Review: Samurai Shodown II, clássico chega intocável no Android e iOS

9 de julho de 2013 . Atualizado 26/07/2013

Samurai-shodown-II-android-1 Review: Samurai Shodown II, clássico chega intocável no Android e iOS

Samurai Shodown II é um dos jogos de luta mais importantes da indústria dos games, ponto. Com fortes inspirações em lendas japonesas e personagens que existiram no Japão feudal, o game se destacava imediatamente das inúmeras “cópias” de Street Figther que haviam na época do seu lançamento, 1994. A começar pelo estilo de luta, com espadas e outras armas brancas e pelo seu estilo de batalha diferenciado que fugia dos “combos”, uma novidade, naquela época.

Em Samurai Shodown II para Android e iOS, mantém-se os mesmos elementos do game original, lançado para NEO GEO e Arcade. Jogabilidade lenta e focada em golpes decisivos são alguns dos pontos únicos deste clássico. Golpes especiais como “magias” são até funcionais, mas no estilo adotado por Samurai Shodown II é interessante como elas podem ser facilmente contornadas e em alguns momentos são até prejudiciais para serem usadas como estratégia de vitória. É algo totalmente inverso ao de jogos como Street Fighter II, onde o que predominava era o duelo de magias como “Hadouken”.

Referências históricas

Em uma época de mitos e lendas, samurais, ninjas e outros guerreiros  tem que lutar para derrotar o temível demônio Amakusa que se apoderou do corpo do filho do ninja Hattori Hanzo. Guerreiros lendários entram em cena para tentar derrotar esse demônio. Dentre eles, o joven Ronin, Haohmaru, protagonista de série.

A quantidade de referências é tanta que irei enumera apenas algumas.

 

220px-Hanzo Review: Samurai Shodown II, clássico chega intocável no Android e iOS

O verdadeiro Hattori Hanzo (Foto: Wikipedia)

Há várias referências em Samurai Shodown II. O samurai Jubei, que utiliza duas espadas, é baseado no lendário samurai Yagyu Jubei Mitsuyoshi que viveu entre os anos de 1607 e  1650 no Japão Feudal. O nome Hattori Hanzo, outro exemplo, é um nome tão conhecido que virou personagem em inúmeras séries e filmes ocidentais como Heroes e Kill Bill. As referências não param por aí, além de pessoas que realmente existiram, outros lutadores são baseados em personagens do folclore japonês como teatro Kabuki, aborígenes e até jogo de cartas. Um bom artigo para ver todas as referências desse incrível jogo, está esse blog.

Configurações de controles e vídeo

Voltando ao game em si, Samurai Shodown II alivia sua dificuldade com suporte a controles físicos como MOGA, Xperia Play e outros. É uma compatibilidade interessante que facilita bastante a jogatina, principalmente para os experts que calculam a distância dos golpes baseado-se nas pequenas corridas (dois toques no direcional).

Jogar no touch pode ser um problema grande, se você não for um “especialista” em lutas em telas touch irá sofrer bastante com a configuração padrão do jogo. Para começar, essa configuração “esconde” o uso da “espadada forte” e do “chute forte”, sendo que para executá-los, você precisa pressionar dois botões, algo bem complicado de se fazer segurando um smartphone com apenas tela touchscreen. Outro grande problema é a quantidade de botões sobre a tela. Tal problema pode ser aliviado pela configuração que coloca o jogo dentro de uma janela menor e deixa mais espaço para os botões. Outra configuração interessante é adicionar o suporte a “6 botões” assim, os golpes mais fortes podem ser executados sem a necessidade de malabarismos.

Samurai-shodown-II-android Review: Samurai Shodown II, clássico chega intocável no Android e iOS

Jogabilidade única

Trazido pela SNK em parceria com o site DotEmu, que também traz outros jogos da SNK para Android e iOS, o jogo é igual a versão para NEO GEO. Isso tem o lado bom e o ruim, o bom é a nostalgia de reviver esse game clássico, o ruim é que o jogo ficou incrivelmente difícil para os padrões de jogos mobile. Mesmo colocando o jogo no modo easy, é sofrível tentar concluí-lo no modo arcade.

De fato, o alto valor do jogo em ambas as lojas (cerca de 18 reais) aliado a sua dificuldade excessiva, fazem de Samurai Shodown II um jogo quase que exclusivo para os fãs da SNK ou fãs de jogos que tenham um forte apelo à cultura japonesa.

Além de conter espadas e outras armas brancas, Samurai Shodown II possui elementos que o destacavam e ainda destacam da maioria dos jogos, um deles é a presença do Juiz, um personagem que fica com duas bandeira e “narra” as lutas. Outros personagens aparecem no mesmo plano onde está o juiz, jogando coisas que vão desde comida que restaura a energia do personagem até bombas que podem até matar o seu lutador.

Os controles na tela touchscreen funcionam muito bem. Há um botão para realizar golpes especiais, chamado “SP” que responde conforme você movimenta o direcional, realizando golpes diferentes. Em Samurai Shodown II há um golpe devastador que só pode ser usado quando a barra de “Pow” estiver completa. Quando essa barra estiver cheia, um comando especial irá aparecer em cima dessa barra, ao executá-lo, você realiza um golpe que destrói a arma do oponente, o qual ficará sem ela por alguns segundos, até que um dos juízes do jogo jogue uma nova.

“Muito caro e muito difícil, Samurai Shodown II é indicado quase que exclusivamente para os fãs de série

Conclusão

Samurai Shodown II é um jogo único, um dos melhores jogos de luta de toda Play Store e App Store. Entretanto é um dos mais difíceis também. A SNK não pensou em balancear o jogo e simplesmente lançou um port. Por conta disso, o game é apenas indicados para fãs da SNK ou fãs de jogos de luta. Os comandos poluem a tela jogar com um controle pode, e é, a melhor opção a se fazer.

 

+Prós

  • Port perfeito
  • Ótimo desafio

 

-Contras

  • Controles poluem a tela
  • Jogar com controle físico é quase obrigatório
  • Preço elevado

Nota 8/10

Link para Download no iOS (iPhone, iPod Touch e iPad)

Link para Download no Android

 

Publicidade

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.