“Brasil é a Alemanha um ano atrás” diz diretor do Google

16 de Maio de 2012 . Atualizado 16/05/2012

peterfernandez_maior-300x246 “Brasil é a Alemanha um ano atrás” diz diretor do GooglePeter Fernandez, diretor de publicidade móvel do Google para a América Latina, compara mercado mobile brasileiro com alemão

A pesquisa Our Mobile Planet, da Ipsos Media CT, revela que 14% da população brasileira possui um smartphone, ou seja, 27 milhões de usuários, mais do que na Alemanha (24 milhões) ou na França (25 milhões). O objetivo do estudo foi descobrir o hábito de utilização e de consumo em smartphones em mais de 40 países. A pesquisa contou com o apoio do Google, MMA (Mobile Marketing Association) e IAB (Interactive Advertising Bureau).

“Eu gosto de comparar o mercado mobile brasileiro com o da Alemanha de um ano atrás. Não podemos dizer que estamos atrasados. Isso eu digo não somente em penetração, como também em tipo de uso”, explicou Peter Fernandez, diretor de publicidade móvel do Google para a América Latina.

A pesquisa revelou também que 73% dos usuários de smartphone não saem de casa sem o celular. Além disso, mais de 60% utiliza em transportes públicos, na rua, em lojas, restaurantes, no trabalho e em casa.

O estudo também concluiu que 88% dos usuários de smartphones acessam redes sociais. Já 57% usam smartphones junto com a leitura de jornais ou revistas e 50% fazem pesquisas diariamente.

“O brasileiro é um dos mais ativos em redes sociais do mundo, isso a gente já sabia. Essa tendência de 88% dos usuários de smartphones que usam mobile para entrar nas redes sociais é acima da média do mundo”, comentou Fernandez.

Outra conclusão do estudo foi referente à compra via mobile, ou seja, 80% já pesquisaram produtos ou serviços no smartphone. Além disso, 66% dos que procuraram negócios nas redondezas acabaram visitando o local. Já 31% comprou diretamente de seu smartphone e 29% mudou de ideia dentro de uma loja como resultado de uma pesquisa em seu smartphone.

“O mobile está mudando a forma. Tem importância em todos os verticais, as empresas precisam pensar em como abastecer o consumidor, pois é algo diferente. O processo inteiro de fazer compra está mudando. A qualquer momento o usuário pode comparar preços”, complementou o diretor de publicidade móvel do Google.

Celulares e tablets fortalecem outras mídias: pessoas utilizam o smartphone enquanto veem TV (46%), navegam na internet (55%) ou leem jornais/revistas (26%). A pesquisa revelou que 75% fez uma pesquisa em seu celular após ver um anúncio e 94% reparam em anúncios veiculados em celular/tablet.

Veja aqui mais sobre a pesquisa.

Fonte: Proxxima.com.br

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.