Processador do iPhone 5 (A6) não é o ARM15

16 de setembro de 2012 . Atualizado 21/10/2012

A6.091212.2 Processador do iPhone 5 (A6) não é o ARM15

Parece que o chip que equipa o novo smartphone da Apple, o iPhone 5 não é o todo poderoso ARM15 como muito se especulou na Internet. De fato, a informação de que o A6 viria (e vem mesmo) com a tecnologia SoC (System-on-Chip), apontava para a fronteira dos processadores atuais para smartphone e tablets.

Mas, segundo um post do renomado site AnandTech, a Apple decidiu sair um pouco dos padrões e apostou em um design próprio para o processador. O A6 não é baseado nem no Cortex-A9 e nem no Cortex-A15. Ainda segundo o site, as dicas estão na última versão da SDK X-Code que já informa a nomenclatura no A6 como ARMv7, que indica apenas o “tipo” de fabricação de 32nm, mas não informa o tipo do Cortex em si.

Há um enorme sopa de letrinhas que pode ser conferida direto no site da AnandTech, com informações que detalham extensões que estão presentes no A6 e não estão presentes em chips com Cortex-A9. Trocando em miúdos, é como se a Apple tivesse criado seu próprio chip ARM, um “Cortex-A10”.

Contudo, quem viu a Keynote e a apresentação do gameplay de Real Racing 3, ficaram muito excitados com a evolução gráfica da série no iPhone 5. Mas, assim como na versão anterior, isso pode não ser o suficiente para justificar uma troca do 4S pelo 5, visto que o “salto gráfico” pode ser o mesmo do 4 para o 4S.

Até agora nenhuma empresa colocou no mercado um smartphone com um conjunto completo de chips ARM15 e Cortex-A15. O motivo? Na nossa opinião, eles não querem “gastar os cartuchos todos de uma única vez” e vão fazer de tudo para adiar essa evolução. Sobra pro consumidor.

Mas se serve de alívio, demos uma lida profunda no Blog do ARM e o que podemos retirar de lá, foi que o Chip ARM15 nos parece mais indicado para servidores de rede “mobile” em vez de smartphones e tablets. O motivo de tal conclusão, é que o chip ainda não atingiu taxas de consumo de energia satisfatórios para ser colocado em um smartphone.

Via AnandTech

Fonte auxiliar: Blog ARM

Publicidade

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.

  • Lesomora

    Interessante man
    Um dos Maiores rumores que vi na net era que seria a qualcomm a dar a base pro A6
    Seria show de bola isso ja que é uma arquitetura facil expor e possui possibilidades de overclock e mantem o desempenho sem esquentar de Mais seria interessante ver algo parecido mas com a cara da apple esperar Pra ver

    • Dario Coutinho

      Seria uma opção interessante, mas acredito que para manter a arquitetura e compatibilidade de aplicativos e games a Apple vai continuar apostando nos ARM Cortex, mesmo que saia perdendo, algo como na época dos PowerPC.

      • lesomora

        sim tinha imaginado que seria algo do tipo
        pq digamos o sonho da apple pelas patentes dela é se livrar da intel
        lançar seus próprios chipset
        tanto pra mobile em geral e pra Mac’s
        seria bom ver isso em pratica
        msm assim será o processador mais potente do mercado em alguns quesitos msm o sistema sendo melhor rodar real racing daquele jeito e ainda manter os graficos das Cg’s e introdução na jogabilidade não é pra muitos chipset