Carregamento rápido de bateria virou uma péssima ideia no Android

Por Redação

fail-stamp

Google começou a diminuir o hype das fabricantes quanto ao carregamento rápido. Depois de vários incidentes. A Big G, está cortando o barato de quem anuncia que o smartphone carrega rapidamente.

Independente da tecnologia. Seja ela a QuickCharge da Qualcomm, Pump Express da MediaTek ou BoostMaster da ASUS. Nenhuma delas satisfaz o padrão da Google.

O problema é que cada fabricante está utilizando uma tecnologia diferente, o que exige não só circuitos diferentes. como valores de voltagem diferentes e arranjos de software diferentes. Ou seja, virou uma bagunça que vai contra o filosofia do sistema, que é interoperabilidade.

Se antes, utilizar um carregador de outra marca, era algo pouco perigoso. Agora virou lance de vida ou morte para o aparelho. Carregamento rápido da bateria pode ter efeitos colaterais ruins. O menor deles é a diminuição da vida útil da bateria. O maior problema que pode acontecer é um novo “Galaxy Bomber Note 7”.

A versão mais recente do Documento de Definição de Compatibilidade do Android (CDD) está disponível e descreve os requisitos que os fabricantes devem seguir para manter os dispositivos compatíveis com o sistema operacional Android, incluindo algumas novas adições interessantes. O último ponto da seção relativa ao periférico USB indica o seguinte:

“Quanto a Dispositivos Type-C, é FORTEMENTE NÃO RECOMENDADO a utilização de métodos de recarga rápida, como a modificação da voltagem Vbus além dos níveis padrões, ou que causem problemas de interoperabilidade em carregadores ou dispositivos que suportam os padrões normais de potência USB.”

Significa que a Google agora está declarando um nível de tensão específica e a forma de entrega para o carregamento de dispositivos Android. Se uma empresa decidir ultrapassar o limite recémdeclarado, a fim de acelerar o tempo de carregamento do seu dispositivo, eles podem desejar reconsiderar fazer isso. A Google pode até realizar uma punição e bloquear alguma fabricante de utilizar o seu sistema.

Os padrões e métodos definidos pelo USB Implementers Forum (USB-IF), elucidam a padronização de “todos os benefícios funcionais do USB que formam a base para este popular método de interconexão”. Tudo isso é apenas para ter uma melhor uniformidade quando se trata de dispositivos Android e seu hardware, bem como algumas preocupações de segurança sendo abordados também.

Fonte: droidgamers

Post Relacionados

WordPress Author Box

Quer colaborar? Envie sua dica para o e-mail: [email protected] Não se preocupe, não precisa ser um expert,basta ser apaixonado pelo assunto. Que assunto? Nossos amados jogos para celular.

  • Geansg

    Galaxy Bomber Note 7 kkkkkkk

  • Victor Rafael

    Tenho um moto g4 com carregador turbo e até entendo esses probleminhas que podem acontecer, mas sinceramente, depois que você se acostuma com carregamento rápido é impossível voltar ao “normal” a diferença é enorme…

    • Dario Coutinho

      Esconde o carregador dos outros integrantes da casa. Aqui usaram um no Moto G2 e o celular morreu de uma hora para outra. (ferrou placa e bateria).