Novo iPhone da Apple deve ser apresentado na segunda-feira

5 de junho de 2010

Câmera frontal e processador mais rápido devem ser novidade.
Celular enfrentará a forte concorrência dos smartphones com Android.

gizmodo Novo iPhone da Apple deve ser apresentado na segunda-feira
Site Gizmodo afirmou ter encontrado o novo iPhone
em bar nos EUA. (Foto: Reprodução)

A próxima geração do celular e tocador digital iPhone, da Apple, que o presidente-executivo da empresa Steve Jobs deve apresentar na segunda-feira (7), precisará estabelecer novas funções e padrões de conteúdo multimídia para conquistar os consumidores e Wall Street.

O desafio da Apple pode ser as inovações em jogos, uma vez que o iPhone já é um sucesso absoluto e maior fator de crescimento do lucro da empresa. A empreitada se torna mais difícil pelo sucesso inicial do computador tablet iPad, que muitos dizem já ter criado um novo mercado.

A concorrência de uma série de smartphones baseados no sistema operacional Android, do Google, também está crescendo, pressionando a Apple a elevar ainda mais o nível de competitividade.

“O iPhone 4.0 vai mantê-los à frente do jogo. Será tão fácil como no ano passado ficar à frente? Não. Acho que o Android tem feito enormes progressos”, disse a analista Carolina Milanesi, da Gartner.

Só no ano passado, a Research in Motion era vista como a maior rival Apple. Enquanto o smartphone Blackberry da companhia canadense continua a ser escolhido por muitas empresas, a Apple deu grandes passos nesse mercado, favorecida por questões de segurança envolvendo o Blackberry.

Mais de 70% das empresas da Fortune 100 implantaram ou testaram o iPhone, de acordo com a Apple.

Mas o principal alvo do iPhone, no momento, continua sendo o consumidor, em um mercado que conta cada vez mais com telefones com o sistema Android de fabricantes como HTC, Motorola e Samsung Electronics.

O novo modelo da Apple será provavelmente mais rápido, com maior capacidade, melhores tela e bateria, e câmera frontal –todos novos atributos favoráveis, mas que não devem gerar impacto no mercado.

“Haverá algumas coisas muito legais no palco com Steve, mas no final do dia, saberemos a funcionalidade geral”, disse o analista Brian Marshall, da Broadpoint Amtech.

fonte: G1

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.