Mini NES lançado pela Nintendo tem processador de celular Android

Por Redação

nintendo-nes-classic

A Nintendo vai lançar nesta sexta (11) de novembro, o NES Classic Edition. Uma versão miniatura do nostálgico console de 8bits. Mas fora a aparência, o novo mini console não tem nada de antigo. Na realidade, ele está repleto de tecnologias que vemos nos smartphones todos os dias.

O processador do NES Classic Edition é um Cortex A7 com GPU Mali 400MP2, mas com apenas 256 MB de RAM. A quantidade de espaço interno também é pequena, apenas 512 MB e não há como acrescentar mais memória e nem novos jogos ao sistema.

Trocando em miúdos a sopa de letrinhas, temos basicamente um Samsung Galaxy J2 ou Lenovo K5, com muito menos memória RAM, mas também, sem muita coisa rodando para consumi-la. Dentro do SoC, há apenas um sistema linux embargado, com um emulador do NES incluso.

Se tivesse mais um pouco de RAM, e espaço disponível, esse mini console conseguiria rodar jogos como Modern Combat 4.

É interessante ver essa proximidade da Nintendo com tecnologias presente nos celulares. A construção desse console, toda montada em cima de chips mobile, revela que a empresa está bastante confortável em criar hardware a partir desses SoCs. Será que o novo console principal da empresa, o Nintendo Switch, seguirá esse caminho. Todos os rumores apontam que sim.

Fonte: Tecnoblog

Post Relacionados

Tags:, ,

WordPress Author Box

Quer colaborar? Envie sua dica para o e-mail: [email protected] Não se preocupe, não precisa ser um expert,basta ser apaixonado pelo assunto. Que assunto? Nossos amados jogos para celular.

  • Cleylson 平和

    O console da linha principal usará uma evolução do Tegra X1 do Shield TV que nem cabe em celulares usando arquitetura Pascal que é ainda superior a usada no X1 e é voltada para jogos’ não sei onde isso tem haver com chips de celulares… Eu acho que usaram esse processador no mini nes pela praticidade, barato, baixo consumo, e mais que suficiente para rodar um emulador de nes com feitos de melhoria de texturas e resolução.

    • Dario Coutinho

      Nossa, existe uma diferença enorme entre arquitetura de processadores de tablets e celulares.

      • Cleylson 平和

        O X1 teria que se otimizado para caber em algum tablet’ sem falar que o Switch tem uma espessura relativamente maior’ oque facilita muito. É a arquitetura Pascal é sim muito diferente da usada em celulares e tablets comuns

        • Dario Coutinho

          Até parece que foi você que desenvolveu o chip. Calma ae, amiguinho.

          Se o device é desplugado da tomada, ele é mobile, sinto informar. A própria Nvidia pretendia usar esse chip que, supostamente vai no Switch, em seu futuro tablet. Quem é você para terminar o que é, e o que não é mobile?

          • Cleylson 平和

            Nunca disse que não é mobile, mas tratar como se fosse um tablet qualquer é um absurdo, primeiro não ignore o fato da espessura dele se bem maior que a de um tablet, isso conta e muitooo se a NVIDIA fosse utilizar o tal chip em um tablet provavelmente seria a customização diferente, o próprio Tegra X1 utiliza um cooler no Shield TV, fazer uma evolução dele para caber em um tablet normal seria um desafio da engenharia, sem falar no Software né? Um desenvolvido especialmente para jogos pode da o desempenho a ele muito superior a qualquer celular ou tablet, e eu também me lembro que a própria NVIDIA também disse que a produção de dispositivos mobile games no mundo mobile não tinha futuro, até pq os produtos que ela desenvolveu como o Shield Tablet não ofereciam quase vantagem nenhuma já que os mesmos jogos rodavam bem em qualquer celular bom, acredito que até hoje o Tegra K1 foi mal aproveitado.
            Não vamos esquecer que vocês também já falaram inúmeras vezes que o console é um portátil e não um console de mesa, que ele não veio pra substituir o Wiiu é sim o 3DS e um monte de outras absurdos sendo que tudo que a própria Nintendo declarou é exatamente o contrário.

