Comparativo: Moto E 2014 x Moto E 2015

14 de julho de 2015 . Atualizado 14/07/2015

motoe2014-vs-motoe2015 Comparativo: Moto E 2014 x Moto E 2015

Com o lançamento do Moto E 2015, o smartphone de entrada da Motorola, surge aquela dúvida se ainda vale a pena comprar a versão 2014 em alguma promoção. Ideal também para quem tem o Moto E 2014 ou pretende trocar de smartphone, esse comparativo elucida os pontos fortes e fracos dos celulares da linha básica da Motorola. Confira!

– Moto E 2014

Lançado no ano passado, o smartphone Android Motorola XT1022/XT1025, ou seja, o Moto E 2014, seguiu a mesma linha do bem-sucedido Moto G de 1ª Geração (2013). Porém, com hardware mais fraco (processador dual-core), apenas 4GB de espaço interno e sem flash. O Moto E 2014 é vendido atualmente por valores entre R$ 521 – R$ 558.

O principal ponto positivo do Moto E é o Android puro 4.4.4 Kitkat. A interface é fluída e não apresenta travamentos. O conjunto interno para um produto básico continua sendo eficiente. O processador é um Snapdragon 200 dual-core de 1,2 GHZ com GPU 302 de 400 Mhz e 1GB de RAM. o SoC parece, e é básico, mas ainda garante um bom desempenho em jogos leves e aplicativos. Como você confere no vídeo abaixo com o Moto E 2014 rodando jogos recentes como UFC e Marvel: Torneio dos Campeões.

Mas infelizmente as boas notícias param por aí. Há muitos jogos recentes que são incompatíveis com o Moto E 2014. Modern Combat 5, Lara Croft: Relic Run, Dungeon Hunter 5 e muitos outros.

Com apenas 4GB de espaço interno, sendo apenas 2GB livres para instalação de apps e jogos. Quem for utilizar um Moto E 2014 para jogatina, praticamente se vê obrigado a comprar um cartão de memória microSD. E, além disso, precisa fazer o root no aparelho para usar apps como o Link2SD.

Isso é necessário, pois o botão padrão do sistema que “leva” os aplicativos para o cartão microSD, apenas transporta o “APK”. Ou seja, os grandes pacotes de dados dos jogos pesados, ainda ficará na memória principal.

motoe2014-2015-cpu-z Comparativo: Moto E 2014 x Moto E 2015

App CPU-Z mostrando informações de cada Moto E 2014 e 2015.

– O Moto E 2015

O principal problema do Moto E 2014 é que ele não ganhou descontos ao longo do seu um ano de vida a ponto de concorrer com modelos mais básicos. Pior, aconteceu de outras fabricantes lançaram smartphones com os mesmos recursos ou até superiores. Modelos como Lumia 535, Samsung Galaxy Core e LG L70 possuem mais recursos que o antigo Moto E e preços ainda mais acessíveis.

Mas o principal rival do Moto E 2014 e o seu sucessor, o Moto E 2015. O modelo 2015 do Moto E é praticamente um Moto G sem flash, turbinado com o novo Android e com preço ainda mais acessível. Equipado de fábrica com o Android 5.0.2 Lollipop, o modelo 2015 tem acabamento melhor, câmera melhor e um conjunto interno mais afinado. O Moto E 2015 vem com processado Qualcomm Snapdragon 410 de 1.2 GHZ de 64bits e GPU Adreno 306.

A resolução de tela permanece a mesma 540 x 960 pixels, e embora possa ser criticada em um primeiro momento, essa decisão foi acertada para um pequeno ganho no desempenho. Porém, alguns jogos novos serão incompatíveis por não aceitar essa resolução.

Mesmo assim, o celular realmente dá conta do recado. Os pequenos ajustes feitos pela Motorola na interface deixaram o sistema perfeito. A elegância e fluidez trazidas pelo Android 5.0.2 Lollipop demonstram que precisa-se de muito para se ter a impressão de usar um smartphone top. Com certeza a melhor parte do Moto E 2015 é o sistema Android.

Para deixar a coisa ainda mais difícil para o antigo Moto E, o modelo 2015 é vendido com 8-16GB de espaço interno e, como se não bastasse, ainda tem suporte a cartões microSD de até 32 GB.

motoe2014-2015-antutu Comparativo: Moto E 2014 x Moto E 2015

Resultado final do Antutu de cada Moto E. (2014 à esquerda e 2015 à direita)

Para quem gosta apenas de olhar as especificações, o Moto E 2015 guarda alguns segredos como arquitetura de 64bits e memórias mais rápidas. Assim, o novo smartphone top de linha consegue ser bem mais rápido que o modelo anterior, adicione o Android 5.0 à fórmula e temos um novo padrão para aparelhos básicos, muito acima do que outras empresas têm apresentado no mercado brasileiro.

Mas nem tudo é perfeito no Moto E 2015, embora a Motorola tenha melhorado desempenho e a câmera, em relação ao modelo 2014, a versão 2015 continua sem Flash. Mesmo que pareça inútil grande parte do tempo, o Flash nos smartphones tem uma função muito importante, transformar-se em uma LANTERNA!

O Moto E 2015 pode ser encontrado com preços a partir de R$ 539. Contudo, é preciso ficar atento para não gastar demais, pois ele é facilmente encontrado custando R$ 699. Nesse patamar de preço, compensa pesquisar um pouco e procurar o Moto G 2ª Geração em promoção.

– Conclusão

Podemos perceber que olhando apenas a “numerologia” das especificações, o Moto E 2015 parece uma evolução modesta. Mas no resultado final, a diferença de desempenho é muito grande em relação ao modelo anterior. Com o Moto E 2015, a Motorola consegue elevar o nível da competição, estabelecendo um novo padrão para aparelhos de entrada.

 

Avalição Final: Moto E 2014

+ Continua sendo um bom smartphone de entrada
+ Ainda consegue rodar bem novos jogos
– A câmera é péssima
– Praticamente não teve diminuição no preço

Avaliação Final: Moto E 2015

+ Android 5.0 e puro é algo épico em um smartphone de entrada
+ Bateria garante mais de um dia fácil
+ versões com 16 GB corrigem falta de espaço do modelo anterior
+ A câmera melhorou bastante
– Fique atento ao preço para não pagar demais
– Continua sem lanterna, digo, sem flash

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.