Ouya – Mais informações a respeito do Console com base no sistema operacional Android

10 de julho de 2012 . Atualizado 21/10/2012

Em um mercado onde o foco é a espera pelos novos consoles das gigantes Sony e Microsoft que ainda estão para serem revelados para baterem de frente com a rival Nintendo e seu futuro lançamento, o Wii U, eis que surge um novo console para entrar nesse mercado, chamado de ‘Ouya’, o projeto ousado busca ser um aparelho com sistema operacional Android com Hardware potente e de baixo custo.

Console-com-sistema-operacional-Android-busca-ser-barato-e-potente-ao-mesmo-tempo Ouya - Mais informações a respeito do Console com base no sistema operacional Android

Console com sistema operacional Android busca ser barato e potente ao mesmo tempo

Apesar de que, pode não ser um Console para bater de frente com grandes consoles já consagrados no mercado, como PlayStation ou Xbox por exemplo, o ‘Ouya’ vem equipado com um Hardware que pode ser considerado ‘Top de Linha’ entre os aparelhos com sistema operacional Android, entre as especificações do futuro console, estão:

  • Processador NVidia Tegra 3 Quad-Core
  • 1 GB de Memória RAM
  • Capacidade de armazenamento de 8 GB
  • Capaz de reproduzir imagens em resolução Full HD (1920 x 1080 pixels)
  • Conexão com a TV através de uma porta HDMI
  • Portas USB 2.0
  • Adaptador Wi-Fi 802.11 b/g/n
  • Joystick padrão (similar ao do Xbox 360) com um touchpad integrado
  • Conexão Bluetooth 4.0

O lançamento do Console está marcado para Março de 2013 e já começou a pré-venda através do Kickstarter que também está aceitando doações para o projeto, sendo que quem colaborar com doações, terá direito antecipado a rede online do console, concorrer à convites para a festa de lançamento do Console ou até mesmo conhecer a equipe de desenvolvimento, tudo de acordo com a doação.

Apesar do console utilizar o mais recente sistema operacional do Google disponível no mercado, nesse caso, o Android 4.0, a desenvolvedora do projeto afirma que o Sistema Operacional é somente a base para o console, e que mesmo alguns jogos que já estejam disponíveis para Android estarão no ‘Ouya’, destaque para os jogos da MadFinger Games (Samurai II, Shadowgun e Dead Trigger) que já contam com versões especiais e adaptadas para o Ouya em desenvolvimento. Ou seja, o Ouya será encarado pelos desenvolvedores como um novo console disponível no mercado e somente sua programação será em base no sistema operacional Android, uma vez que ele é um console, e não um Smartphone ou Tablet com tal sistema operacional.

Além disso, o Ouya, assim como todo console, terá um Joystick, em um formato anatômico padrão com dois manches analógicos, botões direcionais, botões de ação e um touchpad no centro do controle para que os jogadores possam ter uma imersão maior no jogo.

Uma novidade que destaca o Ouya dos demais consoles é de a produtora além de distribuir os pacotes de desenvolvimento para as produtoras de jogos, ela exige que TODOS os jogos disponíveis para o Console possuam elementos gratuitos, sejam eles uma versão de demonstração do jogo ou um jogo grátis com compras “in-app” (freemium).

A meta esperada para transformar o projeto em realidade era arrecadar US$ 950.000,00 em doações, e em apenas 8 horas, foram arrecadados US$ 1,1 milhão e ainda faltam 29 dias para encerrar as doações. O projeto já conta com mais de 8 mil colaboradores e a desenvolvedora afirmou que TODOS que comprarem o console, receberão juntamente o kit de desenvolvimento incluso para que o jogador possa fazer seus próprios jogos para o console.

‘Ouya’ é um projeto ambicioso, atraente, inovador… e barato! Com um preço estimado de US$ 99,00 no lançamento, o console já conta com o apoio de Jordan Mechner (criador da saga Prince of Persia) e Jenova Chen (Editor chefe da ThatGameCompany) e com o foco em ser um console com base em “free-to-play” e apoiar qualquer jogador a desenvolver para o console, ‘Ouya’ pode ter um grande potencial no mercado.

Publicidade

Quer colaborar? Envie sua dica para o e-mail: dicas[arroba]mobilegamer.com.br.
Não se preocupe, não precisa ser um expert,basta ser apaixonado pelo assunto. Que assunto? Nossos amados jogos para celular.