Top 5 melhores e piores momentos do mobile gaming em 2009 – part 2

5 de janeiro de 2010

Continuando com o outro artigo, agora esse é de “própio cunho”!

5. Fishlabs abandona o Java

fishlabs_logo Top 5 melhores e piores momentos do mobile gaming em 2009 - part 2No início do ano após o lançamento do espetacular Galaxy on Fire 2, a empresa Fishlabs insatisfeita com a recepção do jogo, se muda de “mala e cuia” para a plataforma da Apple. Ae me perguntaram: como assim? A empresa inteira? Eu respondi: Todas as 5 pessoas… =D

*Brinks, esperamos saudosos o retorno da empresa!

4. Sites de Games não sabiam da existência da N-gage 2

orly Top 5 melhores e piores momentos do mobile gaming em 2009 - part 2Uma da coisas mais estranhas, para não dizer engraçada, foi a falta de conhecimento dos sites de notícias de games para com a plataforma da Nokia.

Nos sites o pessoal noticiava com fotos do aparelho N-gage e nas matérias dava a entender que a N-Gage estava na ativa desde 2004.

Pior mesmo foi eles não darem a devida atenção a uma plataforma que tinha um game supervisionado por Hideo Kojima, Metal Gear Mobile, isso sem falar em um “game pra gamers” sensacional como Reset Generation.

3. EA Mobile e Gameloft Dominando na APP Store

gameloft-ea_150 Top 5 melhores e piores momentos do mobile gaming em 2009 - part 2Está certo que pequenos casos de sucesso como Trism e iShoot são ótimos e mostram que uma boa ideia pode ser executada por uma pessoa somente.

Mas também é bom ver as produtoras desenvolverem games fodásticos, a prova da soberania foi a lista liberada no fim do ano, com os games mais cotados e mais baixados na APP Store.

2. Operadoras deixam de cobrar pelo tráfico de dados

24basic.1.600 Top 5 melhores e piores momentos do mobile gaming em 2009 - part 2Realmente era um assalto! Digo, tenho um pré-pago e já cheguei a gastar 30 reais para adquirir um jogo, devido a problemas de conexão e o gasto com o tráfico de dados. definitivamente o que limita a venda de jogos para celular no Brasil é a P*RRA DA M*RDA F*DIDA que é o
WAP. Quem começou com a boa idea foi a VIVO e agora Tim e Claro deixaram de ter o olho grande e estão abrindo suas mentes para essa ótima decisão. Mas se você pensa que isso foi a melhor coisa que aconteceu no mercado de jogos para celular, veja o 1º lugar.

1. Gerente regional da Gameloft diz que games devem custar menos que uma cerveja

pic Top 5 melhores e piores momentos do mobile gaming em 2009 - part 2No Brasil, cerca de 80% das contas de celular são pré-pagas, e o gasto mensal médio dos consumidores é de 20 reais. “Usuários não estão dispostos a gastar 50% da receita mensal com um jogo. Eles precisam ser baratos”, analisa Vallat. confira a notícia completa.

Realmente, ele disse tudo, acredito que até 5 reais seja o preço justo para download de um jogo, e como as operadoras controlam o tráfico de dados, o melhor lugar para efetuar o download continua sendo as operadoras.

Mas a falta de visão por parte das operadoras é grande, deveriam tem um portal melhor, mais interação com o usuário…etc e tal, mas isso é assunto pra outro Top.

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.