O futuro é Mobile! Sony e Microsoft já admitiram

Apenas fãs cegos, os chamados fanboys não admitem a importância dos jogos mobile, ou de jogar no celular, para a indústria de videogames.

Digo isso não apenas em termos de números, mas da importância no contexto geral.

Em números,  mobile já é a principal plataforma do mercado de games.

Já em importância para o futuro dos videogames, parece que ela é a principal plataforma também.

Jogos mobile deixaram de ser aquela “diversão passageira” há muito tempo. Os smartphones hoje são o primeiro e, em grande parte das vezes, o único “console” que as pessoas vão querer ter.

Outra questão não é se os smartphones vão virar a “nova tela do seu videogame”. Eles já são!

E nada disso está errado.

consoles-e-mobile-amiguinhos O futuro é Mobile! Sony e Microsoft já admitiram
O mobile virou o Homelander da indústria dos games. Em todos os casos, é melhor ser amigo dele.

– Por que todo mundo ficou bonzinho com os smartphones?

Recentemente, a Apple habilitou, na atualização para o iOS 13, a possibilidade de conectar os controles do PlayStation 4 e Xbox One. A integração se dá de forma ridiculamente fácil.

A Microsoft adorou a ideia, que já estava disponível no Android há algum tempo. A Apple até está vendendo controles do Xbox One em suas lojas oficiais.

A novidade passou batido para alguns, ou vista como “normal”. Gente, estamos falando de uma das empresas mais fechadas a integração do mundo.

Mas não ficou por aí.

remote-play-ps4-android-ios-god-of-war O futuro é Mobile! Sony e Microsoft já admitiram
Merchandising da Sony é simples e nem vê smartphones como competidores. “Seus jogos em mais telas”.

Essa semana, a Sony disponibilizou uma atualização do Playstation 4 que libera Remote Play para qualquer smartphone Android 10. Detalhe, em março, a novidade já estava habilitada no iOS também.

De repente as empresas de consoles decidiram ficar boazinhas com os celulares? Todo mundo decidiu dar as mãos e virarem amiguinhos? Que coisa linda né?

Não é bem assim!

– Cheiro de mudança e 5G no ar

Não meus amigos, as empresas não decidiram ficar boazinhas e dançar a cirandinha da compatibilidade.

Isso é a realidade batendo na porta da Sony e Microsoft e dizendo: o futuro chegou.

Segundo analistas, o 5G vai mudar o modo como jogamos videogame para sempre.

Stadia-controle-google-1024x604 O futuro é Mobile! Sony e Microsoft já admitiram
Stadia é o plural de Stadium (Estádio) caso você esteja se perguntando.

Com serviços como Stadia chegando em breve, Sony e Microsoft vão ganhar um competidor “peso pesado” no mercado de games. Especialmente em países de primeiro mundo.

Além deles temos o Nvidia Games que foi testado de forma “não convencional” por aqui. Até mesmo os mais descrentes se renderam ao streaming de jogos de PC no celular, depois de apenas uns 2 minutos testando a novidade. 😂

Em entrevista ao site Venture Beat, o consultor Spandan Mahapatra crava: “jogar seu game de console favorito a qualquer momento, em qualquer lugar, em qualquer dispositivo, em qualquer rede, está se tornando uma possibilidade”.

Ainda segundo ele, hoje em dia, em média, as pessoas (nos Estados Unidos) possuem conexão de 250Mbps em casa. O que é mais que suficiente para serviços de streaming de games, como Stadia.

Mas há uma forma de Sony e Microsoft tornar o impacto dos serviços de games que podem surgir com o 5G menor. E essa forma é justamente aumentando as possibilidades de integração entre consoles e smartphones.

Ao liberar o Remote Play para todo mundo que possui smartphones (recentes, preciso ter Android 10 ou iOS 13), Sony diz: “Ei, não gaste sua conexão, jogue localmente com seu Wi-Fi mesmo”. Microsoft vai pelo mesmo caminho com o app Xbox Game Streaming.

Contudo. Ambas preparam serviços de streaming de jogos na nuvem. A Sony já tem o seu (PlayStation Now) e o da Microsoft (xCloud) deve ser lançado em beta em breve.

project-xcloud-no-android O futuro é Mobile! Sony e Microsoft já admitiram
xCloud, serviço de streaming de jogos da Microsoft para quem tem ou não Xbox One.

– O que o futuro reserva?

Não sei se o futuro será chegar em casa e plugar o smartphone em uma dock (ou em uma base para carregar sem fio), e o aparelho se conectar imediatamente a TV para transmitir seus jogos, com o processamento rodando via nuvem.

O que eu sei é que até Microsoft e Sony já enxergaram esse futuro híbrido, em que o smartphone será a próxima grande tela para seus games. Falta apenas os fanboys, que acham que entendem mais disso que as empresas, enxergarem também.

Nessa altura do campeonato, a maior dúvida é saber quem vai vender o suporte para acoplar o controle no smartphone. 🤣

Publicidade