Review: Modern Combat 2: Black Pegasus [iPhone, Android]

18 de novembro de 2010 . Atualizado 18/11/2010

ModernCombat2BlackPegasus251010_1 Review: Modern Combat 2: Black Pegasus [iPhone, Android]
Antes mesmo de “Call of Duty: Black Ops” sair para consoles, um jogo similar saiu para iPhone, seu nome é Modern Combat 2: Black Pegasus. Se você acha que apenas os nomes são parecidos, saiba que até as localizações das missões no modo campanha são similares. Passada mais essa “pegadinha da Gameloft”, nos é apresentado um grande shooter em primeira pessoa. O jogo assim como seu parente para console, é uma atualização do velho “mata-mata” FPS sem enfoque na história, mas com diversão garantida.


Cinematic Trailer

Os gráficos como era de se esperar estão excelentes, com texturas gigantes, o que deixa o cenário muito bonito. A contagem de polígonos dos personagens é aceitável, pois, como é de costume, a produtora quer que o jogo rode em diversos modelos de iPod Touch e iPhone. A parte de áudio também é muito interessante, com efeitos de “surround” que ajudam a localizar os inimigos, mesmo sem eles terem acertado um tiro em você.

A jogabilidade é um dos pontos fortes do jogo, muito fluida e intuitiva, principalmente em se falando de controles. Alguém deve estar pensando: “ei estamos falando de um FPS em touch screen”. Isso mesmo, a Gameloft fez um excelente trabalho na versão anterior, e nessa os comandos estão mais simples e respondem melhor ainda. Claro, o jogo não possui toda a velocidade nos comandos como em um Call of duty pra PC, mas a Gameloft possui um Aim Assist (assistente de mira) que ajuda bastante e torna a jogabilidade mais fluida e menos torturante. Pois não usar esse recurso, que é padrão, tornaria a jogabilidade um terror.

Ainda falando em controles, temos o giroscópio que aumenta a imersão, porém deixa qualquer um enjoado com a sua precisão. A tela treme demais quando esse recurso está ativado e para piorar, o Aim Assist vai pro brejo. É um aumento na dificuldade de controle do jogo e não no jogo em si. Achei desnecessário.

[Spoiler]

A história é um dos pecados do jogo. Se Black Ops não foca na história, Black Pegasus, foca menos ainda. Tanto que se fossemos analisar o jogo só por esse item a nota seria um zero bem grande. O roteiro é totalmente descartável, apenas hordas de inimigos chovendo e não se sabe por quem e contra quem se está lutando. É até engraçado, pois na fase “To Summit”, após você ter matado mais de 100 soldados para levar Popovitch preso e num vacilo do seu companheiro, vocês são presos (Por que Popovitch não os matou ali mesmo?) só para ir na floresta novamente para ter uma variação nas fases.

IMG_0013 Review: Modern Combat 2: Black Pegasus [iPhone, Android]Esse cara me lembra o presidente de um certo país

Outra parte ridícula e no final do game quando estamos enfrentando um helicóptero e o objetivo da missão é matar Pablo, que está em cima de uma casa atirando em você. Agora pasmem você não pode matar Pablo ali ainda, pois será “Mission Failed”. Você tem que seguir o script e derrotar o helicóptero primeiro e depois ir para um minigame onde você mata o Pablo.
Sério, pode me chamar de chato e sou mesmo. Mas pense bem: Pablo é um alvo fixo e o helicóptero é um alvo móvel. Pablo fica atirando em você durante toda essa missão e lhe atrapalha no combate ao helicóptero, por que não matá-lo antes?

[/Spoiler]

O multiplayer é o que há de melhor para quem procura um mata-mata online para iPhone. Existem apenas dois modos: capture flag e deathmatch. Porém é tudo que a galera queria para ficar se matando por horas em diversas salas que sempre tem alguém jogando. Fica o aviso que é necessário ter uma boa conexão para aproveitar o multiplayer online, 1MB está de bom tamanho. O jogo tem suporte a Gameloft Live apenas e alguns trophies estão apenas no modo multiplayer.

Como noticiado anteriormente, aqui e acolá o jogo apresenta algum bug, o mais recorrente é o bug das balas atravessando as paredes. Outra coisa que influenciou a nota foi a baixa interação com o ambiente.

Veredito:

Modern Combat 2: Black Pegasus é um excelente FPS para iPhone e Android. Peca no que todos pecam e acerta onde todos acertam. Se por um lado é genérico, por outro é muito divertido. Um jogo essencial para quem curte FPS.

Nota: 8.0

Publicidade

O Gamer de Celular Original. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer. Também é retro colecionador.