Análise: Mega Man X (iPhone)

6 de Janeiro de 2012 . Atualizado 26/04/2012

mega-man-x-to-ios Análise: Mega Man X (iPhone)

Existe um problema inerente a qualquer jogo que toque a infância das pessoas, caso você lance um remake que não esteja minimanente em “estado de arte”, muitas pessoas pegarão suas tochas e correrão em sua direção. É o que a Capcom está experimentando com o seu Remake de Megaman X para iOS.

Megaman é uma das séries mais amadas dos video games, o clássico jogo fazia a alegria da garotada pelo seu carisma, timing perfeito e boa carga de desafio que não é exagerada, mas na proporção ideal. O game possui uma jogabilidade tão boa que dificilmente pode ser considerada “datada”, pois o principal, a diversão, vem em altas doses.

Com esse “background”, em que uma versão para iOS poderia dar errada? Bom, em vez de um simples port a Capcom resolveu dar uma repaginada nos gráficos e apesar das “Screenshots” terem um boa aparencia, muita gente torceu o nariz ao ver um gameplay do jogo no Youtube.

Falo dessa forma pois a grande maioria das pessoas que ergueram suas tochas não tiveram o jogo em suas mãos para pode dar o veredito. Muita gente busca comparação com outro remake Mega Man Maverick Hunter X (PSP) e opinam como o jogo deveria ter sido. Mas a questão é? A versão do iPhone é divertida? MUITO!

Dane-se o framesrate (do youtube) pois no iPhone 4 o jogo tem o mesmo framerate da versão do SNES. Dane-se as transições de tela, pois são tão rápidas que nunca chegam a incomodar. E Dane-se a música que reinicia caso você pause, se você quer uma versão idêntica ao do Super Nintendo, vá jogar na droga do Super Nintendo… ora bolas.

mzl.sjgbcigu.320x480-75 Análise: Mega Man X (iPhone)

 

Para quem tem consciência de que estamos falando de um port para smartphone ou para uma nova geração de jogadores que nunca tinham experimentado, Mega Man X é um excelente jogo no iPhone.

Porém, um problema real dessa versão é a sua configuração padrão de controles e tela. Do modo como vem configurado é um pouco complicado para jogar, pois os dedos cobrirão grande parte da ação, isso até seria aceitável em um jogo de luta, mas em um game de plataforma como Mega Man fica complicado ver de onde vem aquele tiro, do seu dedo ou inimigo. Apenas com os controles na configuração E e Zoom da tela desativado, o jogo fica muito gostoso de jogar. Uma coisa engraçada de diminuir a tela é perceber o qual o jogo fica parecido com a versão do SNES, fica idêntico!

Devidamente configurado, os controles funcionam como deveriam e apesar de não terem a precisão cirúrgica do SNES, eles acrescentam mais um desafio ao jogo.  As opções de troca de armas e navegação dos menus ficaram ótimas e são rápidas.

 

Mega Man X no iOS conta com 3 modos: Easy, Normal e Hard. No modo Easyl o game desabilita a maioria dos ataques inimigos e “tampa” todos os espinhos e buracos no chão. No normal o jogo é bem parecido com a versão do SNES mas ainda sim achei fácil. A diversão começa mesmo no Hard, é onde os fãs de Mega Man se sentirão em casa.

Outra boa diversão para os fãs de Mega Man é o Ranking Mode e o 80 desafios com suporte ao Game Center.

Na minha singela opinião o ponto negativo mesmo é a compra do remake da trilha sonora que obviamente deveria vir como padrão no jogo, já que é um Remake. Pois é o único item que compensa ser adquirido, pois todos os outros tiram totalmente a graça do jogo.

 

+Prós

  • Gráficos
  • Ótimo gameplay
  • Desafios extras

-Contras

  • Compras inúteis in-App

 

Nota%2525208%25252C5%252520LOGO Análise: Mega Man X (iPhone)

Nome: Mega Man X
Produtora: Capcom
Plataforma: iPhone, iPod Touch
Gênero: Plataforma
Versão: 1.0 (versão testada em um iPod Touch 4G e iPhone 4)
Lançamento: dezembro de 2011

 

 

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.