Dicas e considerações para quem vai comprar um iPad Mini

25 de junho de 2013 . Atualizado 26/07/2013

O iPad Mini chegou finalmente ao Brasil. A versão de 7.9 polegadas do seu irmão maior de 9.7, já pode ser encontrada oficialmente por preços começando em R$ 1299,00 até R$ 2149,00. Para quem pretende comprar o aparelhinho da Apple, algumas considerações são necessárias para não cair no “campo de distorção da maçã” e fazer o que muita gente que compra um tablet faz: comprar um produto querendo outro!

iPad-Mini-vs-iPad-4 Dicas e considerações para quem vai comprar um iPad Mini

 

Preço muito próximo da versão maior

Para quem vai comprar à vista, ou até mesmo parcelado no cartão de crédito, vale a pena considerar a compra da versão maior. O iPad Mini não possui o mesmo desempenho do iPad de quarta geração (iPad 4). Na realidade, o iPad mini é um “iPad 2 mini” com câmera melhor (cinco megapixels) e conector lighining.

A diferença de preço pode ser de 400 reais ou menos dependendo da versão. Lembre-se que trata-se de um produto novo, uma nova categoria, e nada impede a Apple de lançar, muito em breve, um iPad Mini com tela Retina e com processador A6X, o que encurtaria e muito a vida do iPad Mini atual.

Sinceramente esperava um preço inicial começando com R$ 999 reais.

 

7.9 polegadas é legal, mas 9.7 é melhor

Todo o sistema do iPad é feito para a tela de 9.7 polegadas. Com isso, algumas aplicações e sites ficam melhor nesse tamanho de tela. Em 7.9 polegadas, tamanho de tela do iPad Mini, alguns botões e ajustes ficam muito pequenos e podem ser difíceis de selecionar. Como mencionou o pessoal do MacWorld Brasil no vídeo abaixo:

 

Não espere performance revolucionária

Se você vai comprar o iPad Mini pensando em rodar jogos pesados do iOS por, pelo menos, mais dois anos, aí temos que ligar o sinal de alerta! Equipado com chip A5 e 512 de RAM (a mesma configuração do iPad 2) o iPad Mini já começa a apresentar pequenos engasgos para rodar jogos como XCOM Enemy Unknown, Star Wars: Knight of the Old Republic e Gangstar Vegas. Pode ser que novas versões desses jogos venham a amenizar esses engasgos, mas fica claro como a experiência melhor sempre será no iPad “maior” e mais recente. Até o momento, o iPad 4.

Se você for se ater a números, é aí onde a performance do iPad Mini fica mais distante ainda do iPad 4. No vídeo acima, usando o famoso GeekBench, o iPad Mini marca apenas 753 pontos contra 1765 do iPad 4.

Sem Jailbreak

“Vou comprar pra instalar um jogos piratas mano, vida loka, bom demais”. Se você pensa assim, pode ir tirando o cavalinho da chuva. O iPad Mini vem com iOS 6.1.3 sem possibilidade de Jailbreak (até a publicação desse artigo) e portanto, sem Cydia, sem AppSync e jogos piratas. E isso vai até o lançamento oficial do iOS 7, onde os hackers prometem um jailbreak “dia 0”. Mesmo assim, nada impede que comece novamente aquela escalada com bugs de bateria e correria para atualizar e novamente perder o Jailbreak.

donwload-jailbreak-ios-6.1.3 Dicas e considerações para quem vai comprar um iPad Mini

Então se você esperava só alegria com Jailbreak no iPad Mini novo, comprado no Brasil, prepare-se para ter um pouquinho de paciência e algumas dores de cabeça tentando fazer o processo de “destravar o iOS”.

 

Para finalizar, não compre se o que você quer é o iPad maior

Se você deseja comprar o iPad 4, mas não tem dinheiro para isso, minha dica é esperar. Muita gente faz isso, “compram um tablet querendo outro”, e depois sobra insatisfação. Muita gente diz também que não há diferenças significativas de performance entre o iPad 4 e Mini, mas isso não é verdade e a longo prazo, o excesso de performance do iPad 4 releva um produto mais duradouro e que receberá mais atualizações.

O iPad Mini pode ser da Apple, mas não é um produto com tudo que há de melhor, tenha isso em mente. A câmera traseira é excelente, mas apenas isso não justifica a escolha dele, por ser mais barato, em detrimento ao iPad 4. Contudo, se o que você quer mesmo é um tablet de boa qualidade e 8 polegadas, então vá fundo, pois o iPad Mini é um dos melhores do mercado nesse tamanho de tela.

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.