, você simplesmente não jogou os jogos certos o mercado é grande demais para você se basear apenas na sua experiência.

        Se você quer apenas jogar AAAs em mobile, lembre-se que você deve fazer uma parte ínfima deste mercado e ela continuará sendo assim, pelo menos enquanto ainda existir PCs e Consoles.

        1. Só pra deixar claro, falamos no artigo de jogos mobile como “produto” em uma prateleira virtual. Algo que você baixar, joga e termina. São esses games que estão “Morrendo”, principalmente nas grandes produtoras, que engavetaram vários projetos assim, para dar lugar a games com limitações de tempo e compras.

        1. Entendo o seu ponto de vista. Mas reitero que você se apega muito ao título (não leve isso para o lado pessoal, entenda que em linha editorial, o título é mais para chamar atenção, do que para descrever um artigo, principalmente em se tratando de internet). Um exemplo claro foi o texto que você enviou.

          Acho que a ideia principal do nosso artigo passou despercebida. A ideia é que as produtoras grandes estão desistindo dos games mobile como ‘produto acabado’ e estão tratando seus ‘produtos’ como ‘serviços’.

          Ou seja, estão mudando projetos que antes funcionaram como um excelente jogo (mas finito) para games quase impossíveis de se terminar. Se você pensar estritamente pela experiência do jogador, isso não é algo positivo.

          O próprio artigo do Polygon ressalta outras ideias que colocamos no artigo. Um exemplo claro é o game citado nele (Battlestation: Harbinger), que caiu rapidamente no esquecimento apenas por custar alguns dólares. Assim como vários títulos de peso lançados para celulares, mas que não vingaram apenas por serem pagos.

          Jogos gratuitos e mecânicas simples são coisas boas, mas é preciso se perguntar se faz bem apenas rotular o mercado mobile como “é só isso mesmo, joguinhos grátis”. Esse é o entendimento da maioria da indústria. Na minha opinião é algo negativo à longo prazo para o mercado Mobile.

          1. Entendi agora seus pontos e concordo com sua visão. Por mais que tenha ou não tenha jogos de qualidade (independendo de como ela seja apresentada), o que mais importa nesse contexto é uma percepção mais geral. Nesse quesito, realmente há muita gente de peso publicamente se afastando dessa indústria. Acredito que apenas esta começando uma nova fase onde o “diferencial” está voltando a ser um modelo mais seguro sobre o modelo “copia, muda o tema e coloca algo novo”. =)

  8. Comecei a acompanhar os jogos de smartphones em 2012 e joguei muitos jogos incriveis como Dead Space, Wild blood, 9mm, Mass effect, Shadow Guardian, The Amazing Spider Man, Nova 3 etc. e agora em 2015 só se lança esses joguinhos casuais estilo flappy bird, o único jogo foda que a Gameloft lançou este ano foi o Order & Chaos 2, o restante só jogo chato que enjoa rápido e recentemente a gameloft lançou mais outra porcaria de jogo que é o CSI Slots um jogo estilo Criminal Case do facebook, é realmente uma pena essas empresas lançarem jogos casuais ao envés de jogos mais fodas.

  9. hoje em dia tenho apenas 5 jogos no meu telefone.
    desses 5 dois são ports de consoles de mesa, LIMBO e VALIANT HEARTS.
    tenho o melhor e que me deixa triste não ver uma atualização ou ate um game novo que é o dead space. tenho o worms 3 e rayman…..

  10. infelismente os jogos freemium sao somente para voce gastar dinheiro. me lembro da epoca que eu dizia “jogo bom é jogo pago”.
    Lembro me de ir na wap brasil baixar de graça os jogos java, principalmente os da glu mobile, gameloft.teve um jogo que baixei, era de graça na Ovi Store (Loja Nokia) o nome do jogo era castlevania : Down of sorrow. Foi o melhor jogo mobile que ja joguei na vida. A historia, os personagens marcantes, o clima de suspense,a trilha sonora, tudo nesse jogo era perfeito, o melhor é que era em Portugues.
    Infelizmente jogos como esse sao raros. Uma das poucas desenvolvedoras que se salvam é a Square Enix. Espero que as desenvolvedoras se toquem o mais cedo possivel e voltem a fazer jogos bons. Você se lembra do Java J2ME, Dario ?
    Eu acredito que um dia as pessoas vao se tocar que tudo isso é lixo e vao parar de baixar essas merdas. Acho que vai ser igual a crise dos games de 1983, quando o mercado de jogos ficou saturado de games ruins e sem sentido. Logo aparece um desenvovedor que vai criar um ótimo jogo. Vai ser um shigeru myamoto dos celulares e tablets. O jogo dele vai ser a salvaçao dos jogos moveis. Mas o pubico ainda nao esta preparado para isso. O Mercado Mobile ainda vai piorar mais um pouco.

    1. Claro que lembra, o primeiro jogo colorido que joguei em um celular java foi Asphalt 1 no Motorola C360.

      A saturação do mercado já está acontecendo. Um exemplo é que muitas empresas grandes estão desistindo de manter jogos de relativo sucesso, apenas por que eles não estão no Top 10 das lojas.

      Mas o futuro será promissor com iniciativas como o Continuum da Microsoft e óculos de realidade virtual.

  11. Estão “morrendo” porque o número de pessoas que compram esse tipo de jogo é pequeno (logo, não vale a pena investir em um novo título ou atualizar games antigos).
    Isso sem contar aqueles que “gostam” do game, mas preferem piratear.
    Por mais que o autor fale em ser “mobile gamer”, a maioria das pessoas vêem os jogos mobile como algo para passar o tempo e isso pode ser confirmado pela lista da Google Play (onde reina os games de corrida infinita).
    Na realidade isso não está acontecendo somente com os Mobile games.Olhe o que virou o Greenlight.Antes era uma ótima ferramenta para mostrar jogos de baixo/médio orçamento.Hoje não passa de um site onde a maioria dos jogos são cópias de Slender, H1Z1, Minecraft ou algum port. de joguinho caça-níquel de mobile.

