Angry Birds é usado pela NSA para espionar smartphones

30 de janeiro de 2014 . Atualizado 30/01/2014

angrybirds Angry Birds é usado pela NSA para espionar smartphones

 

Se você achou a trama de vigilância e paranoia de Republique um exagero, pense de novo.

Que os serviços de inteligência dos EUA e da Inglaterra são na verdade serviços de espionagem e que privacidade não existem mais todo mundo já sabe. Isso até já havia sido previsto há décadas atrás por alguns escritores. Mas que Angry Birds é usado por essas agências para obter dados confidenciais dos usuários, essa nem Geoge Orwell e Aldous Huxley teriam imaginado!

O New York Times e o Guardian publicaram com base em documentos a que tiveram acesso que agências como NSA usam não só redes sociais e Google Maps para obter informações como também aplicativos de smartphones e tablets, principalmente o que possuem anúncios, que são os mais vulneráveis. Um desses tais apps é o Angry Birds, cuja série alcançou essa ano a marca de nada menos que 2 BILHÕES de downloads.

Em 2012 foi revelado que eram obtidos com Angry Birds dados dos jogadores para empresas de publicidade como idade, sexo, localização e identificação do dispositivo. No entanto a Rovio negou ter cedido qualquer informação a qualquer governo, o que não quer dizer que ele não possa tê-las obtido de forma ilegal sem consentimento ou conhecimento do estúdio. Informações de outros apps podem revelar aos espiões governamentais coisas ainda mais privadas como raça, estado civil, orientação sexual e até sua renda.

E não pense que são apenas os jogadores de mobiles que andam sendo observados, pois documentos compravam que usuários de jogos online como World of Warcraft e de serviços como Xbox Live também entram na dança!

1984 se atrasou alguns anos, mas finalmente se tornou realidade. Big Brother is watching you.

Fonte: Uol Tecnologia e Polygon, (2)

Publicidade

Quer colaborar? Envie sua dica para o e-mail: dicas[arroba]mobilegamer.com.br. Não se preocupe, não precisa ser um expert,basta ser apaixonado pelo assunto. Que assunto? Nossos amados jogos para celular.