          • Dario Coutinho

            Obrigado por deixar bem claro a sua irritação com as palavras Mobile e Tablet.

            Sobre ser mobile não há o que discutir, a própria Nintendo já deixou isso bem claro. Afinal, o vídeo que mostra o aparelho é só sobre a mobilidade dele.

            Apenas para quebrar o seu argumento, segue o link de matérias comprovando que a Nvidia iria sim, lançar o tal tablet com o X1 e o na matéria seguinte o cancelamento do mesmo.

            Link: http://adrenaline.uol.com.br/2016/05/13/43094/nvidia-registra-nova-versao-do-shield-tablet-que-pode-rodar-num-tegra-x1/

            Link: http://tabletmonkeys.com/nvidia-shield-tablet-2-x1-cancelled-by-nvidia/

            Detalhe que a resolução do tablet cancelado é maior do que foi posto como rumor no Nintendo Switch.

            Dando seguimento…

            A definição de Tablet se restringe agora a espessura? Se for grosso demais não é tablet? Como você explica então Razer Edge?

            http://www.anandtech.com/show/6573/razers-edge-gaming-tablet-announcement-and-detailed-discussion

            A própria Razer chama de tablet e ele vinha com Core i7 e NVIDIA GT 640M. Por que ele vem com Core i7 devo chamar ele de notebook sem teclado?

          • Cleylson 平和

            Eu nunca disse que por ser grosso deixava de se tablet, mas sim que isso dava uma vantagem a ele, qual é a principal característica dos tablets e celulares de hoje? Leve e fino, com uma espessura fina ele seria limitado, você mesmo deu um exemplo que mostra que isso faz diferença, um I7 ou GPU GT 640M nunca caberia em um tablet convencional, logicamente o Switch deve sofrer o mesmo efeito’
            Outra coisa, a Nintendo declarou que o Dock não adicionara nenhum poder de processamento, mas para pra pensar, no modo móvel ele funcionara na bateria e o consumo de energia deverá ser equilibrado pra não “torrar” nem acaba logo, mas no Dock ele está conectado a uma fonte “infinita” de energia ou seja poderá “torrar” e usar o máximo do hardware sem se preocupar com aquecimento ou bateria, isso não é nenhuma viagem minha e é bem lógico já que o mesmo ocorre com alguns dispositivos móveis, seria correto afirmar que ele é primeiramente um portátil mesmo nque funcione melhor no Dock, Plugado a uma TV?
            Como a própria empresa declarou ele é acima de tudo um console de mesa.
            É o meu argumento de que a NVIDIA deixou de fazer o Tablet porque é um mercado sem futuro não é nenhuma coisa sem sentido, durante os lançamentos dos produtos dela muitos críticos e sites de análise diziam o mesmo, o produto é bom mas dispensável já que a maioria dos jogos Mobile são casuais e os Jogos rodam bem qualquer smartphone intermediário.

          • Dario Coutinho

            Acho que você criou um conceito na sua cabeça de que Mobile e tablet são sinônimos de coisas ruins e que tudo que vem da Nintendo foi feito por elfos.

            Nem sei o que você tá fazendo aqui.

          • Cleylson 平和

            É isso que você tem a comentar?
            Eu nunca disse isso, eu mesmo testo vários jogos de celulares quando sai, oque não dá pra aguentar é vocês tratando o Switch como se ele fizesse parte do mesmo mundo que os celulares com sistemas como Android e Ios, ainda por cima destratando o mesmo como um console de mesa. Mobile é tablet não são sinônimos de coisas ruins mas não é pq eles se parecem fisicamente que fazem parte do mesmo mundo, um foi feito para rodar jogos de alto investimento com Hardware poderoso, o outro foi feito para um público mais casual e com pouquíssimos jogos de alto investimento, nem o Tablet-PC que você citou pode ser exatamente comparado já que ele roda os jogos e aplicativos do Windows de Desktop e não as versões de SO mobile..
            Mas já deu pra mim’ opiniões que se referem, “loop infinito”

  • Wilson andrade angelo

    Treta kkkkk