Android e iOS tomam o mercado portátil e Nintendo lança 2DS “Tablet”

28 de agosto de 2013 . Atualizado 28/08/2013

Os mercados Mobile e de videogames portáteis continuam travando uma batalha acirrada pela atenção do consumidor. Nessa “guerra”, os desenvolvedores de jogos de Android e iOS tem levado vantagem, financeiramente falando. Segundo pesquisas do IDC report, os consumidores de ambas as plataformas mobile (contadas separadamente) tem gastado mais dinheiro com jogos do que os usuários de PSP, PS Vita, Nintendo DS e Nintendo 3DS, juntos!

Contados de forma separada, tanto os gastos dos usuários do iOS, e pela primeira vez, do Android superam o somatório de gastos dos consumidores com jogos portáteis. A Apuração foi realizada no segundo trimestre de 2013 (Abril, Maio e Julho) e apresenta uma tendência que se segue.

Contudo, o mais curioso vem a seguir. Combinarmos os dados de ambas as plataformas mobile e comparadas com o somatório das plataformas portáteis, os gastos com jogos de Android e iOS são quatro vezes maiores do que o somatório dos gastos com PS Vita e Nintendo 3DS.

Os jogos de iOS renderam mais de 100 milhões de dólares, contra apenas 40 milhões dos jogos portáteis. A grande surpresa são os jogos do Android, ultrapassando os jogos portáteis pela primeira vez e vendendo mais de 50 milhões.

app-annie-games-big Android e iOS tomam o mercado portátil e Nintendo lança 2DS "Tablet"

Fonte: App Annie and IDC / Gráfico em milhões de dólares

 

Jogos agora representam mais de 40% de todos os downloads de aplicativos e mais de 70% do total das receitas de aplicativos, tanto na Google Play como na App Store. Com um crescimento de jogos Android alimentado pelos mercados na Ásia, Japão e a Coreia do Sul.

É mais uma má notícia para Sony e Nintendo, principalmente pelo crescimento das vendas de jogos mobile na parte oriental do globo.

 

Nintendo lança Nintendo 2DS

nintendo_2ds.0_cinema_640.0 Android e iOS tomam o mercado portátil e Nintendo lança 2DS "Tablet"

Ainda que a receita com jogos tenha sido baixa, as vendas do 3DS continuam muito boas e crescendo. Entretanto, hoje (28) a Nintendo anunciou um aparelho curioso, o Nintendo 2DS. Com cara de tablet, o novo portátil tem as mesmas especificações do 3DS, menos a que coloca efeitos 3D no jogo, um dos principais diferenciais do aparelho.

Neste cenário, eu pergunto: será que o mercado de videogames portáteis terá fôlego para mais uma geração? O futuro das plataformas portáteis parece incerto. Ainda que sobrevivam, parece que o apelo para as massas e para jogadores casuais se perdeu, ficando restrito a poucos (mas excelentes) jogos.

 

Fonte: Techradar e FierceMobileContent

Publicidade

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.

  • kauan

    se alguma empresa lançar um smartphone com android e em 3D o 3DS morre!

    • Nem precisa, basta sair o Emulador do “2DS”…rs

    • Não vai, Nintendo é detentora do efeito 3D estereó…. Esqueci o resto, mas ela detém.

  • Rafa

    ^ Tem um da LG, Optimus alguma coisa e alguns outros q possuem o 3D.
    Obs: “EU” sempre achei esse lance de q “o console portátil está com os dias contados” um tremendo exagero, a anos e anos q todo mundo vem falando q no futuro a unica forma de se jogar vai ser no cel e tablet etc… até hoje esse “futuro” ainda não chegou, qual é pessoal, quem compra o 3DS quer jogar Mario, Zelda e companhia, quem compra o PSP quer G.O.W. etc… então no dia q a Nintendo ou a Sony cederem os direitos dos seus jogos p Android e iOS(o q eu acho impossível, principalmente com as vendas espetaculares do 3DS) ai sim os consoles estarão com os dias contados. Até mesmo o Vita q é um fracasso de vendas ta ai, vivo todo.
    Por mais potente q o cel/tablet seja, e por mais acessórios(adaptadores e joysticks) q são lançados p ele, p mim(e repito) p mim a experiencia de se jogar em um portátil é bem melhor, afinal ele foi feito p isso, e não é como se fosse um extra, um opcional, é a função dele.
    Eu acho sim q as vendas dos jogos mobile irá crescer e muito(eu mesmo sou do tipo q compra o cel pensando em q jogos vou poder rodar nele), porém são coisas diferentes, cada uma com seu público alvo.
    Obs²: Fiquei assim O_O sobre os gastos dos jogos mobile serem bem maiores q os do 3DSVita, nunca pensei q a produção deles fosse tão cara.

    • Olá Rafa.

      Não é que queremos que os consoles portáteis morram, mas eles estão com um público-alvo cada vez menor. Uma coisa é vender console, outra coisa é vender jogos. O artigo NÃO teve como objetivo decretar morte de portátil X ou Y. O post foi apenas para mostrar a curiosa informação de que os clientes estão gastando mais dinheiro com jogos mobile, graças a audiência maior, do que nos videogames portáteis.

      Esse tipo de informação costuma ser “varrida pra de baixo do tapete”, por não ser considerada interessante. Mas ela revela tendências sobre o futuro da mobilidade.

      Ambas as empresas, Sony e Nintendo, tem grana de sobra para segurar anos em mercado em decadência. SIM! Decadência! Afinal, ninguém corta preço de console ou lança versão barata por que é “bonzinho”. Eles fazem isso sempre quando as vendas caem, ou tem projeção de queda nos próximos meses.

      Quanto a experiência de jogar em um portátil ser melhor, há uma explicação bem simples, é um aparelho voltado para isso! Assim como uma ligação telefônica fica melhor no celular. Eu já tive PSP e DS e são máquinas de jogos excelentes. Como mencionei, o problema é o público-alvo, que esta ficando um nicho pequeno, bem distante quando era em 2005.

      A pergunta mesmo, independente de gostos pessoais ou não, é se essa tendência irá perdurar? Ou seja, será que Nintendo e Sony vão aguentar ficar em um mercado decadente? Ambas tem tradição no ramo, mas chega uma hora que não dá mais.

      Sobre a Obs², estamos falando dos gastos dos consumidores. O modelo freemium, por mais odiado que seja, se revelou mais lucrativo do que o tradicional. Tanto é que tem empresa que chega a lucrar um milhão por dia (a produtora do Clash of Clans)

      • Rafa

        Ahhhh!!! Entendi o/
        É q em tudo q é canto eu vejo o povo comentando a morte disso e aquilo, mais tem razão a matéria só quis informar. E sobre os gastos eu acho q daqui p frente 1 a cada 5 jogos no mínimo será nesse maldito formato, detesto esse jogos freemium, o meu irmão tem alguns no cel dele e sempre ta tendo atualização, ai quando ele entrou no jogo tinha sumido tudo( tipo ele comprou um monte de coisa e perdeu tudo kkkk).

  • J. Gabriel Lima Match

    A “derrota” está sendo eminente, uma vez que os games mobiles com texturas HD, gênero bastante variáveis desde joguinhos casuais à hardcore, gráficos incríveis e preços bem acessíveis dá mais preferência ao público gamer! Além disso, não podemos nos esquecer dos emuladores, que de maneira perceptível contribuem na escolha de um cosumidor, eu mesmo conheço um amigo que deixou de comprar um psp porque há o ppsspp, e agora vive feliz jogando seus games de psp no seu smartphone! Já até estão desenvolvendo um emulador do Nintendo 3DS!