LeEco Le 2: o melhor celular para jogos até R$ 400 reais

Dentre as opções de smartphone para comprar na faixa dos R$ 400 reais, o celular chinês LeEco Le 2 X526 se sobressai devido ao seu processador Snapdragon 652, tela de 5.5 polegadas e bom desempenho em jogos. Roda tudo, incluindo PUBG Mobile.

leeco-le-2-pubg-mobile LeEco Le 2: o melhor celular para jogos até R$ 400 reais

Digamos que você não tem dinheiro para importar um Pocophone F1 ou qualquer outro celular dito “baratinho”, e que você já deve ter ouvido falar aos montes.

seus amigos indicam o Pocophone como “barato”, mas a questão é que ao adicionar frete + impostos, o usuário paga em até R$ 1.600 reais. Em outras palavras, dependendo da região, não compensa mais importar o “Poco”.

Mas no caso do LeEco Le 2, devido ao seu preço baixíssimo (R$ 370 em alguns lugares), o smartphone costuma passar batido, sem cobrança nenhuma de imposto. O frete dele também é baixo, pois o aparelho está “fora do radar” da Receita. Na GearBest o frete dele é de apenas R$ 11 reais.

Ao comprar de um vendedor no Aliexpress, é possível negociar o preço abaixo dos US$ 100 dólares, o que em teoria colocaria o LeEco Le 2 abaixo da “linha imaginária” em que o imposto não é cobrado. Na prática não é, mas por lei deveria ser.

– O que a mídia “especializada” quer te “empurrar”

São muitos os sites de tecnologia que colocam posts do tipo “melhores celulares até R$500”.

Mas o problema é que a maioria desses celulares indicados por aí são péssimos para jogos. Muitos deles possuem chipset MediaTek, sofríveis 2 GB de RAM, sem falar na utilização de péssimos conjuntos de câmeras.

Em pleno 2019, o mínimo do mínimo que você precisa para rodar jogos pesados em qualidade aceitável é 3GB de RAM.

Se você tem apenas R$ 400 reais para “investir” em um smartphone para jogos, nossa dica é o LeEco Le 2. E com mais uns 120 reais, é possível levar o “irmão” com câmera dupla dele, o Coolpad Cool1. O Cool1 tem como principal vantagem possuir 4 GB de RAM.

– Mas vale a pena comprar um smartphone de uma marca que já faliu?

É justamente pela LeEco estar praticamente falida que as lojas chinesas estão “queimando” os aparelhos da fabricante. Algo similar ao que aconteceu com o ZUK Z2 em 2017.

leeco-unboxing LeEco Le 2: o melhor celular para jogos até R$ 400 reais

A LeEco praticamente não existe mais, seus aparelhos não são badalados e as vendas estão em baixa.  O que resta fazer? “Torrar” o estoque para recuperarem um pouco do investimento. E é exatamente isso que esta acontecendo com a LeEco.

Mas uma dica importante. Por R$ 370 reais, você não pode esperar muito. O Le 2 é um smartphone de 2016. Com hardware intermediário, um Snapdragon 652 com 1.8 GHZ.

Pontos Positivos

  • Adreno 510.
  • Capacidade de rodar até jogos pesados como PUBG Mobile.
  • 64 GB de espaço interno.
  • Todo em alumínio.

Pontos Negativos

  • Esquenta muito em jogos pesados.
  • Bateria de “apenas” 3000 mAh.
  • Não há espaço para cartão microSD.
  • Android 6.0 (Android 7 e 8 apenas através de ROMs alternativas. Exemplo aqui).

O que o LeEco Le 2 consegue rodar?

Graças ao seu processador intermediário, o LeEco Le 2 consegue rodar quase tudo que existe na Google Play. Apenas alguns games ultra pesados como Fortnite e Black Desert não poderão ser jogados nesse device.

Contudo, é preciso notar que o processador vai trabalhar no limite de sua potência. Por isso, não estranhe o aparelho esquentar demais durante longas sessões de jogatina.

– Onde encontrar o LeEco Le 2?

Você consegue encontrar o LeEco Le 2 em lojas como GearBest, Banggood, DX e Aliexpress. Fique atento para não comprar a versão com chipset MediaTek sem querer. Na dúvida basta seguir os links abaixo.

Link do Le 2 na GearBest

Link do Le 2 na Banggood

[Aviso: nenhum dos celulares expostos aqui possuem representação ou garantia no Brasil. Compre por sua conta e risco.

Todos os links contêm código de referência. ao comprar por eles, o Mobile Gamer Brasil recebe uma comissão das lojas parceiras.]

Ficou interessado? Então aproveite logo pois o smartphone está em promoção e são as últimas unidades!

Publicidade