    1. Maxwell, por isso o site existe. Nossa ideia sempre foi de ter um local para debater sobre os jogos de celular e tratá-los com respeito. Pois a maioria dos gamers não levam os jogos mobile a sério, e quem gosta, nunca pôde mostrar seu amor verdadeiro por esses games.

      A maioria dos sites brasileiros não cobrem os jogos mobile como deveriam e tratam apenas como “joguinhos”, No entanto, games como Monument Valley já ganharam diversos prêmios de Design.

      1. Bem lembrado.A idéia de tratar games mobile como “joguinhos” casuais começa com os próprios gamers.Mas, infelizmente, é o que acabou virando (veja a lista dos jogos mais baixados do Google play – ou é um Candy Crush da vida ou um endless runner -).

        A minha teoria é que isso acontece por três motivos:

        1)A mania que os usuários tem de achar que todo jogo mobile deve ser gratuito.
        2)Que todo jogo mobile deve ser extremamente simples.
        3)Hoje em dia, qualquer um faz jogo (e a maioria faz mais para estudo ou realização pessoal do que algo voltado ao cosumidor).

        Você, que acompanha há anos o mercado de games mobile, pode notar como a qualidade dos jogos caiu.Por exemplo, compare os jogos de hoje com os da época do J2ME.
        A maioria dos jogos que foram desenvolvidos em J2ME são benfeitos (graficamente falando), desafiadores e com estória.
        Quantos jogos semelhantes a Shadows of Malquidious e/ou Adventures of Zaak você vê hoje?Ou então um jogo como Crimson After Dusk que, segundo o site Superdownloads, tem 10 horas de duração?
        É algo raro.
        Para um Sword of Xolan (descobri graças ao seu site), há trinta cópias de Temple Run.Para um Tiny DD (que foi desenvolvido em uma jam de Game Boy), há trinta cópias de Candy Crush.
        Isso quando o modelo freemium não estraga um jogo que tinha tudo para ser bom.Um ótimo exemplo é o game Starlit Adventures.O game, que lembra muito os da Nintendo e foi influenciado pelo Bomberman, têm bons gráficos, é desafiador, tem estória e é criativo, mas que perde a graça porque o jogador é praticamente obrigado a comprar roupas, poções ou vida (ninguém vai esperar 15 minutos para ganhar uma vida).
        Seria melhor a empresa vender o game completo (ao invés de passar como free), mas não faz isso porque no dia seguinte vão piratear.

        Eu desisti da maioria dos sites que falam sobre games mobile.Nesses sites, qualquer assunto que tenha virado game (é sempre um endless runner) vira notícia.O pessoal da Band chegou a fazer matéria com um grupo que fez um endless runner das manifestações de 2013.Vai ver se eles fizeram entrevista com o pessoal da Palmsoft ou da MMz Tech?
        É notícia que vira joguinho ou algum joguinho baseado em uma pessoa famosa.

        Eu espero que o público (e a maioria dos sites que falam sobre game mobile) amadureça e deixe de ver os mobile games apenas como joguinhos para passar o tempo.

        Ah sim, parabéns pelo site e pela entrevista com o pessoal da Palmsoft.

  12. Pretendo criar games e pra todo lado me diziam “faça jogo pra mobile” … eu sei lá.. não quero fazer um jogo pra jogar no banheiro! quero fazer um dia uma obra-prima! algo que revolucione e que meu nome como criador marque uma geração ! falta essa ambição nos criadores de hoje!

  13. Acompanho o mercado de jogos Mobile já faz muito tempo..
    tudo começou com a nokia e aqueles jogos Épicos como space impact,Bounce,snake o classico e os novos para época, tembem tinha um jogo de para quedas que o personagem ia caindo e vc tinha que pousar no local especifico (Aquele jogo me prendeu por muitas horas)
    Depois veio o JAVA quantas horas eu passei gastando todas as recargas da minha mãe para baixar jogos que na época eram tão grandes kkkk..
    N.O.V.A,resident evil 3d the missions,resident evil degenaration,tomb raider 3d e 2d,castlevania aria of sorrow em java, castlevania classico do nes,asphalt…
    depois veio o N-gage e symbian, quanta qualidade eu via kkkk
    resident evil degeneration,bounce 3d,7 Days: Salvation,Brothers in Arms
    chegando ao IOS foi outra plataforma maravilhosa com resident evil 4 mobile que na epoca era irado ,resident evil degeneration,zombie infection,guitar hero,modern combat 1,asphalt 5 entre outros varios..
    Tinha dia que eu entrava na internet e acabava vendo tantos lançamentos legais que meu deus eu ficava louco para jogar…
    hoje em dia são poucos os jogos que gosto…O jogo melhor do ano passado foi Forgotten memories, Aprendi a zerar em menos de 25 minutos em todas as dificuldades <3 (todas as roupas e armas)
    outros titulos passados ótimos foram Dark Meadow e Horn… Saudade de jogos assim, com uma qualidade espetacular!!!

  14. Alguém sabe me informar porque grandes jogos e jogos clássicos da Gameloft da era JAVA não foram criados para Android e iOS? Por exemplo: Miami Nights, Command & Conquer 4: Tiberian Twilight entre outros??

  15. Francamente se fosse pra escolher entre por exemplo resident evil 4 da versao paga do ps2 & o generico da versao mobile eu preferia comprar o melhor elaborado em graficos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *