Análise: Adaptador Android para TV NewLink TV101

22 de novembro de 2014 . Atualizado 22/11/2014

adaptador-new-link-3 Análise: Adaptador Android para TV NewLink TV101

O adaptador Android para TV NewLink TV101 é um pequeno gadget que parece um pen drive, mas que na realidade, é plugado na entrada HDMI da sua TV. O que esse aparelho faz é rodar o sistema operacional Android na sua TV. Pequeno e barato, o NewLink TV101 é uma das poucas opções nacionais nesse quesito, porém, peca por ter pouco poder de processamento. Veja a nossa análise completa.

– Pensado para o consumo de vídeos

Apesar de ser direcionado para o consumo de vídeos, o conceito do TV NewLink TV101 não é novo. Há um bom tempo já existe sticks HDMI que transformam qualquer monitor em um PC com Android. Em sites como DX.COM, é possível encontrar uma ampla variedade deles, muitos com ótimo poder de processamento. Mas é preciso deixar claro que o TV NewLink TV101 não segue essa linha de pensamento.

adaptador-new-link-2 Análise: Adaptador Android para TV NewLink TV101

Instalação do Adaptador é simples

O aparelho da Newlink tem hardware muito mais modesto e é direcionado apenas para o consumo de vídeos através de apps como Netflix, Youtube, Crackle, Crunchyroll, Twitch TV e por aí vai. O conceito do NewLink TV101 é transformar sua TV em uma SmartTV de verdade, mas sem necessariamente transformá-la em um high-end Android device.

Bem, tendo já utilizado algumas smartTVs, devo dizer que nunca fiquei satisfeitos com elas, e no geral, sempre achei os recursos presentes na maioria das SmartTVS desengonçados. Óbvio, para ter uma SmartTV realmente smart, o consumidor precisa desembolsar milhares de reais, ou, usar uma solução mais inteligente, como acoplar algum device como videogames, setupboxes, sticks hdmi e por aí vai.

Antes de mais nada, é bom deixar bem claro, que o NewLink TV101 não deve ser comparado a produtos de alto valor ou de classes diferentes. Ele é praticamente irrelevante para quem tem um videogame, mesmo da geração passada como Xbox 360 ou Playstation 3. Também não é legal comparar ele com uma Apple TV ou até mesmo o Chromecast. O NewLink TV101 é direcionado para quem quer um aparelho barato e simples para conectar a TV e assistir vídeos online.

– Hardware MUITO modesto

O NewLink TV101 chegou no começo do ano antes mesmo do Chromecast desembarcar no Brasil. O grande ponto negativo do NewLink TV101 é o seu preço. Em torno de R$ 250 reais. O preço é preocupante pelo fato dele não se encaixar na demanda, que busca algo na faixa dos R$ 100 reais.

Essa preocupação com o preço do TV101 se deve, em minha concepção, ao fato de que ele não pode ser muito mais caro que o produto vendido pelo próprio Google, o Chromecast. Ele deveria ficar na média de preço dos adaptadores WiFi, que muitas SmarTVs necessitam que seja comprado separadamente.

newlinktv101-android-8 Análise: Adaptador Android para TV NewLink TV101

Hardware do TV101 é defasado e sofre com a interface em FullHD

Sobre o poder de processamento, o NewLink TV101 tem processador single-core de apenas 1.2GHZ e 512MB de RAM. É muita pouca coisa para um dispositivo que terá saída FullHD. Ele roda Android 4.2, mas mesmo sendo uma versão “stock”, apresenta uma resposta muito lenta aos comandos.



Publicidade

Para interagir com a interface, é necessário plugar um mouse, ou em nosso caso, plugamos um hub USB com teclado e mouse. O usuário pode conectar também, um adaptador sem fio, para conectar mouses e teclados sem fio.

A interface se mostrou lenta na execução de qualquer tarefa. É preciso paciência para navegar entre os apps. Contudo, ao executar um vídeo, tudo corre às mil maravilhas, até mesmo ao reproduzir vídeo em FullHD. O adaptador Android da Newlink reconhece vídeos nos formatos: DivX, MKV, MPEG4, RMVB em 720p e MOV em 1080P.

– Conexões

Como dito acima, para interagir com o aparelho, o usuário deve utilizar um mouse que será conectado uma única porta USB disponível para conexões. É possível conectar um HUB USB e multiplicar as portas, e em nossos testes, o HUB USB funcionou perfeitamente.

Mas tem um truque aí. Muita gente costuma ignorar a fonte de energia que acompanha o aparelho, e usam a própria porta USB da TV para fornecer energia para o TV101. Isso é um erro que compromete a performance do aparelho. Acontece que muitas entradas USB não fornecem os 1.5A (amperes) pedidos pelo aparelho. Por isso, sempre utilize o TV101 conectado a fonte de energia que acompanha a caixa.

newlinktv101-android-7 Análise: Adaptador Android para TV NewLink TV101

Dá pra curtir uns joguinhos. Pena que é caro.

O NewLink TV101 não possui bluetooth, o que é algo negativo para quem tem mouses, teclados e joysticks com essa tecnologia. Em nossos testes, conectar um adaptador bluetooth não funcionou e, ao que parece, ele apenas reconhece teclados e mouses com a tecnologia wireless (que usa um comprimento de banda muito parecido com o da rede Wi-Fi).

Em contrapartida, conectar um HUB USB permitiu alguns truques interessante como conectar, além de teclado e mouse, pen drives e joystick. Em um momento, conectamos até mesmo um controle alternativo do Playstation 3, que funcionou muito bem em vários jogos e emuladores.

– Jogos no Adaptador Android para TV NewLink TV101

Ao contrário do que muitos comentam, o Adaptador Android da Newlink roda sim, muito jogos. Em nossos testes, até jogos pesados como Dead Trigger rodaram tranquilamente. Contudo, é preciso ficar atento que o hardware do aparelho não aguenta muita coisa. Principalmente jogos novos. Em nossos testes, apenas jogos inferiores ao Dead Trigger, rodaram bem. Dead Trigger 2, por exemplo, não rodou.

Emuladores também não se saíram muito bem. Apenas emuladores de plataformas muito antigas, como Mega Drive e SNES, rodaram bem. Foi possível até mesmo conectar dois controles USB e transformar o NewLink TV101 numa espécie de videogame retro para a criançada.

– O problema mesmo é o hardware

E voltamos ao calcanhar de Aquiles do NewLink TV101, seu hardware. O problema reside no seguinte fato. Mesmo com pontos positivos como certificado da Anatel e garantia de um ano, seu hardware é muito modesto frente a aparelhos do mesmo tipo, vendidos em sites como o Deal Extreme.

No Deal Extreme, por exemplo, é possível encontrar modelos parecidos como o MK809 III que possui processador quad-core e 2GB de Memória RAM, por apenas R$ 112, 97 (mais impostos). Mas vale lembrar que o ponto negativo desses sticks HDMI importados, é a falta de suporte ou assistência. Garantia então, nem pensar.

– Conclusão

Diante do preço elevado e concorrentes que se saem melhor em várias funções é difícil recomendar o TV101. Nesse caso, vale até a pena arriscar um MK809 III, ou até mesmo comprar um tablet baratinho com saída HDMI. Seu principal problema depois do preço é o hardware, hoje em dia, já bastante defasado.

+Prós:
• Fácil instalação
• Exibe vídeos muito bem
• Possibilita usar apps do Android

-Contras:
• Interface lenta
• Hardware defasado

 

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.