Konami: “O futuro dos games está nos jogos de celular”

konami_planetacelular Konami: "O futuro dos games está nos jogos de celular"

Depois de ver o sucesso de um único jogo de celular segurar boa parte das contas da companhia, a Konami decidiu apostar fundo nos jogos de celular. Pensando nisso, a empresa está em uma profunda restruturação, e segundo o presidente da companhia, Hideki Hayakawa, o futuro da produtora está nos jogos de celular.

Leia Também: Jogos de Celular Dominarão o Mundo Em 2018

Confira abaixo a tradução de alguns comentários do CEO da Konami, feitos em uma entrevista ao site japonês Nikkei.

“Nossa plataforma principal serão os celulares. Seguindo o modelo de jogos como Power Pro e Winning Eleven com conteúdo adicional pay-as-you-play, nossos jogos devem mover-se com a venda de coisas como “itens” ao invés de vendermos “features”.

“Os jogos estão se espalhando para várias plataformas, mas no fim do dia a plataforma que estará sempre mais próxima de você, é o celular. É nele que está o futuro dos jogos”, comentou o executivo em entrevista ao site japonês Nikkei.

“Vimos que mesmo as pessoas que compram jogos físicos estão motivados para comprar conteúdo extra em jogos de celular. O sucesso do Power pro especialmente nos motivou a empurrar ativamente nossa série popular na forma de jogos de celular mais do que nunca.”

“Esperamos que nossos jogos no exterior, como MGSV e Winning Eleven, continuem vendendo bem, mas estamos sempre pensando em como empurrar nossas franquias para o celular, no ocidente também.”

“Com jogos multiplataforma, não há realmente nenhum motivo em dividir o mercado em categorias. Jogos de celular vai assumir o novo papel de vincular o público em geral ao mundo dos jogos.”

Fonte: Neograf e jin115

Publicidade

8 thoughts on “Konami: “O futuro dos games está nos jogos de celular”

  1. eu sou um viciado assumido hahaha baixo uns bem massa no total apps da psafe. quando tô sem fazer nada, no bus, no intervalo da aula, tô sempre jogando…

  2. Realmente é o futuro, mas não será limitador. Sempre haverá consumidores para jogos mais trabalhados e isso não pode ser abandonado. Konami está dando 2 passos para trás para dar 1 para frente.

    1. Acho que o principal ponto é o modelo atual de negócio ter ficado insustentável nos consoles. Digo, se o jogo não for um enorme sucesso, ele dificilmente se paga.

      Isso é tão verdade que é difícil encontrar jogos para consoles sem nenhum DLC. Não é por que as empresas são malvadas que o DLC existe, a verdade é que o cenário ficou insustentável, e US$ 60, já não garante mais o retorno de um projeto (para grande parte das produtoras).

      Então é fácil perceber como o modelo atual matou os jogos “médios”. Hoje, existe, nos consoles, parece que existe apenas jogos indie e AAA. Jogos médios tipo Castlevania, Mega Man e etc, não são mais possíveis, por que os fãs não vão pagar por jogos que eles acham que não são dignos da geração atual.

      1. mas a culpa e deles proprios que preferem picotar o jogo em dlc que tomar alguma atitude em prol do cosumidor ;o the witcher nao da nada se voce comprar na prevenda e da 16 dlc de grassa e qual e o resultado 1 milhao de prevendas

        1. Não se engane, se o modelo atual funcionasse, eles lançariam os jogos sem DLCs. Antigamente para se fazer um jogo AAA, gastava-se 5/10 milhões e se esperava vender de um a dois milhões de cópias.

          Hoje, gasta-se entre 100-200 milhões e se vende quase o mesmo número de cópias. Ou seja, são poucos jogos que conseguem ser um sucesso estrondoso e se pagar fácil. Por isso existe DLC.

          Na minha opinião, a Indústria dos jogos de consoles é que criou um padrão hollywoodiano insustentável. Jogo bom e barato nos consoles é o que não falta, mas a maioria dos donos de consoles (e a imprensa) fazem pressão por jogos que levam quase cinco anos para fazer e mal se pagam. Parece que todo mundo só espera o próximo Skyrim, COD e GTA.

          Nesse modelo de negócios atual, as produtoras japonesas ficaram definitivamente para trás.

  3. Na minha opinião eles dominam já,é fácil encontrar pessoas jogando um mini jogo etc.. Ultimamente a questão da qualidade gráfica esta aumentando, a Gameloft,Glu, EA Sport entre outras marcas conhecidas estão fazendo games cada vez mais reais. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *