Vivendi já é dona de 95% da Gameloft e faz mudanças no conselho de direção

30 de junho de 2016

gameloft-vivendi Vivendi já é dona de 95% da Gameloft e faz mudanças no conselho de direção

O conglomerado de mídia Vivendi, que adquiriu a maior parte das ações da Gameloft, já começa a fazer as primeiras alterações na produtora de games mobile. Por ser dona de 95.94% do capital acionário e 95.77% dos direitos de voto na Gameloft, a Vivendi prepara uma restruturação no conselho de desenvolvedora e publicadora. É uma atitude bem diferente, da proposta em um primeiro momento, quando a “aquisição” foi oficializada.

Veja também:

Cinco novos membros serão incorporados ao conselho da Gameloft. São eles:

– Sébastien Bolloré, Presidente do Conselho de Administração da Omnium Bolloré, Diretor e Presidente do Conselho de Administração da Blue Solutions USA.

– Frédéric Crépin, Membro do Conselho de Administração da Vivendi e Diretor-Executivo Jurídico da Vivendi e Canal+.

– Francine Mayer, Presidente do Conselho de Administração do Canal+.

– Stéphane Roussel, Membro do Conselho de Administração e Diretor de Operações da Vivendi.

– Maxime Saada, Presidente do Conselho de Administração do Grupo Canal+, Diretor-Presidente e Presidente do Conselho de Administração Dailymotion.

Em mensagem enviada a todos os funcionários da Gameloft, Stéphane Roussel disse: “Eu começo meu trabalho, hoje, com um plano ambicioso: combinar a paixão e talento de todos vocês com a Vivendi, para que possamos acelerar o desenvolvimento da Gameloft. Vocês serão membros da família Vivendi e poderão manter a originalidade de sempre.”

A Vivendi vai se reunir na próxima semana com o gerenciamento sênior da Gameloft em Paris para falar sobre a direção estratégica da empresa e realizar as decisões operacionais.

São atitudes bem diferentes das tomadas, por exemplo, no caso da Tencent e Soft Bank, com relação a Supercell. Naquele caso, as empresas que adquiriram a Supercell pouco, ou em nada interfeririam. No caso da Gameloft, já vemos as primeiras mudanças em menos de 15 dias.

 

Sobre a Vivendi

A Vivendi é um grupo com foco em mídia e conteúdo. A empresa administra empresas em toda a cadeia de produção midiática, passando por recrutamento de talento, criação, produção e distribuição de conteúdo. As maiores empresas do grupo são o Grupo Canal+ e Universal Music Group. O Canal+ é líder em TV por assinatura na França e também atua nos mercados da África, Polônia e Vietnã. As operações do Canal+ também englobam o Studiocanal, líder europeu de produção, vendas e distribuição de séries de TV e filmes. A Universal Music Group é líder mundial de produção, publicação e merchandising de música, com mais de 50 selos de todos os gêneros. Uma divisão separada, chamada Vivendi Village cuida de operações da Vivendi Ticketing (vendas de bilhetes no Reino Unido, E.U.A. e França), MyBestPro (consultoria de especialistas), Watchever ( vídeos sob demanda), Radionomy (rádio digital), L’Olympia (casa de espetáculos em Paris), CanalOlypmia na África e Theatre de l‘Oeuvre em Paris. Com 3,5 bilhões de visualizações por mês, Dailymotion é uma das maiores plataformas de distribuição de vídeos do mundo. www.vivendi.com, www.cultureswithvivendi.com

 

Sobre a Gameloft

Líder no desenvolvimento e na publicação de jogos digitais e sociais, a Gameloft® se estabeleceu desde o ano 2000 como uma das empresas mais inovadoras em sua área de atuação. A empresa cria jogos para todas as plataformas e com uma audiência de 166 milhões de usuários mensais oferece, via Gameloft Advertising Solutions, um nível exclusivo de visibilidade e vínculo aos anunciantes. A Gameloft possui e administra títulos como Asphalt®, Order & Chaos, Modern Combat e Dungeon Hunter, além de manter parceria com detentores de direitos autorais como Universal®, Illumination Entertainment, Disney®, Marvel®, Hasbro®, FOX Digital Entertainment, Mattel® e Ferrari®. A Gameloft está presente em mais de 100 países e emprega 6.000 pessoas.

A Gameloft está listada na NYSE Euronext Paris (NYSE Euronext: GFT.PA, Bloomberg: GFT FP, Reuters: GLFT.PA). O ADR patrocinado de nível 1 da Gameloft (marcador: GLOFY), é negociado no mercado de ações dos E.U.A.

Post Relacionados

Mestre na arte oculta dos joguinhos de bolso. Passou por várias gerações (Java, Symbian, N-Gage). É o criador e idealizador do Mobile Gamer.

  • BRplayer

    Seria bom se voltassem a fazer jogos premium, mas a Vivendi sabe que forçar os jogadores a gastar mais de uma vez, eles lucram mais.

    • mobilegamerbr

      Infelizmente parece que eles aprenderam como não fazer jogos premium. Um exemplo é o game da “irmã” da Gameloft, a Ubisoft, que lançou aquele Assassin’s Creed mediano.

  • Ronaldo S. Oliveira

    Os jogos premium, são bem otimizados é só olha para o mc5 e ve como ele tá hoje, de início o jogo era muito, muito bem otimizado rodava liso em quase qualquer linha intermediária, hoje em dia se não tiver um celular top de linha não consegue roda com uma taxa de fps boa.