[Opinião] Cadê o Windows Phone 7?

15 de dezembro de 2010 . Atualizado 15/12/2010

a30o16an [Opinião] Cadê o Windows Phone 7?Sabe o Windows Phone 7? É! Aquele anunciado com a “fantástica” interatividade com a Xbox Live e outras coisas mil. Depois de mais de 2 meses do seu lançamento pensávamos que iríamos ter o “sonic boom” como foi o iPhone ou então pelo menos um “Psycho Power” que esperamos do Playstation Phone. Recentemente em uma entrevista no D: Dive Into Mobile, o responsável pela divisão do Windows Phone 7 nem quis comentar as vendas.

Não irei fazer apenas “trollagem” nesse artigo. Pois ao contrário de muita gente que está gritando que o aparelho será “fail”, nossa torcida é para que o aparelho dê certo, principalmente no quesito jogos. No entanto não podemos deixar de notar que:

  • Cadê as vendas?
  • Cadê o copiar e colar?
  • Cadê a tão falada interatividade com a Xbox Live?
  • Cadê os games? E mais importante, pelo menos para nós: cadê os games exclusivos?

Durante uma entrevista ao D: Dive Into Mobile. Joe Belfior, responsável pela divisão do Windows Phone 7 não quis responder ou contornou duas perguntas desconcertantes. Primeira: cadê as vendas? E segunda: quando o sistema portátil da Microsoft iria acompanhar o iPhone OS e Android. Vamos tentar respondê-las.

Vendas

Quanto as vendas, nada de surpresa. Além de uma home screen (tela inicial) útil, o Windows Phone 7 não tem nada de novo. Fica até devendo em vários recursos. Parece que a ânsia de querer ser o iPhone foi tão grande que estão repetindo os mesmos erros, como a ausência do Copiar e Colar.

Interatividade com a Xbox Live

Pensar em ter a Xbox Live em um smartphone, parecia ser sinônimo de uma infinidade de games. Porém, fora o avatar da Xbox Live e conquistas, estão faltando justamente os games e principalmente os exclusivos. Não existe nenhum game “Killer App”. E não adianta virem me apresentar jogos da Gameloft de quase 2 anos atrás ou então apenas dois exclusivos sem apelo.

A Epic Games, por exemplo, produtora do extraordinário, Gear of War, deveria estar produzindo algum jogo para o Windows Phone. Em vez disso lançou o fantástico Infinity Blade para iPhone.

Resumindo

O Windows Phone 7 ainda tem muito o que correr antes de ficar interessante, principalmente para os gamers. O atual SO portátil da Microsoft ainda não tem nenhum apelo que seja forte o bastante para trazer usuários das já consolidadas plataformas Android e iPhone. Tem gente já falando que o WP7 teria mais sorte no ambiente “business”. Acho meio estranho irem por esse lado, já que insistiram tanto na interatividade com a Xbox live e entretenimento e agora jogarem essa ducha fria.

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.