Digimon Heroes mostra como é fácil agradar com um jogo RUIM

2 de fevereiro de 2016 . Atualizado 03/02/2016

digimon-heroes-android Digimon Heroes mostra como é fácil agradar com um jogo RUIM

Lançado em setembro de 2015 no Japão, Digimon Heroes acaba de chegar na Google Play e App Store do Brasil. O game para Android e iOS, no entanto, continua com a mesma dinâmica de antes. Apostando na nostalgia e gratuidade, Digimon Heroes mostra como é fácil agradar os consumidores de jogos mobile com um game pra lá de ruim!

Digimon Heroes parece um card game, mas na realidade é um RPG sem história, onde o objetivo é apenas colecionar digimons e evoluí-los. A parte dos combates, que deveria ser a mais interessante do game, é decepcionante. Mais parecendo um puzzle, o lance é combinar cartas iguais para formar combos, que são utilizados pelos digimons, esses, por sua vez, sequer aparecem na tela, para derrotar os inimigos.

A simplicidade do jogo é gritante! Não há diálogos, animações, nada! Apenas uma musiquinha enfadonha e toneladas de dungeons para encarar os mesmos digimons diversas vezes. Pelo menos o game ganha pontos pela facilidade.

A diferença entre Digimon Heroes, game gratuito para celulares e Digimon Story: Cyber Sleuth (PS Vita), mostra o que a comunidade de jogadores perde por sua plataforma ser focada apenas em jogos gratuitos. Enquanto no PS Vita há gráficos fantásticos com um hardware defasado (trailer aqui), os smartphones top de linha precisam se contentar com um joguinho de cartas online que parece ter sido feito em uma semana.

diferenca-digimon-psvita-android Digimon Heroes mostra como é fácil agradar com um jogo RUIM

Publicidade

Quer colaborar? Envie sua dica para o e-mail: dicas[arroba]mobilegamer.com.br. Não se preocupe, não precisa ser um expert,basta ser apaixonado pelo assunto. Que assunto? Nossos amados jogos para celular.

  • Viih Santz’

    Excelente abordagem. A maioria das produtoras de games Mobile da atualidade só tem feito games ridículos, “Caça niqueis” e que são uma verdadeira piada, o que é bastante decepcionante pra quem tem um aparelho top de linha.

  • Rednale S.

    quero mesmo é pokemon go

  • Stiles Stilinski Nogitsune

    Instalei, joguei e desinstalei… achei horrível! Detesto jogo que a batalha acontece 90% no automático, sem falar que é um jogo feio e mecânico onde tudo o que vc tem são imagens estáticas dos personagens …

  • Shadow of Colossus

    por favor não acabe com a minha infânica
    evoluí-los ??? digimon não evolui, eles digievoluem.

    :'(

  • dfmatos

    A questão é que android tem um leque muito grande de hardwares diferentes, no qual é interesse de quem desenvolve jogos atender ao máximo possível… é como desenvolver para PC
    Pessoalmente não achei ruim… dava para ser melhor, mas não ficou ruim ‘-‘

  • Ravel Monte

    Deixa eu ver se entendi, você comparou um jogo de 2015 para PSVita com um de 2012 ora dispositivos moveis ? Digimon Story Cyber Sleuth foi um jogo de continuidade em relação ao seu antecessor (Na verdade Cyber Sleuth se passa antes cronologicamente), Digimon Story Super Xros Wars Blue/Red com o foco nos Royal Knights que foram trabalhados a mais de 10 anos na franquia e tinham sido muito bem trabalhados no jogo para dispositivos moveis Collectors. Cyber Sleuth tem toda uma historia e obrigação com a franquia, como ser parte do Digimon 15th Anniversary Project, enquanto isso Crusader no máximo teve só que apresentar a ideia de Iliad a franquia. A sua comparação entre Cyber Sleuth e Digimon Crusader não fez o menor sentido.

    • Ravel Monte

      Se for para sua critica fazer sentido, que tal esperar o lançamento de Digimon Linkz ou analisar o já lançado Digimon Coul Chaser ? Porque comparar dois jogos com mais de 3 anos de diferença, plataformas completamente diferentes, focos totalmente diferentes e pesos dentro da própria franquia totalmente diferentes não fez o menor sentido.