Taxa da ESRB assusta produtoras de games

13 de outubro de 2009
PSP-20091012161858 Taxa da ESRB assusta produtoras de games

SÃO PAULO – Desenvolvedores de jogos casuais para PSP, o console portátil da Sony, estão assustados com as taxas cobradas pela ESRB.

Segundo o Gamasutra, os valores cobrados para colocar o selo da Entertainment Software Rating Board, responsável por classificar o conteúdo de jogos de acordo com a faixa etária dos consumidores, são impraticáveis para muitas empresas.

Desenvolver para o PSP é algo sério que não foi feito para desenvolvedores casuais”, afirmou Sergei Gourski, fundador do Subatomic Studios, ao site. “Ter experiência com o mercado é fundamental. Você tem que investir em kits de desenvolvimento e no selo de classificação. Os custos da ESRB são bem maiores do que esperávamos”, disse.

O preço para classificar um jogo hoje pela entidade é de aproximadamente US$ 2.500, o que pode não ser interessante para indústria de jogos casuais para sistema como o PSP, por exemplo.

O site chega a fazer uma comparação com o caso da App Store da Apple, que publica jogos para dispositivos portáteis sem exigir o selo da ESRB. O game Fieldrunners, por exemplo, foi lançado há um ano para o iPhone OS por US$ 4,99 e logo teve seu preço reduzido para US$ 2,99. A mesma versão custa US$ 6,99 para o portátil da Sony.

fonte: infoexame.com

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.