Restrospectiva 2012 no mercado – jogos grátis rendem grandes lucros

12 de Janeiro de 2013 . Atualizado 12/01/2013

Um pequeno passeio sobre como foram nossas queridas produtoras e publicadoras no ano de 2012. Esse é um post apenas a título de curiosidade e não deve ser para nada, a não ser visando uma pequena noção de como anda a saúde do nosso querido mercado de jogos de smartphones e tablets. Afinal, se o mercado vai bem, mais investimentos e mais jogos de qualidade chegarão, com certeza.

Nesse ano que se passou, uma coisa ficou evidente, jogos Freemium (grátis) serão grande parte do futuro próximo dos jogos mobile. Motivos para isso não faltam. E falo de motivos “verdes”, pois as empresas que apostaram alto nesse modelo de negócio se deram mais do que bem, confira abaixo, alguns casos de sucesso.

 

Gameloft – A toda poderosa!

A nossa queridinha que aposta tanto em jogos freemiums como em jogos premiums é uma das empresas mais importantes do mercado de jogos mobile e em 2012. Ao ponto em que faz a transição de jogos pagos em Java para Free-to-Play no Android e iOS, a Gameloft conseguiu um ritmo muito bom de crescimento, dois dígitos a cada trimestre.

mzl.dpamdcrr.480x480-75 Restrospectiva 2012 no mercado - jogos grátis rendem grandes lucros

Jogos freemium são uma das apostas da Gameloft (Ice Age / Divulgação)

Sendo uma das empresas que mais lucra no mercado de jogos para smartphones, ela faturou mais de US$ 55 milhões e prevê até o fim do ano fiscal, a quantidade de US$ 265 milhões.

 

Gamevil – Adesão total aos jogos grátis

A Gamevil depois de abandonar por completo os jogos Premium para apostar apenas em jogos Freemium, vivenciou um verdadeiro “boom” em 2012. A empresa coreana responsável por Zenonia e outros jogos de sucesso alcançou a marca de capitalização de mercado no valor de 563 milhões de dólares.

6316975-1342877775864 Restrospectiva 2012 no mercado - jogos grátis rendem grandes lucros

Gamevil, jogos grátis para todos os lados (Arel Wars 2 / Divulgação)

As vendas, realizadas através de opções dentro dos jogos, as chamadas In App Purchases ou IAPS, também cresceram a um ritmo muito rápido. o último trimestre, com receita até 66% maior, chegando a US$ 15 milhões. Os lucros líquidos subiram 21 por cento, para cerca de US $ 4,4 milhões.

Outro catalizador desse crescimento foi a liberação para publicações através de thirdpartys, a Gamevil lançou 40 jogos em 2012.

 

Com2uS – Aposta em “joguinhos”

Conhecida das antigas nos jogos Java, a coreana Com2uS andou meio sumida até o ano passado. O motivo é simples, em vez e apostar em grandes franquias com muitos investimentos, a Com2uS começou a fazer muitos jogos pequenos mas que de algum modo teriam uma íntima ligação com o jogador.

mzl.sizmabah.320x480-75 Restrospectiva 2012 no mercado - jogos grátis rendem grandes lucros

Com2us investe em jogos sociais fofinhos (Magic Tree / Divulgação)

Assim como a Gamevil, a Com2uS tem artistas muito talentosos, tornando seus jogos atrativos para quem tem uma quedinha por animes japoneses. Essa habilidade de produzir jogos com gráficos fofinhos faz a empresa a ter uma vantagem sobre os concorrentes, especialmente em jogos casuais. A coreana rival da Gamevil, cresceu 107% em 2012, chegando ao valor de mercado de US$ 480 milhões de dólares. Ainda sim, a Com2uS demorou para aderir aos jogos freemium.

 

G5 Entertainment- Saindo um pouco do habitual

Se você costuma utilizar programas que recompensam com pontos por downloads gratuitos (aqui vai um bom exemplo) você deve ter baixado algum jogo dessa empresa russa. A G5 Entertainment aposta em jogos um pouco diferentes da maioria, preferindo jogos no estilo “point-and-click” (Não confundir com adventure) e suporte ao idioma português, o que é bem legal. Esse tipo de jogo é ideal para tablets, como o iPad, para jogar com os filhos, algumas histórias de mistério e magia encantam.

mzl.ljvydlyl.480x480-75 Restrospectiva 2012 no mercado - jogos grátis rendem grandes lucros

Jogos com mistérios e em português (Lost Souls / Divulgação)

A empresa russa obteve em vendas (IAPs) cerca de US$ 15 milhões e teve um aumento de valor de mercado de cerca de 107%. Um ótimo exemplo de quem sempre precisa-se “inventar um Angry Birds”.

 

Rovio – Poucos jogos de enorme sucesso

A Rovio, empresa que nasceu no Java, penou no Symbian e conseguiu sua redenção no iOS, é um dos maiores cases de sucesso na indústria e um dos mais curiosos. Até o momento a Rovio não divulgou vendas ou compras dentro do jogo, mas ela revelou a quantidade de Downloads e MAU (jogadores mensais): 263 milhões de jogadores contínuos e e 30 milhões de downloads apenas no Natal.

AB_INFOGRAPHIC Restrospectiva 2012 no mercado - jogos grátis rendem grandes lucros

Inforgráfico (Fonte: Pocketgamer.biz)

Segundo o infográfico, um jogo de Angry Birds foi baixado para cada novo dispositivo ativado, seja ele Android ou iOS, Smartphone ou Tablet. E pensar que Angry Birds quase foi cancelado.

 

Via Pocketgamer.biz

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.