[RUMOR] Fortnite pode NÃO rodar em celulares Android intermediários

fortnite-android-novos-requisitos-minimos [RUMOR] Fortnite pode NÃO rodar em celulares Android intermediários

Novas, e más notícias para os fãs de Fortnite que estão esperando o jogo no Android. Segundo o fórum XDA, que teve acesso a uma versão APK de Fortnite para Galaxy Note 9, o jogo parece ser mais “pesado” do a gente imaginava.

O vídeo abaixo mostra o game rodando em um smartphone Android Essencial Phone PH-1.

Ao fazer engenharia reversa para analisar o código do game, descobriram (não confirmado oficialmente) que Fortnite para Android pode ser mais “pesado” do que muita gente imaginou.

Anteriormente, a Epic soltou a nota de que o jogo rodaria em aparelhos intermediários, mas segundo a análise do pessoal do XDA, os requisitos mínimos para rodar o game serão mais altos. Confira.

  • Sistema: 64-bit Android 5.0 Lollipop ou superior
  • RAM: 3 GB ou superior
  • GPU: Adreno 530, Mali-G71 MP20, Mali-G72 MP12 ou superior

Se a informação se confirmar, o jogo não será compatível com Adreno 506 e similares, presentes em smartphones intermediários como Moto G5S Plus, Xiaomi Mi A1 e similares.

Pode ser que o pessoal do XDA-Developers se equivocou e viu as especificações para rodar o jogo com gráfico no médio. Pode ser também que a versão para intermediários chegue depois. A certeza que temos, é que Fortnite no Android vai ser um dos lançamentos mais confusos de 2018. E você aí reclamando da Gameloft hein?

Fonte: XDA

Publicidade

2 thoughts on “[RUMOR] Fortnite pode NÃO rodar em celulares Android intermediários

  1. Isso era obvio, diferente do PUBG que é uma versão feita especificamente para mobile e otimizada para o mesmo, o Fortnite é um porte direto da versão de pc/console, que não só primeiramente foi pensada para PC como também é a plataforma principal do mesmo. Por mais que a UE4 seja maravilhosa e cada vez mais otimizada para dispositivos portáteis, existe um limite, como a Epic quer trazer a mesma experiencia do PC com a mesma física, tamanho do mapa, elementos VFX, SFX, modelos e etc, não tem como um smarthphone intermediário rodar um jogo que é projetado para console, por mais que tenha diversas otimizações.

    Tenho certeza que a Epic está ciente disso, e é muito provável que eles estejam pensando a longo prazo,
    já que os tops de linha hoje, são os intermediários de amanhã.

    Infelizmente resta ao pessoal low/mid-end aceitar.

    1. “Infelizmente resta ao pessoal low/mid-end aceitar.” …ou atualizar.

      Mas no caso da portabilidade que fizeram, a jogabilidade foi comprometida e o cross-play é (obviamente) desbalanceado, o que o faz desnecessário por ineficácia.

      No mobile, o PUBG é mais prático.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *